O que é o Twitter Super Follows e como monetizar tweets

O que é o Twitter Super Follows e como monetizar tweets

Por Caio Carvalho | Editado por Bruno Salutes | 17 de Setembro de 2021 às 12h10
Felipe Freitas/Canaltech

O Twitter (Android | iOS | Web) é uma plataforma gratuita para conversar com seus amigos, postar tweets e acompanhar notícias recentes do seu interesse.

Até então, tudo isso é gratuito. Mas a rede social está encontrando novas formas de fazer dinheiro. Uma delas é através de um novo recurso chamado Super Follows, para que criadores de conteúdo monetizem usando o Twitter. Neste artigo vamos conhecer melhor o que é o Super Follows e o que é possível fazer com essa nova opção de monetização.

O que é o Twitter Super Follows?

O Super Follows é uma novidade que permite a criadores cobrar uma assinatura dos outros usuários para ter acesso a conteúdos exclusivos. Tudo o que for compartilhado com assinantes é privado e fica visível somente a eles. A função também dá nome aos próprios assinantes, que ficam conhecidos como “Super Follows”.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Os assinantes, por sua vez, ganham um selo que aparecerá abaixo de seus nomes de perfil. Essa insígnia será destacada para outras pessoas toda vez que o assinante interagir com o criador de conteúdo, mostrando que aquele inscrito é um Super Follow.

Criadores poderão ganhar dinheiro com conteúdos exclusivos no Twitter. E usuários que quiserem acessá-los precisarão pagar uma assinatura mensal (Imagem: Divulgação/Twitter)

Importante: não confunda o Super Follows com o Twitter Blue, pois são coisas diferentes. Enquanto o Super Follows é uma assinatura para usuários visualizarem posts exclusivos de outras pessoas, o Twitter Blue é um modelo pago do próprio Twitter que libera recursos premium, como desfazer tweets e um modo leitura.

Além disso, o Super Follows consiste em uma assinatura individual, o que significa que, se você deseja acompanhar conteúdos privados de mais de uma pessoa, será necessário pagar por uma assinatura em cada um desses perfis.

Também pode rolar uma confusão quanto ao Espaços com Ingressos (Ticketed Spaces) e Gorjetas para Espaços (Tip Car for Spaces), que buscam gerar monetização pelas salas de bate-papo por voz no Twitter Spaces. São dois recursos distintos e que também não estão integrados nem ao Super Follows, nem no Twitter Blue.

O Twitter Super Follows está disponível no Brasil?

Não. Ainda em fase de testes, o Super Follows foi liberado para criadores de conteúdo elegíveis apenas nos Estados Unidos, que já podem cobrar por suas postagens. Do lado dos usuários, quem mora nos EUA e Canada pode se tornar um Super Follow de seus perfis favoritos.

O Super Follows também está limitado ao aplicativo do Twitter para iOS, mas a empresa já confirmou que lançará as assinaturas no app para Android e na versão web da rede social. Por enquanto, sem previsão de lançamento aqui no Brasil.

Quem está elegível para o Twitter Super Follows?

Para se tornar um criador com assinaturas no Super Follows, o usuário deve atender alguns requisitos. As exigências podem mudar quando o recurso for lançado globalmente:

  • Ser maior de 18 anos;
  • Ter, no mínimo, 10 mil seguidores;
  • Ter postado 25 tweets ou mais nos últimos 30 dias;
  • Ter postado no Twitter nos últimos três meses;
  • Ter um perfil completo no Twitter, que inclui nome, biografia, foto e imagem de destaque;
  • Ter um e-mail verificado (só o e-mail, não precisa ter o selo azul de verificado);
  • A conta precisa estar habilitada com autenticação de dois fatores.

Não estão permitidos no programa Super Follows:

  • Perfis institucionais, afiliados a governos ou que não sejam de uma pessoa;
  • Contas que violaram os acordos de usuário ou políticas de publicidade do Twitter;
  • Contas que violaram leis locais ou que tenham praticado atividades ilegais que vão contra as diretrizes de conteúdo do Twitter.

O que pode ser compartilhado no Twitter Super Follows?

É possível criar enquetes, enviar mensagens de voz e montar threads privadas. O Twitter ainda promete mais funções quando o Super Follows for lançado em outros países (Imagem: Divulgação/Twitter)

Até a publicação deste artigo, criadores podem compartilhar tweets, enquetes, links, threads (sequências com dois ou mais tweets) e mensagens de voz com seus Super Follows. Futuramente, o Twitter promete adicionar outras funções, incluindo envio de newsletter, a possibilidade de se tornar um assinante anônimo e acesso a salas privadas no Twitter Spaces.

Quanto ganham os criadores no Twitter pelo Super Follows

O valor das assinaturas será definido pelos criadores de conteúdo. Haverá três modalidades, cada uma com um preço diferente (Imagem: Divulgação/Twitter)

O Twitter estipulou três preços fixos cobrados mensalmente para assinantes no Super Follows: US$ 2,99 (R$ 15,70, na conversão direta), US$ 4,99 (R$ 26,25) e US$ 9,99 (R$ 52,50). Quem determina o valor é o próprio criador, e os pagamentos são feitos usando a plataforma Stripe. O depósito mínimo é de US$ 50; se o criador não atingir essa quantia, o saldo ficará para o próximo mês ou até que ele alcance o limite mínimo de US$ 50.

Neste primeiro momento em que o Super Follows está sendo testado, criadores de conteúdo recebem 97% da receita arrecadada por cada assinatura — os outros 3% correspondem às taxas que ficam com o Twitter. No entanto, depois que um criador arrecadar mais de US$ 50 mil em todas as formas de monetização, o usuário passa a ter direito a 80% do valor.

Há ainda o imposto da App Store, que cobra 30% de compras dentro de aplicativos.

Nos moldes atuais, vamos supor que você estipule uma assinatura de US$ 4,99 para os seus Super Follows. Desse valor, US$ 1,50 são os 30% da App Store e US$ 0,10 são a participação mínima do Twitter. O restante, US$ 3,39, é a quantia que você levará por cada Super Follow.

Como se tornar um criador do Twitter Super Follows

Criadores interessados em monetizar em cima do Super Follows verão o recurso nas configurações do Twitter. Já usuários poderão fazer uma assinatura diretamente no perfil dos criadores (Imagem: Divulgação/Twitter)

Por enquanto, o Super Follows não está disponível no Brasil. Nos EUA, a função pode ser acessada dentro da aba “Perfil”, na opção “Monetização”. Lembrando, mais uma vez, que apenas a versão do Twitter para iOS é compatível.

A inscrição não é garantia de liberação do Super Follows, uma vez que o Twitter realiza uma pesquisa interna para checar se o usuário atende a todos os requisitos. Os criadores que não forem aprovados na primeira tentativa entram em uma lista de espera até que a rede social faça uma nova avaliação.

Como se tornar um assinante no Twitter Super Follows

Quando o Super Follow for liberado no Brasil, criadores elegíveis passarão a ter um botão dedicado em seus perfis. A partir daí, para se tornar um Super Follow, você deve entrar no perfil do usuário e clicar nesse botão para comprar a assinatura, que é cobrada todos os meses até que você faça o cancelamento.

Fonte: Twitter (1, 2), Search Engine Journal

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.