Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

O que é dropshipping?

Por| Editado por Claudio Yuge | 03 de Fevereiro de 2023 às 16h10

Link copiado!

RoseBox/Unsplash
RoseBox/Unsplash

Com o avanço do comércio eletrônico, muitas modalidades de negócios estão surgindo para suprir as demandas do mercado. Pequenos empreendimentos, por exemplo, por vezes enfrentam dificuldades com a falta de espaço para estoque ou não ter verba para fazer um investimento no início da sua loja virtual.

O dropshipping, por sua vez, pode solucionar algumas dessas questões, visto que consiste em um modelo comercial que não exige espaço físico para estoque e nem grandes investimentos. Na modalidade, a mercadoria anunciada fica estocada no armazém do fornecedor, que será acionado pelo lojista após cada compra realizada em seu site.

O envio é realizado diretamente para o cliente final, de maneira que o lojista não precisa ter acesso ao produto, fazendo somente a intermediação. O acordo deve ser realizado previamente, de maneira a garantir uma comunicação eficiente entre o fornecedor e o vendedor, evitando anunciar produtos fora do estoque, por exemplo.

Continua após a publicidade

Apesar de tentar oferecer uma experiência otimizada e eficiente, todo serviço terceirizado traz alguns riscos. Antes de oferecer um produto, o vendedor deve se certificar de que o fornecedor entregue um serviço de qualidade, desde a embalagem até o cumprimento do prazo — visto que, o cliente está confiando no seu e-commerce.

Outra questão que deve ser avaliada é que, ao adquirir produtos em atacado, os comerciantes conseguem melhores preços, tanto no item quanto no envio. No dropshipping, o lojista pagará o valor de varejo, podendo enfrentar dificuldades em vender um produto mais caro e, consequentemente, tendo uma diminuição do seu lucro.

Dicas para aplicar o dropshipping

Continua após a publicidade

É possível aproveitar as vantagens do dropshipping e amenizar suas desvantagens ao se preparar e conhecer bem sua logística. Escolher um nicho de atuação, por exemplo, permite ao comerciante definir de maneira mais clara o seu público-alvo, facilitando o planejamento de estratégias para as vendas.

Considerando que as regras de reembolso diferem para e-commerces, definir uma política clara de cancelamento oferece mais segurança ao cliente e protege o e-commerce de problemas com os fornecedores que realizarão as entregas. Por fim, todo negócio deve analisar seus resultados para buscar otimização de processos e melhorias.