Publicidade

10 melhores carros do Brasil em 2023

Por| Editado por Jones Oliveira | 30 de Dezembro de 2023 às 09h30

Link copiado!

Felipe Ribeiro/Canaltech/BYD
Felipe Ribeiro/Canaltech/BYD

A cobertura automotiva no Canaltech atingiu o seu auge em 2023. Participamos de inúmeras coberturas, lançamentos, testes e prévias, tudo para trazer a você o que tem de novidade neste segmento que é um dos mais importantes da indústria nacional. O ano foi longo e testamos muita, mas muita coisa mesmo.

Assim como fizemos em outras listas, como de SUVs, caminhonetes, sedans e hatches, agora listamos os melhores carros que tivemos a chance de experimentar em 2023.

O critério aqui vai além do preço e do nível do produto: também consideramos o impacto que cada carro teve no mercado e como se posiciona perante o mercado e concorrentes. Veja quais foram os melhores carros do Brasil em 2023.

Continua após a publicidade

10. Peugeot 208 Turbo

O Peugeot 208 precisava de algo a mais para, definitivamente, se transformar em uma das opções mais vantajosas no mercado de hatches no Brasil e isso finalmente aconteceu. A Stellantis finalmente equipou o compacto francês com o ótimo motor 1.0 turbo, o mesmo instalado no Fiat Pulse, que rende 130cv e 20,4 kgf/m de torque, sempre com câmbio CVT de sete marchas.

O casamento desse powertrain com a plataforma CMP transformou o Peugeot 208 Turbo no melhor hatch compacto vendido no Brasil, principalmente na variante Style, que alia bom nível de equipamentos, estilo e, claro, o desempenho.

Continua após a publicidade

9. Nissan Sentra Exclusive

O Nissan Sentra voltou ao mercado em 2023 após um bom tempo de ausência no Brasil. Apesar de não vir com a esperada motorização híbrida, o sedan médio japonês, que veio para brigar de frente com o Toyota Corolla, é munido de um ótimo motor 2.0 aspirado e injeção direta, que rende 151cv e 20 kgf/m de torque.

Com tocada confortável e bom consumo de combustível, o Sentra honra a tradição da linha de sedans da Nissan e entrega um produto realmente competitivo, apesar de já ser um projeto um pouco mais antigo, já que está em atividade nos EUA nessa geração há mais de dois anos.

Entre os equipamentos, estão o sistema ADAS completo, ar-condicionado digital e automático, chave presencial, bancos em couro, ajustes elétricos do banco do motorista, partida remota, controles de estabilidade e tração, retrovisor interno eletrocrômico, central multimídia e som assinado pela Bose.

Continua após a publicidade

O preço sugerido é de R$ 171.590.

8. BMW iX1

A nova geração do BMW X1 ganhou uma versão elétrica que consegue ser ainda mais interessante do que a 2.0 turbo e, por isso, está na lista dos melhores do ano. No caso do iX1, o grande diferencial está mesmo no powertrain, já que o recheio desse bolo é igual ao do modelo topo de gama movido a gasolina, com os mesmos equipamentos e acabamento.

Continua após a publicidade

No iX1 temos dois motores, um de 190cv e 25,2 kgf/m no eixo traseiro e outro de mesma potência e torque no dianteiro, que rendem em conjunto (e não somados) 313cv e 50,4 kgf/m. O 0 a 100 km/h, segundo a marca, é de bons 5,6s. A autonomia no ciclo WLTP é de 400km, gerida sempre pelo sistema de regeneração adaptativo e pelas condições de uso gerais.

Na prática, trata-se de um SUV elétrico que consegue ter dinamismo de hatch e a ótima dirigibilidade de um verdadeiro BMW.

O preço sugerido é de R$ 421.950.

Continua após a publicidade

7. Ford Maverick Hybrid

A Ford Maverick Hybrid é a primeira e única picape híbrida do Brasil e isso lhe transforma em um dos modelos mais atraentes do mercado. Com foco no uso urbano e casual, essa variante da caminhonete não tem a mesma performance vista no modelo FX4, mas entrega nível de conforto superior na rodagem e muita economia de combustível, graças ao seu conjunto híbrido que alia um motor 2.5 a gasolina de 165cv, aliado a outro elétrico de 128cv. O torque combinado é de 28,5 kgf/m e a potência combinada — e não somada — de 194cv. O câmbio é um CVT especial para veículos híbridos.

Em nossos testes, chegamos a marcar médias expressivas com a Maverick Hybrid. Na estrada, anotamos 18,5 km/l, enquanto na cidade a média chegou a ser de 19,5 km/l, sempre com gasolina. Ao final dos testes, a média que mostrava no computador era de 14 km/l. 

Mesmo com a ausência de alguns equipamentos que julgamos imperdoáveis, a Maverick Hybrid é um ótimo produto e merece sua atenção na hora de se cogitar comprar uma caminhonete.

Continua após a publicidade

O preço sugerido é de R$ 234.890.

6. Honda Civic e:HEV

A nova geração do Honda Civic veio ao Brasil com motorização híbrida, algo que fez com que ele se tornasse o melhor em todos os tempos na linha do sedan médio japonês. Agora importado da Tailândia, o Civic tem um sistema híbrido bem interessante e tecnológico, que praticamente o torna um veículo elétrico.

Continua após a publicidade

O motor 2.0 aspirado de injeção direta rende 143cv e 19,1 kgf/m de torque, e funciona apenas em velocidade de cruzeiro na estrada, além de ser o carregador dos motores elétricos. Os propulsores zero emissão, por sua vez, rendem, somados, 184cv e 32,1 kgf/m, e atuam muito mais na cidade e em deslocamentos curtos; ou seja, cada motor funciona no seu pico de eficiência energética.

Em nossos testes, conseguimos médias com gasolina de 19,3 km/l em trajetos mistos cidade/estrada, 18,6 km/l no ciclo estritamente urbano e 16,4 km/l somente na estrada (carros híbridos bebem mais na estrada), sempre no modo Eco, o que privilegia justamente a melhor eficiência energética.

Mesmo com vendas inexpressivas, trata-se de um excelente sedan e que merece estar na lista dos melhores lançamentos do ano.

O preço sugerido é de R$ 259.900.

Continua após a publicidade

5. Porsche Cayenne S

A Porsche lançou o Cayenne 2024 com uma mudança muito bem-vinda: agora, há mais versões com o motor 4.0 V8 Biturbo de 474cv e 61,1 kgf/m de torque. Aceleramos o SUV mais rápido do Brasil na estrada, cidade e pista e é impressionante como ele se adapta bem em qualquer situação, muito em função do seu controle de chassi, a tração integral e, claro, o câmbio automático de oito marchas.

Além disso, há enorme conforto na cabine, acabamento luxuoso e bem pensado, e muita tecnologia embarcada, com um salto enorme em relação ao modelo 2023. 

Continua após a publicidade

O preço sugerido é de R$ 810 mil (R$ 840 mil na versão coupé).

4. RAM Rampage R/T

Sucesso estrondoso em 2023, a RAM Rampage foi um dos maiores lançamentos da indústria em 2023. Fabricada e desenvolvida no Brasil, a caminhonete intermediária agregou luxo, conforto e desempenho ao segmento, tornando-se a grande referência.

Continua após a publicidade

A versão avaliada pelo Canaltech no lançamento foi a R/T, com preparação esportiva de fábrica. Esse modelo é equipado com o ótimo motor Hurricane 2.0 Turbo a gasolina que rende 272cv e 40,8 kgf/m de torque. Acoplado ao câmbio automático de nove marchas, esse propulsor permite que a Rampage vá de 0 a 100 km/h em apenas 6,9 segundos nessa variante (nas demais com o 2.0, a picape faz em 7,1s). A tração, é bom lembrar, é integral sob demanda. 

Além disso, há muita tecnologia embarcada na RAM Rampage, como o sistema ADAS completo e todo o aparato de conectividade da Stellantis. O acabamento é outro ponto positivo, bem como os modos de condução, que tornam a picape ainda mais divertida.

A RAM Rampage R/T está à venda por R$ 277.490.

3. Volkswagen ID.4

O Volkswagen ID.4 foi o primeiro carro elétrico da montadora a chegar ao Brasil e, mesmo sendo possível tê-lo somente por assinatura, é um produto extremamente interessante sobre vários aspectos. Aqui, temos uma experiência genuinamente premium, cercado por muito conforto, tecnologia de ponta, performance, sustentabilidade, estilo e capacidade energética.

O powertrain elétrico do ID.4 é um motor traseiro de 204cv e 31,6 kgf/m, capaz de fazer com que esse SUV vá de 0 a 100km/h em apenas 8,5s. A autonomia é outro destaque do bólido. Graças às baterias de 77kWh, o ID.4 pode percorrer até 520km (ciclo WLTP) com uma única carga. 

Já no interior, o conforto é absurdamente bom e o nível do pacote tecnológico é dos melhores que vimos no Canaltech em toda a cobertura automotiva por aqui. 

Preço da assinatura: R$ 10 mil/mês

2. Ford Ranger

A nova geração da Ford Ranger se descolou demais das rivais. Com alto investimento na planta de General Pacheco, na Argentina, a Ford soube como trabalhar seu mais importante produto no continente e redefiniu o que pensávamos sobre o que é uma caminhonete média. Por isso, sim, merece o título de melhor picape do ano aqui no Canaltech.

Entre os grandes destaques desse produto estão, claro, o novo motor. Agora a Ranger vem com um 3.0 turbodiesel V6 de 250cv e 61,1 kgf/m de torque, com câmbio automático de 10 marchas e tração integral inteligente. Esse conjunto trabalha de modo muito silencioso e se adapta ao motorista graças à tecnologia. Além disso, há vários modos de condução que podem tornar e experiência ainda mais completa. 

Em termos tecnológicos, o salto foi ainda maior. A Ranger recebeu a nova central multimídia SYNC4, com tela de 12 polegadas e interface completamente remodelada. Há, também, todos os sistemas de segurança ativa e passiva no pacote ADAS, bem como um acabamento totalmente novo, voltado ao requinte, algo incomum em picapes médias.

A Ford Ranger Limited custa R$ 319.990 (+R$ 20 mil com o pacote opcional de tecnologia).

1. BYD Dolphin

O BYD Dolphin não é o carro mais bonito, nem o mais equipado, muito menos o mais gostoso de dirigir, mas bagunçou o mercado brasileiro de tal forma que merece a alcunha de melhor carro de 2023 no Canaltech.

O Dolphin chegou com preço agressivo e, mesmo após alguns reajustes, segue muito competitivo. Há, aqui, a enorme percepção de que estamos em um veículo premium tamanho é o esmero com os detalhes de acabamento e tecnologia. O powertrain, muito eficiente, vem com 95cv de potência e torque de 18,3 kgf/m, enquanto as baterias blade de 44,9 kWh proporcionam autonomia de 400km no ciclo WLTP.

Além disso, ele tem ótimo espaço interno, proporcionado pelo seu entre-eixos de 2,70m, e bons mimos tecnológicos, como a conhecida central multimídia da BYD que gira e permite que você jogue alguns games e até cante karaokê. 

O preço sugerido é de R$ 149.800.