Os melhores lançamentos de filmes e séries para assistir online (05/06/2021)

Por Laísa Trojaike | Editado por Jones Oliveira | 05 de Junho de 2021 às 19h30
HBO/Netflix/A24

Deixamos maio para trás e entramos no último mês do primeiro semestre de 2021. Curiosamente, junho também é o período de comemoração do orgulho LGBTQI+, o que significa que diversas produções do gênero estrearam online e entraram para a seleção da nossa lista de melhores lançamentos de filmes e séries para assistir online desta semana. Mas não só de produções #orgulhosas vive o catálogo desses últimos dias.

Além dos romances, que vão de ambientações contemporâneas ao século XIX, a lista desta semana também tem um bocado de drama, o que significa que é bom ter uma caixa de lencinhos de papel por perto. Também temos o final de uma série que bateu recordes no HBO Max, ação medieval e, entre os destaques, um terror, um filme político, uma aguardada adaptação de um título fantástico da Vertigo e um anime repleto de nostalgia.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Ficou curioso para saber que filmes e séries são esses? Então dá uma olhada nas nossas dicas do que assistir online neste final de semana. Para facilitar ainda mais a sua vida, o Canaltech sempre acrescenta trailer e uma pequena descrição de cada produção, além de incluir os links para os serviços em que elas estão disponíveis, assim o seu trabalho é basicamente apenas apertar o play. Veja quais te agradam, prepare a sala, reúna toda a família e divirta-se!

10. Mare of Easttown

A série HBO Mare of Easttown chegou ao seu sétimo e último episódio nesta semana e deixou os fãs alvoroçados com os eventos que encerraram a história. Não bastasse isso, a season finale conseguiu quebrar o recorde de audiência com o maior número de reproduções para uma produção original HBO nas primeiras 24 horas online. O motivo: a revelação da identidade do assassino.

O elogiado episódio, intitulado "Sacrament", foi dirigido por Craig Zobel, de Obediência, Os Últimos na Terra e do polêmico A Caçada. Mare of Easttown foi criada por Brad Ingelsby (O Caminho de Volta) e acompanha uma detetive (Kate Winslet) de uma pequena cidade da Pensilvânia que precisa “investigar um assassinato local enquanto tenta impedir que sua vida desmorone.”

Todos os episódios de Mare of Easttown podem ser assistidos no HBO GO, NOW, Oi Play e, em breve, também estarão disponíveis no HBO Max.

Leia também:

9. Feel Good — 2ª Temporada

O mês do orgulho chegou e uma profusão de produções LGBTQI+ chegaram às plataformas online, o que inclui a segunda e última temporada de Feel Good, o que também gera uma indicação de série para quem está procurando algo não muito longo para maratonar. Misturando comédia, drama e romance, o programa acompanha a comediante de stand-up Mae Martin interpretando a si mesma em uma ficção sobre seu relacionamento e os desafios da sobriedade.

Além da presença de Martin, Feel Good ainda conta com a presença de Charlotte Ritchie, Phil Burgers, Tobi Bamtefa (The Witcher) e Lisa Kudrow (Friends) no elenco. A segunda temporada trouxe mais seis episódios e, no primeiro, veremos Mae no Canadá, passando um tempo em um centro de reabilitação e se reconecta com uma pessoa do passado, enquanto George segue desanimada e procurando um sentido para a vida sem Mae.

A segunda temporada de Feel Good estreou com exclusividade na Netflix.

Leia também: Dia do Orgulho LGBT | 20 filmes, séries e documentários para maratonar

8. A Vida em um Ano

Os romances teen costumam ser meio pasteurizados e se assemelham de um jeito que, normalmente, somos submetidos às mesmas narrativas que já se esgotaram e se tornaram enfadonhas. Por outro lado, romances indie um pouco mais interessantes passam despercebidos e costumam ser esquecidos antes mesmo de ter uma chance de se tornarem conhecidos. Para a sorte de A Vida em um Ano, o elenco central chama a nossa atenção logo de cara, criando um interesse maior e indicando que este não é um romance qualquer.

Infelizmente, o roteiro de Jeffrey Addiss e Will Matthews (dupla que escreveu O Cristal Encantado: A Era da Resistência) traz mais uma história de namorados que tentam fazer de tudo antes que um deles morra, mas, por outro lado, a presença de Jaden Smith e Cara Delevingne no elenco deixa tudo mais animador, já que ambos são representatividades teen de peso. O filme ainda conta com direção de Mitja Okorn, além de trazer Cuba Gooding Jr. (Os Donos da Rua), Nia Long (Vovó... Zona) e RZA (do Wu-Tang Clan) para o elenco. Esta também é uma das últimas aparições de Chris D'Elia, afastado das telas desde que foi acusado de má conduta sexual.

A Vida em um Ano está no catálogo do Amazon Prime Video e pode ser alugado no Claro Video, além de estar disponível para aluguel ou compra na Play Store e no iTunes.

Leia também:

7. Um Fascinante Novo Mundo

“Em algum lugar ao longo da fronteira da Costa Leste estadunidense em meados do século XIX, dois casais vizinhos lutam contra dificuldades e isolamento, testemunhados por uma paisagem esplêndida, mas que os desafia tanto física quanto psicologicamente.” Apesar de revelar a tensão da trama, a sinopse não nos entrega o dramão que está escondido em Um Fascinante Novo Mundo.

O elenco, no entanto, nos aponta a qualidade da história, com os casais interpretados por Katherine Waterston (a Tina de Animais Fantásticos e Onde Habitam), Casey Affleck (vencedor do Oscar por Manchester à Beira-Mar), Vanessa Kirby (Pieces of a Woman) e Christopher Abbott (Possessor). O filme ainda tem direção feminina com a cineasta Mona Fastvold, que dirige sua segunda obra após O Sonâmbulo (2014). Baseado no romance "The World to Come", de Jim Shepard, a produção conta com um roteiro adaptado pelo próprio autor ao lado de Ron Hansen, do excelente O Assassinato de Jesse James pelo Covarde Robert Ford.

Um Fascinante Novo Mundo pode ser assistido pelos assinantes do NOW e alugado no Claro Video. O título também está disponível para aluguel ou compra na Play Store e na Microsoft Store.

Leia também:

6. Ammonite

Mais romance, mais drama e mais Kate Winslet, mas desta vez em uma história biográfica. Ammonite é ambientado na Inglaterra dos anos 1840 e acompanha a aclamada (ainda que esquecida) caçadora de fósseis Mary Anning, que acaba desenvolvendo um romance intenso com uma jovem enviada para se convalescer à beira-mar.

Como estamos falando de século XIX, já podemos imaginar a tensão que paira sobre o relacionamento, apesar de toda a beleza evocada pele direção de Francis Lee (O Reino de Deus), que também assina o roteiro. Ammonite ainda conta com a presença de Saoirse Ronan (Brooklyn), Gemma Jones (Razão e Sensibilidade), Fiona Shaw (a Petúnia de Harry Potter), Claire Rushbrook (Enola Holmes) e Alec Secareanu (Amuleto).

Ammonite entrou para o catálogo do NOW e está disponível para aluguel ou compra no Looke e na Microsoft Store. O título também pode ser alugado no Claro Video.

Leia também:

5. Rei Arthur: A Lenda da Espada

Depois de tantas lágrimas, um pouco de ação e história reimaginada nesse clássico com cara de moderninho. Rei Arthur: A Lenda da Espada trouxe uma estilização completamente nova para a conhecida história do Rei Arthur, mas sem abrir mão de momentos icônicos como tirar a Excalibur da pedra e tudo mais. Da pobreza ao reinado, Arthur precisa enfrentar suas responsabilidades, gostando ou não, o que dá novas dimensões ao personagem interpretado aqui por Charlie Hunnam, de Sons of Anarchy e Círculo de Fogo.

A estilização, com diversos slow motions durante a ação, é uma marca registrada do diretor Guy Ritchie, de Sherlock Holmes (2009), Jogos, Trapaças e Dois Canos Fumegantes (1998) e Snatch: Porcos e Diamantes (2000). Além disso, o diretor ainda ousou em dar uma estética GoPro para uma história medieval, o que garante uma experiência bastante anacrônica para os espectadores.

Rei Arthur: A Lenda da Espada pode ser assistido na Netflix e no NOW. Além de poder ser alugado no Looke, o título também está disponível para aluguel ou compra no iTunes, na Play Store e na Microsoft Store.

Leia também:

4. Saint Maud

A produtora A24 já estava no radar dos fãs de terror há algum tempo, mas chamou muito mais a atenção depois dos lançamentos de A Bruxa, O Farol, Midsommar e Hereditário. Logo depois desses grandes títulos, surgiu Saint Maud com um trailer de arrepiar os cabelos da nuca e empolgar qualquer fã do gênero. Infelizmente, este também foi um filme afetado pela pandemia, já que deveria ter chegado ao Brasil em outubro de 2020, mas só está tendo seu lançamento amplo por aqui agora, com a ajuda das plataformas de streaming.

O filme é escrito e dirigido por Rose Glass, que estreia em longas-metragens após realizar seis curtas, todos eles de fantasia, horror ou suspense. Na trama, uma enfermeira fica perigosamente obcecada pela salvação da alma de sua paciente e, ainda melhor, tudo isso acontece através de imagens belíssimas e muito bem dirigidas, fazendo o filme valer nem que seja apenas pelo espetáculo visual.

Saint Maud pode ser alugado no Claro Video, além de estar disponível para aluguel ou compra na Play Store, no iTunes, na Microsoft Store e no Looke.

Leia também:

3. Oslo

Oslo traz um assunto político complexo em sua trama ao contar o caso real (e, há algum tempo, secreto) envolvendo as “negociações secundárias no desenvolvimento dos principais Acordos de Paz de Oslo na década de 1990 entre Israel e a Organização para a Libertação da Palestina.” Apesar do assunto tenso, Oslo esteve entre os títulos mais populares dos últimos dias, seja em redes sociais de cinema, seja entre os títulos mais pirateados do momento.

A produção é baseada em uma peça de J.T. Rogers, que também assina o roteiro adaptado, e conta com a direção de Bartlett Sher, cujas produções anteriores também são do teatro. No elenco, Ruth Wilson (Luther) interpreta Mona Juul, Ministra de Relações Exteriores da Noruega, que desempenhou um papel fundamental nas negociações.

Oslo pode ser assistido pelos assinantes do HBO GO e do Oi Play.

Leia também:

2. Pretty Guardian Sailor Moon Eternal: O Filme

O quarto arco do mangá Sailor Moon, intitulado "Dream", ganhou uma nova adaptação e o filme pode acabar soando familiar para quem assistia Sailor Moon SuperS, anime em que aparecem os vilões do Dead Moon Circus. Pretty Guardian Sailor Moon Eternal: O Filme, portanto, é a nova adaptação é dirigida por Chiaki Kon (Sailor Moon Crystal) e tem um roteiro adaptado de Kazuyuki Fudeyasu, que escreveu também Black Clover, Slime Isekai e JoJo no kimyô-na bôken.

Nesta aventura, um poder sombrio toma conta da Terra após um eclipse solar total e apenas as guardiãs Sailor poderão trazer a luz de volta ao mundo. Claro! Embora tenha sido lançado como um filme de 2h40, Gekijouban Bishoujo Senshi Sailor Moon Eternal (para quem gosta de usar os títulos originais em japonês) chegou à Netflix em duas partes, cada uma com 81 minutos.

Pretty Guardian Sailor Moon Eternal: O Filme entrou para o catálogo da Netflix.

Leia também:

1. Sweet Tooth — 1ª Temporada

A sinopse de Sweet Tooth nos apresenta os elementos centrais desta receita: "perigosa aventura", "mundo pós-apocalíptico", "um adorável menino-cervo" e "um protetor". Uma mistura capaz de explodir mentes, mas não se deixe enganar pela pecualiaridade, porque esta é uma das maiores apostas da Netflix para 2021 entre suas séries de fantasia.

A primeira temporada chegou com oito episódios que adaptam os quadrinhos homônimos da Vertigo, criados e ilustrados por Jeff Lemire. Na direção da primeira temporada estão Jim Mickle (Stake Land - Anoitecer Violento), Toa Fraser (No. 2) e Robyn Grace, que esteve na equipe de direção de Distrito 9.

Sweet Tooth estreou os oito episódios da primeira temporada com exclusividade na Netflix.

Leia também:

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.