Dia do Orgulho LGBT | 20 filmes, séries e documentários para maratonar

Por Natalie Rosa | 27 de Junho de 2019 às 13h22
Divulgação

Dia 28 de junho é comemorado o Dia do Orgulho LGBT. A data foi criada no fim dos anos 1960, após uma revolta que aconteceu em Nova York, quando a polícia invadiu bares gays da cidade, como Stonewall, provocando uma onda de violência numa cidade marcada pelo preconceito.

Desde então, o objetivo da data comemorada anualmente é celebrar o amor e a igualdade entre todas as identidades de gênero e orientações sexuais, independentemente de ser heterossexual, homossexual, bissexual, transgênero, entre outras variações.

O dia 28 de junho também traz uma maior conscientização sobre o movimento, que não busca privilégios, mas sim respeito e chances igualitárias na sociedade.

A conscientização sobre o tema também pode ser vista na cultura pop. Hoje, inúmeros filmes, séries de televisão, documentários e reality shows abordam a questão LGBT, e alguns deles podem ser conferidos nas plataformas de streaming.

Pensando nisso,fizemos uma lista com 20 produções que você precisa conferir:

1. Milk

O filme se passa no início dos anos 1970 e conta a história de Harvey Milk, interpretado por Sean Penn. Ao decidir mudar de vida, Milk vai de Nova York para São Francisco com seu namorado Scott (James Franco), onde abrem uma loja de revelação de fotos.

Mas, cansado de sofrer preconceito por sua orientação sexual, Milk se vê disposto a enfrentar o preconceito da época e, com a ajuda de amigos e voluntários, começa uma batalha política para ser eleito na Câmara de Supervisores de São Francisco. Ele acaba se tornando o primeiro gay assumido a alcançar um cargo público de tamanha importância nos Estados Unidos. A história é baseada em um acontecimento real.

O elenco de Milk também conta com Josh Brolin, Emile Hirsch, Diego Luna, Kelvin Yu e foi dirigido por Gus Van Sant.

Imagem: Divulgação

Milk está disponível no Google Play, Looke, iTunes e PlayStation Store.

2. Queer Eye

A versão moderna do reality show Queer Eye For a Straight Guy conta com um elenco novo que, em três temporadas, já conquistou o mundo inteiro. O objetivo do programa, que agora se chama só Queer Eye, é transformar a vida de pessoas, em sua maioria homens heterossexuais, em cinco quesitos: decoração, moda, gastronomia, estilo pessoal e cultura.

Chamados de Fab 5, Bobby Berk, Tan France, Antoni Porowski, Jonathan Van Ness e Karamo Brown fazem um verdadeiro intensivo para mudar a vida das pessoas inscritas, cada um com sua especialidade. Juntos, eles passam a abrir os olhos das pessoas sobre seus problemas e os ajudam a encontrar formas de resolvê-los ou lidar com isso, seja focando na saúde mental ou cuidando da vida pessoal.

As cidades dos Estados Unidos escolhidas para participar do programa são, em sua maioria, conservadoras, sendo então os participantes distantes da realidade da comunidade gay.

Imagem: Divulgação

Queer Eye é um reality show da Netflix.

3. RuPaul's Drag Race

Criado pelo ator, modelo, cantor, compositor e drag queen RuPaul Andre Charles, o reality show RuPaul's Drag Race é uma competição para descobrir quais são as drag queens mais performáticas do mundo. No programa, elas precisam mostrar todo o seu talento na hora de se vestir, maquiar, dublar e performar para conquistar o coração dos jurados.

RuPaul's Drag Race já conta com 11 temporadas, que já premiaram diversas drag queens do mundo, trazendo também mais visibilidade ao movimento. Com o lançamento do reality show, muitas pessoas passaram a conhecer e respeitar ainda mais este universo.

Imagem: Divulgação

Você pode acompanhar RuPauls Drag Race na Netflix.

4. Grace & Frankie

Com Jane Fonda e Lily Tomlin como protagonistas, a série Grace & Frankie conta a história de duas mulheres que se tornaram amigas (antes eram rivais) após seus respectivos maridos revelarem que estão apaixonados. Com a vida virada de cabeça para baixo, elas começam a descobrir formas de lidar com a situação, visto que aconteceu depois de muitos anos de casamento, quando já estavam na temida terceira idade, tudo isso com muito bom humor.

Também fazem parte do elenco da série Martin Sheen, Sam Waterson, Brooklyn Decker, entre outros.

Imagem: Divulgação

Grace and Frankie pode ser assistido na Netflix.

5. Will & Grace

No clássico Will & Grace, Will (Eric McCormack) e Grace (Debra Messing) se conheceram na faculdade e tiveram um relacionamento. Já confuso com a sua verdadeira sexualidade, ao ser convidado para dormir na casa de Grace, Will descobre que é homossexual. Com a descoberta, eles acabaram se tornando melhores amigos e começaram a passar por várias situações divertidas que só fortaleceram a amizade.

Os amigos também se unem a Karen (Megan Mullally), uma socialite cheia de vícios, e Jack (Sean Hayers), um gay cheio de estereótipos, e se tornam inseparáveis.

Imagem: Divulgação

Você pode assistir Will and Grace no GloboPlay.

6. Meninos Não Choram

Neste filme de 1999, Hilary Swank interpreta Teena Brandon, uma mulher que se identifica com características tidas como masculinas e luta para se tornar Brandon Teena. Quando consegue desenvolver uma imagem masculinizada, se apaixona por Lana, com quem acaba se relacionando. Porém, quando a cidade de Falls City, em Nebraska, descobre a identidade sexual de Brandon, atitudes de extrema violência começam a acontecer. Com isso, o filme acaba mostrando a realidade violenta enfrentada por pessoas LGBT.

Sob direção de Kimberly Peirce, o filme também conta com Chloe Sevigny, Alison Folland e Brenda Sexton III no elenco.

Imagem: Divulgação

Meninos Não Choram pode ser assistido no iTunes ou Claro Video.

7. Sex Education

Na série Sex Education, o personagem Otis (Asa Butterfield) interpreta um adolescente não muito sociável que vive com a sua mãe, uma terapeuta especialista em sexualidade. Ao contrário do que se imagina, Otis ainda é virgem, mas isso não significa que ele não entenda de sexo. Então, ele aproveita todo o seu conhecimento para ajudar os seus colegas de escola.

A série trata da sexualidade na adolescência de forma real e sem tabu, incluindo relacionamentos homossexuais. Seu melhor amigo, Eric (Ncuti Gatwa), acaba sofrendo na escola pela discriminação e conta com a ajuda de Otis para poder ser quem ele realmente é.

Também estão no elenco Gillian Anderson, como Jean, mãe de Otis, e Emma Mcakey, como Maeve Wiley.

Imagem: Divulgação

Sex Education é uma série da Netflix.

8. Minhas Famílias

No documentário Minhas Famílias, da Netflix, um cineasta abertamente gay, Hao Wu, casado e com filhos, documenta como foi o processo de aceitação da sua família chinesa, que tradicionalmente possui dificuldades em aceitar as diferenças.

Imagem: Divulgação

O documentário Minhas Famílias está disponível na Netflix.

9. Special

Em Special, o jovem Ryan, interpretado por Ryan O'Connel, também criador da série, tenta se tornar independente apesar de suas dificuldades físicas adquiridas pela paralisia cerebral. Ryan também é homossexual e faz de tudo para aproveitar o máximo de sua vida, como uma pessoa "normal".

Conquistando a independência aos poucos, ele se vê com um trabalho, novos amigos e em relaciomentos românticos e sexuais.

Imagem: Divulgação

Special está disponível na Netflix.

10. Nanette

A comediante Hannah Gadsby, abertamente lésbica, leva o público aos risos em seu stand-up para a Netflix. Mas, em meio à diversão, ela também relata todas as dificuldades que já enfrentou na vida devido a sua orientação sexual, incluindo casos graves de violência.

Nanette pode ser assistido na Netflix.

11. Hoje Eu Quero Voltar Sozinho

O filme conta a história de Leonardo, interpretado por Ghilherme Lobo, um adolescente cego que vive com a sua mãe, que se mostra superprotetora em relação a sua condição. No entanto, ele luta para ter a sua independência. Então, ao conhecer Gabriel, papel de Fabio Audi, ele começa a ter sentimentos nunca sentidos antes, descobrindo novas coisas sobre sua sexualidade.

Dirigido por Daniel Ribeiro, o drama brasileiro conta com Tess Amorim, Lúcia Romano e Eucir de Souza no elenco.

Hoje Eu Quero Voltar Sozinho está disponível na Netflix, iTunes e Google Play.

12. Please Like Me

A série Please Like Me se passa na vida do jovem Josh (Josh Tomas), que acabou de terminar o namoro com Claire (Caitlin Stasey) depois de começar a entender que, na verdade, é gay. Disposto a encarar a nova vida com a descoberta de sua orientação sexual, Josh começa a enfrentar novas relações complicadas.

Australiana, a série é dirigida pelo próprio Josh Thomas.

Imagem: Divulgação

Please Like Me pode ser assistida na Netflix.

13. Crônicas de São Francisco

Em Crônicas de São Francisco, conhecemos uma comunidade gay bastante unida da cidade de São Francisco, na Califórnia. O foco da série é na personagem Mary Ann, interpretada por Laura Linney, que deixou a comunidade há 20 anos para seguir a sua carreira. Para isso, precisou deixar para trás seu agora ex-marido, Brian (Paul Gross), e a filha Shawna (Ellen Page).

Também fazem parte do elenco da série os atores Charlie Barnett, Olympia Dukakis, Murray Bartlett, entre outros.

Imagem: Divulgação

Crônicas de São Francisco é uma série da Netflix.

14. Pose

Na série Pose, que se passa em Nova York no ano de 1986, Blanca (Mj Rodriguez) abriga pessoas LGBT que foram expulsas de casa pelo preconceito. A época marca a ascensão da cultura de luxo nos Estados Unidos e o surgimento de bailes LGBT, com transexuais e drag queens como protagonistas da cena.

Sob direção de Ryan Murphy, a série também conta com Evan Peters, Kate Mara, Billy Porter e JamesVan Der Beek no elenco.

Imagem: Divulgação

Pose pode ser assistido no Fox Premium.

15. Moonlight

Em Moonlight conhecemos três momentos da vida de Chiron, um jovem negro que vive em uma comunidade de Miami. Depois de sofrer muito bullying na infância, ele enfrenta uma crise de identidade na adolescência, até acabar conhecendo o universo do tráfico de drogas e outros crimes.

Dirigido por Barry Jenkins, o elenco de Moonlight conta com Alex R. Hibbert, Ashton Sanders, Trevante Rhodes, entre outros. O filme ganhou Oscar de Melhor Filme em 2017.

Imagem: Divulgação

Você pode assistir Moonlight na Netflix, Google Play, Claro Video e iTunes.

16. Transparent

Na série Transparent, dirigida por Jill Soloway, conhecemos uma família de Los Angeles que enfrenta problemas sérios em sua relação. O pai, Mort (Jeffrey Tambor), tem três filhos já adultos, Ali, Sarah e Josh, e um dia decide reuni-los para falar sobre o futuro. Achando que se tratava de uma herança financeira, os jovens acabam descobrindo que, na verdade, o pai tem o desejo de se assumir como transgênero.

Também fazem parte do elenco de Transparent as atrizes Gaby Hoffman, Amy Landecker, além de Jay Duplass, entre outros.

Imagem: Divulgação

Transparent é uma série da Amazon Prime.

17. Carol

Cate Blanchett é Carol, uma mulher que está prestes a se divorciar e cliente de uma loja de departamentos na qual trabalha a jovem Therese Belivet, interpretada por Rooney Mara. Ao se conhecerem, elas começam a se aproximar cada vez mais e decidem fazer uma viagem juntas aos Estados Unidos. Tudo isso nos anos 1950, quando o preconceito contra homossexuais era predominante.

Também estão no elenco de Carol a atriz Sarah Paulson, além de Kyle Chandler, Carrie Brownstein, Jake Lacy, entre outros. O filme é dirigido por Todd Haynes.

Imagem: Divulgação

Carol pode ser assistido na Netflix, Claro Video, Looke, Google Play e iTunes.

18. Sense 8

A série da Netflix Sense8 mostra a vida de um grupo de pessoas que, de alguma forma, estão ligadas mentalmente. Em um determinado momento, descobrem que precisam encontrar uma forma de sobreviver enquanto são caçadas por quem acredita que elas sejam uma ameaça ao mundo. Como a turma se conecta de uma forma peculiar, cenas de envolvimento sexual entre pessoas do mesmo gênero acontecem, enquanto há uma personagem lésbica e transexual na trama.

No elenco de Sense8 estão Doona Bae, Jamie Clayton, Tina Desai, Tuppence Middleton, entre outros.

Imagem: Divulgação

Sense 8 é uma série da Netflix.

19. Tomboy

Neste filme francês de 2012, Laure (Zoé Héran) é uma garota de apenas 10 anos que vive com os pais e sua irmã mais nova Jeanne. Há pouco tempo em uma casa nova e sem conhecer a vizinhança, um certo dia Laure resolve passear na rua e acaba conhecendo Lisa (Jeanne Disson), uma criança que se veste "como um menino", de cabelo curto e roupas masculinas.

O filme Tomboy é dirigido por Céline Sciamma e também conta com Malonn Lévana, Sophie Cattani e Mathieu Demy no elenco.

Imagem: Divulgação

Tomboy pode ser assistido no iTunes.

20. Alex Strangelove

Na comédia Alex Strangelove, o jovem Alex Truelove, interpretado pelo ator Daniel Doheny, é um ótimo aluno do ensino médio e tem um futuro promissor. Mas, antes de se formar, ele tem um objetivo que não tem nada a ver com os estudos: perder a virgindade com Claire (Madeline Weinstein), sua namorada. No entanto, ele acaba conhecendo Elliot, um garoto gay que começa a fazer Alex entender melhor a sua sexualidade.

O elenco do filme adolescente também conta com Antionio Marziale, Isabella Amara, entre outros, e foi dirigido por Craig Johnson.

Imagem: Divulgação

O filme pode ser assistido na Netflix.

Qual fime, série ou documentário voê acha que faltou na lista? Deixe a sua sugestão aqui nos comentários!

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.