SAIU O RESULTADO DO SORTEIO DO PRÊMIO CANALTECH!CONFERIR
Publicidade

Como ganhar dinheiro na internet | 30 ideias

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 20 de Maio de 2023 às 12h00

Link copiado!

Ícone: smalllikeart/Flaticon
Ícone: smalllikeart/Flaticon

Ganhar dinheiro na internet deixou de ser apenas um sonho: existem alternativas sólidas para obter uma renda extra em diferentes segmentos usando computador ou celular.

Quem precisa complementar a renda mensal ou procura por trabalhos rápidos para ganhar dinheiro pode recorrer a aplicativos, sites e outras estratégias de conteúdo. Além de alternativas completamente digitais, também é possível converter um trabalho presencial para online.

Não é um processo rápido. Mas, aos poucos, é possível conquistar as primeiras recompensas sem ter muitos conhecimentos prévios ou infraestrutura — um dispositivo conectado com a internet já funciona como ponto de partida.

Continua após a publicidade

Conheça 30 ideias para ganhar dinheiro na internet de forma honesta e comprovada.

1. Responder pesquisas online

As pesquisas online são uma forma muito comum de ganhar dinheiro. Afinal, exigem apenas uma conexão com a internet e a disponibilidade para passar o tempo preenchendo formulários. O valor pode não ser tão alto, mas é uma opção de renda extra após dedicar algumas horas do dia.

Continua após a publicidade

Algumas plataformas de destaque são Toluna, Google Opinion Rewards e UniVox. Geralmente, esses sites dão pontos a cada pesquisa respondida, posteriormente convertidos em dinheiro e transferidos pelo PayPal para uma conta de sua preferência.

2. Assistir a vídeos

Outra opção popular envolve ganhar dinheiro após assistir a vídeos num app específico. Essa alternativa foi adotada por apps como TikTok e Kwai durante momentos de expansão da base de usuários e ainda estão em vigor, mesmo que os valores pagos sejam geralmente baixos e demandem certo empenho para serem acumulados.

Nesses casos, o programa de bonificação fornece uma quantidade de moedas por logins diários e tempo assistindo aos vídeos, por exemplo. Depois, é possível trocar essas moedas por dinheiro real e transferir o valor para sua conta bancária..

Continua após a publicidade

3. Fazer lives

Ainda no segmento dos aplicativos de vídeo, você pode criar transmissões ao vivo, acumular espectadores e monetizar o conteúdo. Não é um processo simples, pois essas plataformas são muito concorridas, mas pode render dinheiro a longo prazo com publicações frequentes.

Facebook Gaming, Twitch, YouTube e TikTok são algumas plataformas que permitem fazer lives, monetizar conteúdo e até receber presentes em dinheiro da audiência. Uma parcela desses valores pode ser transferida para a conta bancária após atingir algumas metas estabelecidas por cada empresa.

4. Indicar apps

Continua após a publicidade

Uma alternativa muito comum encontrada por aplicativos emergentes é um programa de indicação: você recebe um link personalizado, compartilha com amigos e recebe uma compensação a cada novo usuário registrado a partir do endereço. Pode ser um cupom de desconto ou até um valor para retirada.

Em apps com uma grande base de usuários pode ser mais difícil ganhar dinheiro, mas você pode conferir as opções destas plataformas:

5. Produzir conteúdo para redes sociais

Continua após a publicidade

As redes sociais são uma grande oportunidade para ganhar dinheiro de forma direta ou indireta. Além dos famosos “publis”, é possível aumentar a exposição de uma marca ou até de um perfil pessoal para prestação de serviços. Entre as principais redes que permitem monetização de conteúdo hoje estão:

Existem muitas opções para explorar esse mercado:

  • Gerenciamento das redes sociais: centrado em criar publicações e movimentar o perfil em busca de alcance, seguidores e potenciais clientes;
  • Criação de textos: trabalha com a parte das legendas e conteúdos postados em cada plataforma;
  • Criação de peças visuais: desenvolve imagens e vídeos adaptados para cada formato nas redes. Ferramentas gratuitas como Canva e CapCut podem ajudar nessa função.
Continua após a publicidade

6. Jogos que dão dinheiro

Os jogos Play to Earn prometem dar dinheiro para quem joga, mas alguns deles exigem um investimento financeiro inicial. Esses games geralmente utilizam tokens não fungíveis e criptomoedas como recompensas para os usuários, que podem convertê-las a partir de uma corretora do ramo.

Apesar da proposta tentadora, esses games demandam comprometimento e esforço e muitos de seus ativos desvalorizam em pouco tempo. Vale a pena estudar bem o mercado e as opções mais rentáveis antes de investir nessas plataformas — o Canaltech tem um guia para dar os primeiros passos e ganhar dinheiro com jogos online.

7. Participar de competições de esports

Continua após a publicidade

Também é possível entrar em competições que valem dinheiro até mesmo antes de ingressar numa organização de esports. Se você tem domínio em algum jogo com cenário competitivo forte, fique de olho nas listas de campeonatos.

Muitos jogos disponibilizam torneios em plataformas oficiais, mas existem sites de terceiros que organizam partidas de forma independente. Em cada caso, vale consultar as principais plataformas e começar a treinar.

8. Venda itens em jogos

Ainda na área dos games, alguns jogadores de longa data podem obter uma renda extra com a venda de itens cosméticos em cada título. Counter Strike: Global Offensive é um exemplo famoso de game com um mercado próprio para a venda desses ativos.

Continua após a publicidade

É possível verificar a lista dos itens mais vendidos e colocar algumas unidades do seu inventário à venda pela Steam. O dinheiro pode ser convertido na própria plataforma de jogos.

9. Entrar em programa de afiliados

O marketing de afiliados é uma alternativa muito comum na internet: essa estratégia consiste em criar um link personalizado para vender um produto e ganhar uma comissão a cada venda feita através dele. O recurso é muito usado para a venda de infoprodutos, como cursos e ebooks.

Continua após a publicidade

Plataformas de diferentes segmentos fazem sucesso com esse modelo;

10. Criar e vender infoprodutos

Além da distribuição, também há um caminho para ganhar dinheiro na produção de infoproduto. Isso pode ser aplicado para qualquer conteúdo informativo que pode ser vendido: ebook, webinar, videoaula, treinamento e curso online, entre outros.

Continua após a publicidade

Vale a pena explorar plataformas como Hotmart, Udemy e Eduzz para esse caso. Normalmente, você recebe um valor pela venda de cada unidade do produto, com uma comissão para afiliados.

11. Criar uma loja online

Você também pode comercializar produtos pela internet. Caso já tenha uma loja física, pode ampliar mais oportunidades de negócio com o meio digital, mas também existe a alternativa de começar a vender numa operação completamente online.

Existem dois caminhos principais: criar um site voltado para e-commerce ou utilizar plataformas de marketplace. Se você optar por plataformas de marketplace, as principais opções incluem:

Também é possível criar catálogos em redes sociais como Facebook, Instagram e WhatsApp.

Algumas redes de varejo também usam um programa de revendas para a base de clientes. Nesse cenário, a pessoa inscrita ganha um link de afiliação, recebe comissões a partir de cada compra e não precisa manter um estoque — a rede cuida de toda a parte de logística e entrega do produto.

Você também pode colocar um site no ar oferecendo produtos ou serviços. Tendo um portfólio digital, facilita que potenciais clientes te encontrem e entrem em contato. Ao contratar um plano de hospedagem de 12 meses ou mais com a Hostinger, você ganha 10% de desconto e o domínio grátis por um ano. É só usar o cupom CANALTECH.

12. Vender conteúdo exclusivo

O OnlyFans é frequentemente associado com o conteúdo adulto, mas é possível utilizar a plataforma para oferecer serviços de assinatura para diversas áreas, como música, saúde e artes visuais. Além do OnlyFans, outra opção é a plataforma nacional Privacy, que aceita pagamentos em Pix.

Esses sites permitem vender materiais exclusivos para assinantes e são uma alternativa para quem tem público consolidado nas redes sociais.

13. Dropshipping

O Dropshipping é uma modalidade de vendas na qual a pessoa cria uma loja virtual sem estoque próprio. A mercadoria fica armazenada com os fornecedores e o seu trabalho é acionar o envio diretamente para o cliente após cada compra.

As práticas de Dropshipping são muito frequentes com produtos importados, como as compras no AliExpress. No entanto, é muito importante conhecer o fornecedor para garantir um produto de qualidade e com nota fiscal.

14. Trabalhar como freelancer

As atividades como autônomo/freelancer são uma alternativa muito comum para ganhar dinheiro na internet. De forma resumida, você presta um serviço para algum cliente específico e combina o valor da entrega. Não há vínculo de emprego nesse sentido e você recebe o pagamento após finalizar a demanda.

Alguns sites populares para encontrar serviços como freelancer são:

15. Freelancer de redação

Muitas oportunidades para trabalhar como freelancer alcançam a área da comunicação, com demandas para criação de textos de blog, publicações de redes sociais e e-mail marketing. Algumas plataformas populares para freelancer de redação incluem 99Freelas, Workana e até o LinkedIn.

16. Freelancer de design

A criação de peças visuais também gera muitas demandas para freelancers, com oportunidades para criar banners, posts de redes sociais e sites, entre outros. Profissionais da área podem procurar freelas de design em sites como 99Freelas, WeDoLogos, Freelancer e LinkedIn.

17. Oferecendo serviços gerais

Vale a pena usar a internet para promover um trabalho presencial e aumentar a lista de clientes. Entre as opções, GetNinjas, InDriver e Triider são exemplos para conectar encanadores, mecânicos, pintores, eletricistas e outros profissionais para tarefas urgentes, por exemplo.

18. Gerenciar tráfego online

Existem cargos que podem ter vínculo empregatício, mas operam exclusivamente na internet. É o caso do gestor de tráfego, profissional responsável por direcionar os acessos a um site através de anúncios.

Para essa função, é importante ter domínio das ferramentas de anúncios do Google, Facebook e Instagram, entre outras. Você pode fazer cursos online, gratuitos ou pagos, para aumentar o conhecimento na área.

19. Gerenciar SEO

Sigla para Search Engine Optimization, SEO é uma técnica para melhorar a performance de sites em mecanismos de busca como o Google. O domínio do SEO é muito requisitado para cargos de gerenciamento dos sites, pois garantem uma parcela de acessos orgânicos, ou seja, sem gastos com anúncios.

Você pode aumentar o repertório na área com a ajuda de cursos, palestras, webinars e ferramentas que monitoram o volume de pesquisas.

20. Trabalhar com Marketing Digital

O Marketing Digital engloba diferentes áreas para ampliar a atuação digital de uma marca ou empresa. As técnicas incluem alternativas para aumentar o número de acessos num site, reforçar o alcance em redes sociais e conquistar novos clientes em potencial de uma forma direcionada.

Esse tipo de ação segmentada faz muito sucesso na internet e é requisitada por diversas empresas com presença online. Assim, vale a pena buscar por cursos e certificados na área.

21. Trabalhar na área de UI e UX

As áreas de User Interface (UI) e User Experience (UX) são emergentes no ramo da tecnologia. Por isso, muitos profissionais buscam por capacitação para facilitar a busca por vagas de emprego.

O leque de profissionais para UI e UX inclui designers, programadores e redatores. Vale a pena consultar por jornadas profissionais e conhecer essa carreira.

22. Trabalhar com atendimento ao cliente

As áreas de atendimento ao consumidor também são muito importantes na internet. Os setores de serviço e experiência do cliente ganham espaço em plataformas de e-commerce e outras empresas digitais.

Existe demanda por esses cargos, com opções por sistema de home office. Dessa forma, você pode se inscrever em vagas e obter trabalho pela internet.

23. Trabalhar na área de programação

A área de programação é frequentemente vista como uma opção muito viável para mudar de carreira e começar a trabalhar remotamente. Existe demanda no setor de tecnologia por desenvolvedores de front-end e back-end, além de muitos cursos de capacitação.

Além de conhecer as linguagens de programação, vale a pena ver algumas dicas para conhecer melhor a área antes de uma recolocação profissional.

24. Atuar como digital influencer

Para muita gente, trabalhar como influenciador digital é o emprego dos sonhos: receber “mimos” de outras empresas, realizar parcerias pagas, passar todo o dia nas redes sociais, e por aí vai. No entanto, o caminho para o sucesso não é tão simples.

As redes sociais são muito concorridas, então você precisa estabelecer um nicho e uma estratégia de conteúdo para destacar o perfil. Para um primeiro passo, é recomendável converter suas contas pessoais para profissionais no Instagram e no Facebook.

25. Traduzir conteúdos

Domina outro idioma? É possível procurar por trabalhos freelancers de tradução de textos. Muitas plataformas online pagam por demandas e você pode escolher as produções com as quais deseja seguir.

Um site especializado no segmento é o Translated.com (translated.com/tradutores), mas também existem propostas em outros canais direcionados a freelancers, como o Workana.

26. Trabalhar com narração de livros

O ramo de audiolivros traz oportunidades profissionais de forma online e remota. Muitos autores procuram por narradores para a transição do texto para áudio e alguns sites especializados intermediam os profissionais.

Uma plataforma conhecida é a UBX (ubx.ubook.com), que disponibiliza ofertas para narração às contas registradas.

27. Participar de programas de cashback

É verdade que o saldo do cashback aumenta conforme você gasta, mas esse dinheiro resgatado pode ser aplicado em compras ou transferido para qualquer carteira digital.

O cashback é um sistema que devolve uma porcentagem do valor de uma compra para o usuário. Algumas plataformas populares são:

28. Criar blogs e sites

Com o domínio das redes sociais, os blogs já não têm mais o impacto de antigamente, mas ainda é possível ganhar dinheiro com esses sites. Dependendo da audiência, é possível veicular anúncios e ganhar dinheiro nessas situações.

Saiba tudo sobre como começar seu blog e conheça as melhores plataformas gratuitas para fazer isso.

29. Vender fotos, músicas e vídeos

Muitos bancos de imagens compram fotos e ilustrações feitas por profissionais da área. Se você trabalha com isso, pode tentar vender o portfólio para essas empresas e ganhar dinheiro online.

Alguns bancos de imagens e vídeos que aceitam vendas são:

30. Migrar um trabalho presencial para a esfera digital

Essa não é uma solução simples, mas é capaz de abrir muitas possibilidades profissionais. Quem trabalha com atendimentos e consultorias pode adotar um sistema de trabalho remoto, atuando pela internet e sem sair de casa.

Caso essa medida seja viável, pode ajudar a expandir a base de clientes ao remover a barreira da localização. A partir desse momento, você pode combinar estratégias de marketing digital para ampliar a presença na web.

Além dessas opções para trabalho 100% online, você também pode conferir alternativas para buscar vagas de emprego e enviar currículo.