15 filmes de drama que chegam à Netflix ainda em 2021

15 filmes de drama que chegam à Netflix ainda em 2021

Por Beatriz Vaccari | Editado por Jones Oliveira | 20 de Maio de 2021 às 22h00
Netflix

Histórias de drama fazem sucesso por comoverem o público, além de quase sempre atraírem os olhos da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas para a premiação mais importante do ano na indústria do cinema: o Oscar. Apenas neste ano, o gênero já ganhou seis títulos exclusivos na Netflix, e alguns até foram indicados à cerimônia do Oscar 2021: O Tigre Branco, Pieces of a Woman, Monstro, Malcolm & Marie, A Escavação e Alma de Cowboy.

Os lançamentos fazem parte de uma iniciativa anual da própria Netflix anunciada em janeiro, que visa lançar um filme original no catálogo por semana, até o último dia de 2021. Pensando nos fãs de tramas do gênero e que adoraram os filmes citados até agora, o Canaltech selecionou todos os dramas que estão planejados para estrear até dezembro no catálogo e prometem comover os assinantes.

Ao todo, ainda há 15 filmes de drama programados para chegar à Netflix em 2021, alguns com a estreia mais próxima do que outras, mas todos com o objetivo de comover o público.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

15. O Divino Baggio

(Imagem: Divulgação / Netflix)

Para os fãs de tramas esportivas, O Divino Baggio é o lançamento mais próximo no catálogo de drama da Netflix. A direção fica por conta de Letizia Lamartire, que comandou alguns episódios da série original Baby, enquanto Ludovica Rampoldi (O Garoto Invisível) e Stefano Sardo (A Origem do Slow Food) assinam o roteiro.

Andrea Arcangeli, Valentina Bellè, Andrea Pennacchi, Antonio Zavatteri, Anna Ferruzzo, Fabrizio Maturani (Martufello) e Thomas Trabacchi estrelam essa produção que é, na verdade, um relato dos 22 anos de carreira do craque italiano Roberto Baggio, incluindo a difícil estreia nos campos e os conflitos com alguns técnicos.

O Divino Baggio chega em 26 de maio.

14. A Casa das Flores: O Filme

(Imagem: Divulgação / Netflix)

A amada série original Netflix ganhará um filme próprio: A Casa das Flores, que já possui três temporadas disponibilizadas na plataforma, tem um longa-metragem planejado para chegar em junho. Comandado e roteirizado por Manolo Caro, que também dirige a série original, o filme contará com Cecilia Suárez, Aislinn Derbez, Dario Yazbek, Juan Pablo Medina e Paco León de volta ao elenco.

Enquanto aguarda uma cirurgia delicada, Delia conta um segredo a Paulina: no quarto dos pais, há um esconderijo com um tesouro da família e provas contra Agustín Corcuera, absolvido recentemente pelo assassinato de Pato. Paulina convence os irmãos a contornar os recursos de segurança da casa onde moravam para recuperar o tesouro. Esse plano é colocado em prática ao mesmo tempo que Virginia e Ernesto tentam conseguir a confissão de Agustín. O amor pela babá e a possibilidade de vingar a família farão os de la Mora quebrar todas as regras para conseguir realizar essa missão impossível.

A Casa das Flores tem estreia prevista para junho, ainda sem data definida.

13. Worth

(Imagem: Divulgação / Netflix)

Em setembro, o longa Worth também complementará o catálogo de drama da Netflix. Dirigido por Sara Colangelo (Conflitos e Reencontros) e roteirizado por Max Borenstein (do MonsterVerse Godzilla e Kong), o filme é estrelado por Michael Keaton, Stanley Tucci, Amy Ryan, Tate Donovan, Talia Balsam e Laura Benanti.

Worth contará a história de Kenneth Feinberg (Keaton), um advogado talentoso nomeado para o Fundo de Compensação às Vítimas do 11 de setembro, encarregado de alocar a compensação financeira das vítimas da tragédia. A missão não é fácil: ele terá que calcular perdas incalculáveis e ainda enfrentar o ceticismo, a burocracia e os jogos políticos da organização.

Worth tem estreia prevista para setembro, mas ainda sem data definida.

12. Beauty

Beauty é um filme que chegará em breve à Netflix, acompanhando uma jovem negra muito talentosa que tenta manter sua voz e sua identidade após ser contratada por uma gravadora, desencadeando uma guerra entre a família, o selo e sua melhor amiga para definir quem vai guiá-la rumo ao estrelato.

A direção fica por conta de Andrew Dosunmu (de Where Is Kyra? e Mother of George) e roteiro de Lena Waithe, a escritora premiada com um Emmy pelo episódio de Dia de Ação de Graças de Master Of None, em que sua personagem se assume homossexual para a mãe. No elenco, Niecy Nash, Aleyse Shannon, Giancarlo Esposito, Gracie Marie Bradley, Kyle Bary, Michael Ward e Sharon Stone estrelam a produção.

Beauty ainda não tem previsão de estreia na plataforma de streaming, mas chega ainda em 2021.

11. Blonde

(Imagem: Reprodução / Twitter @ArmasUpdates)

Um dos mais aguardados longas de drama chega ainda em 2021 à Netflix. Blonde acompanhará a vida de ninguém menos que Marilyn Monroe, interpretada pela atriz Ana de Armas (Entre Facas e Segredos, Blade Runner 2049). Quem comanda a cinebiografia é Andrew Dominik (O Assassinato de Jesse James pelo Covarde Robert Ford), que também assina o roteiro baseado no best-seller de Joyce Carol Oates.

Além de Ana de Armas, Adrien Brody, Bobby Cannavale, Julianne Nicholson, Lily Fisher, Evan Williams, Xavier Samuel, Caspar Phillipson, Toby Huss, Sara Paxton, David Warshofksy, Chris Lemmon, Dan Butler, Garret Dillahunt, Lucy DeVito, Michael Masini, Ned Bellamy, Rebecca Wisocky, Scoot McNairy e Spencer Garrett completam o elenco. O filme é um retrato ficcional da modelo, atriz e cantora durante as décadas de 1950 e 1960, contado pelas lentes modernas da cultura das celebridades, mas ainda não possui uma previsão de estreia na Netflix.

10. Bruised

Halle Berry (de Mulher-Gato e John Wick: Parabellum) estreia na cadeira de diretora com Bruised, que conta a história de uma ex-lutadora de MMA que tenta recuperar a custódia do filho e reiniciar sua carreira atlética. Quem assina o roteiro é a estreante Michelle Rosenfarb, que assume seu segundo projeto da carreira de cineasta.

Além de Halle Berry, o elenco de Bruised ainda conta com Adan Canto, Sheila Atim, Stephen McKinley Henderson e Shamier Anderson. Não há uma data de estreia definida para o filme na Netflix.

9. O Fio Invisível

O Fio Invisível é dirigido pela cineasta peruana Claudia Llosa (Marcas do Passado), que também assina o roteiro ao lado de Samanta Schweblin, autora dos livros Distância de Resgate e Pássaros na Boca. O filme é estrelado por María Valverde, Dolores Fonzi, Germán Palacios, Guillermo Pfening, Emilio Vodanovich, Guillermina Sorribes, Marcelo Michinaux e Cristina Banegas.

A história segue uma mulher chamada Amanda, que está ferida e longe de casa. Um menino chamado David a questiona, tentando fazê-la se lembrar. Ela não é mãe dele, ele não é seu filho. O tempo dela está se esgotando, e ele tenta ajudá-la a desvendar uma história poderosa e pungente de ciúme obsessivo, um perigo invisível e o poder do amor de uma mãe por seu filho.

O Fio Invisível ainda não tem previsão de estreia.

8. Passing

Passing é um filme baseado no livro homônimo escrito por Nella Larsen e segue uma história ambientada na Nova York de 1929, bem no início da Grande Depressão. Nesse contexto, a história acompanha duas mulheres negras de pele mais clara que decidem viver em lados opostos da barreira racial.

Quem comanda a produção é Rebecca Hall (Homem de Ferro 3, Godzilla vs Kong) que também assina o roteiro. No elenco, Tessa Thompson, Ruth Negga, Andre Holland, Alexander Skarsgard e Bill Camp estrelam o projeto.

Passing ainda não tem data certa para estrear na Netflix.

7. Penguin Bloom

(Imagem: Divulgação / Netflix)

Glendyn Ivin dirige este longa baseado no roteiro de Shaun Grant e Harry Cripps, com história inspirada no livro de Cameron Bloom e Bradley Trevor Greive. Quem estrela o projeto é Naomi Watts, Andrew Lincoln e Jacki Weaver.

Penguin Bloom conta a história real de Sam Bloom (Watts), uma jovem mãe que sofre um acidente grave e acaba ficando paralisada da cintura para baixo. O marido (Lincoln), os três filhos e a mãe de Sam (Weaver) sofrem para se ajustar à nova realidade. De repente, aparece um aliado improvável: um filhote de passarinho que ganha o apelido de Penguin. A chegada do pássaro é a distração de que a família Bloom precisava e esse animal de estimação acaba fazendo uma enorme diferença na vida da família.

Penguin Bloom ainda não tem previsão de estreia na Netflix.

6. The Guilty

Antoine Fuqua (Dia de Treinamento e Sete Homens e um Destino) dirige este longa-metragem que chega em breve na Netflix. No elenco, completam o projeto Jake Gyllenhaal, Peter Sarsgaard, Riley Keough, Byron Bowers, Da’Vine Joy Randolph, David Castañeda, Christina Vidal, Paul Dano, Ethan Hawke, Adrian Martinez, Bill Burr, Beau Knapp e Edi Patterson. O roteiro fica por conta de Nic Pizzolatto, da premiada True Detective.

The Guilty começa numa manhã na central telefônica do serviço de emergência 911, seguindo o atendente Joe Bayler (Gyllenhaal) ao tentar salvar, pelo telefone, uma pessoa que está em perigo. Mas logo ele descobre que nada é o que parece. Agora, a única saída é encarar a verdade.

Ainda não há previsão de estreia para The Guilty.

5. The Hand of God

O diretor e roteirista Paolo Sorrentino, conhecido por Juventude (2015), A Grande Beleza (2013) e Aqui é o Meu Lugar (2011), assume a produção e desenvolvimento deste novo longa-metragem exclusivo para a Netflix, que deve chegar ao streaming mais tarde neste ano.

A sinopse ainda é confidencial, mas o cineasta deu alguns detalhes sobre a trama em uma nota à imprensa: "The Hand of God é o primeiro filme íntimo e pessoal da minha carreira. É uma história de formação, alegre e dolorosa ao mesmo tempo".

4. The Power of the Dog

Jane Campion (Brilho de uma Paixão e O Piano) dirige e assina o roteiro deste longa-metragem baseado no romance homônimo de Thomas Savage, publicado em 1967. No elenco, nomes de peso de Hollywood compõem o projeto, como Benedict Cumberbatch, Kirsten Dunst, Jesse Plemons, Kodi Smit-McPhee, Thomasin McKenzie, Frances Conroy, Keith Carradine, Peter Carroll e Adam Beach.

O filme segue os milionários irmãos Phil (Cumberbatch) e George Burbank (Plemons), que são dois lados da mesma moeda. Phil é elegante, inteligente e cruel, enquanto George é frio, exigente e gentil. Juntos, eles são donos da maior fazenda da região. É um lugar onde homens ainda são homens, as modernidades do século XX ainda não chegaram e a figura de Bronco Henry, o maior caubói que Phil já conheceu, é reverenciada. Quando George se casa secretamente com a viúva Rose (Dunst), Phil fica furioso e inicia uma guerra incansável e sádica para destruí-la. Como arma, ele usa o filho afeminado de Rose, Peter.

The Power of the Dog ainda não tem data definida de estreia.

3. The Starling

(Imagem: Reprodução / IMDb)

Theodore Melfi, do indicado ao Oscar Estrelas Além do Tempo dirige este longa-metragem dramático com leves pitadas de comédia. Matt Harris assina o roteiro e Melissa McCarthy, Chris O’Dowd, Kevin Kline, Timothy Olyphant, Daveed Diggs, Skyler Gisondo, Loretta Devine, Laura Harrier, Rosalind Chao e Kimberly Quinn estrelam.

A história segue o casal Jack e Lilly, que vivem uma tragédia e, enquanto ele sai de casa para tentar atravessar o luto, ela continua no mundo "real", lidando com suas culpas e carregando um segredo terrível. Como se não fosse o bastante, ela passa a ser atacada por um pássaro que faz ninho em seu quintal. Para Lilly, o pássaro representa todos os problemas que tem, e a obsessão dela por acabar com ele é retratada com humor. Ela acaba recebendo a ajuda de Larry, um excêntrico psicólogo que virou veterinário e também tem um passado complicado. Surge uma grande e improvável amizade, e os dois vão aprendendo a reconhecer e enfrentar os próprios problemas.

Ainda não há previsão de estreia na Netflix.

2. Filme de Alexandre Moratto, ainda sem título

Tem drama nacional chegando na Netflix ainda em 2021: trata-se de um projeto dirigido e roteirizado pelo cineasta Alexandre Moratto, que possui o excelente Sócrates em sua filmografia. Ao seu lado, Thayná Mantesso assina o segundo script de sua carreira, num longa estrelado por Christian Malheiros (estrela do já mencionado Sócrates e da série original Netflix Sintonia) e o ator reconhecido mundialmente, Rodrigo Santoro.

Para dar uma vida melhor à família no interior, o jovem Mateus aceita trabalhar em um ferro-velho em São Paulo com o novo chefe Luca. No entanto, ele acaba ficando preso no perigoso mundo da escravidão contemporânea com outros garotos e é forçado a decidir entre continuar nessa situação ou arriscar o futuro da família.

Ainda não há data de estreia ou título oficial definidos.

Filme de Graham King, ainda sem título

O produtor cinematográfico Graham King (que tem créditos em Rango e A Invenção de Hugo Cabret) assume esse projeto ainda sem um nome oficial, mas que já conta com Nora Fingscheidt (de Transtorno Explosivo, com Helena Zengel) na direção e Christopher McQuarrie (de Missão Impossível e Jack Reacher) no roteiro.

Quem compõe o elenco é Sandra Bullock, Viola Davis, Rob Morgan e Aisling Franciosi. O filme segue Ruth Slater, que após cumprir pena de prisão por um crime violento, volta ao convívio na sociedade, que se recusa a perdoar seu passado. Discriminada no lugar que já chamou de lar, sua única esperança agora é encontrar a irmã, que ela havia sido forçada a deixar para trás.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.