Publicidade

Review Nissan Sentra 2023 | Toyota Corolla, enfim, tem rival

Por| Editado por Jones Oliveira | 09 de Julho de 2023 às 09h30

Link copiado!

Review Nissan Sentra 2023 | Toyota Corolla, enfim, tem rival
Review Nissan Sentra 2023 | Toyota Corolla, enfim, tem rival

O Nissan Sentra 2023 chegou para incomodar, e muito, um dos carros mais vendidos do mundo até hoje no segmento dos sedans médios: o Toyota Corolla.

Depois de acompanhar de perto o lançamento da linha no interior de São Paulo e de pegar a estrada ao volante da versão Exclusive Premium, topo de linha da família, a reportagem do Canaltech passou um tempo com o Sentra Advance, variante de entrada do modelo.

O conjunto mecânico é o mesmo formado pelo motor 2.0 a gasolina de 151cv de potência e 20 kgf/m de torque, que trabalha em conjunto com o câmbio CVT Xtronic de 8 velocidades, que podem ser simuladas por meio de trocas nas borboletas atrás do volante.

Continua após a publicidade

Apesar de ainda não ter trazido ao Brasil o esperado motor híbrido e-Power, a Nissan trabalhou bem no conjunto, que foi recalibrado e, com isso, deu ao carro mais agilidade e mais economia de combustível.

Confira a seguir todas as nossas impressões a respeito do Nissan Sentra 2023 em sua versão de entrada, a Advance.

Continua após a publicidade

Conectividade e Segurança

O pacote de equipamentos é um pouco inferior ao embarcado nas duas versões mais caras, mas tem itens importantes, como o acendimento automático dos faróis, o alerta avançado de colisão frontal, o assistente inteligente de frenagem e, principalmente, um recurso que foi premiado nos Estados Unidos, chamado Alerta de Objetos no Banco Traseiro.

Ele é bem bacana, principalmente para quem costuma esquecer bolsas, mochilas e, por acidente, até mesmo o filho pequeno ou o pet de estimação no banco de trás. Como funciona? Quando você sai do carro e tranca a porta, mas deixa algo no banco traseiro e não abre a porta, o sistema, se estiver ativado, fará com que o carro buzine algumas vezes para te alertar sobre o esquecimento.

Como nos Estados Unidos o índice de acidentes envolvendo crianças e animais esquecidos no banco de trás dos carros é alarmante, a Nissan desenvolveu o recurso e o reconhecimento veio em forma de uma premiação importante para o segmento automotivo: o Top Safety Pick.

Continua após a publicidade

Além disso, tem outros itens extremamente importantes:

  • Acabamento dos bancos em material sintético na cor preta
  • Acendimento inteligente dos faróis (sensor crepuscular)
  • Airbags duplos na frente, laterais e cabeças (6)
  • Alerta Avançado de Colisão Frontal (I-FCW)
  • Alerta de Objetos no Banco Traseiro
  • Alerta Inteligente de Atenção do Motorista (I-DA)
  • Ar-condicionado automático digital de duas zonas
  • Assistente Inteligente de Frenagem (FEB)
  • Assinatura dos faróis dianteiros em LED
  • Banco do motorista com regulagem elétrica
  • Banco traseiro bipartido e dobrável com tecnologia Zero Gravity®
  • Bancos dianteiros aquecidos e com tecnologia Zero Gravity®
  • Câmera de estacionamento traseira
  • Central multimídia de oito polegadas
  • Faróis dianteiros e de neblina de LED
  • Fixadores traseiros para cadeiras de crianças (ISOFIX)
  • Freios a disco nas 4 rodas, com ABS, controle eletrônico de frenagem (EBD) e assistência de frenagem (BA)
  • Painel de instrumentos com display central em TFT de sete polegadas
  • Portas USB dianteiras (Tipo A + tipo C) e traseira (Tipo A)
  • Retrovisores externos com regulagem elétrica e LED indicador de direção
  • Rodas de liga leve de 17" diamantadas e pneus 215/50 R17
  • Sistema de monitoramento de pressão dos pneus (TPMS)
  • Sistema inteligente de partida em rampa (HSA)
  • Sistema de som com 6 alto-falantes
  • Troca de marchas no volante (paddle shift)
Continua após a publicidade

Experiência de uso e Conforto

O Nissan Sentra Advance se mostrou extremamente econômico e confortável, independentemente do modo de condução selecionado. No Normal, obviamente, as médias alcançadas foram melhores, mas mesmo quando o seletor foi para a condução mais esportiva, os números foram satisfatórios.

As novas configurações da 3ª geração do motor MR20 DD, o 2.0 aspirado a gasolina, e da 8ª geração do câmbio Xtronic tipo CVT dão ao sedan 151cv de potência e 20 kgf/m de torque a 6.000 rpm. O conjunto faz o carro ser eficiente e econômico ao mesmo tempo, com médias entre 11,4 e 15,7 km/l, dependendo do modo de condução selecionado.

Continua após a publicidade

Em termos de estabilidade o Nissan Sentra 2023 também evoluiu. Apesar de ter “crescido” em relação à geração anterior — 7mm no entre-eixos, 55mm na largura e 10mm no comprimento —, o carro ficou mais firme. Tudo por conta da suspensão.

O sistema agora conta com suporte tipo McPherson, com amortecedores de tubo duplo na dianteira e Multi-Link na traseira. A ideia, além da estabilidade do carro, foi focar em tornar a condução do sedan “mais divertida”.

Há ainda recursos como o Controle Dinâmico de Chassi Integrado e o Controle Ativo de Traçado, que foram desenvolvidos para minimizar o balanço da carroceria e manter o controle do veículo em curvas, otimizando a trajetória e reduzindo a rolagem. Tudo para tornar a viagem bastante confortável.

Continua após a publicidade

Design e Acabamento

O design é um dos pontos altos do novo Nissa Sentra, e não lembra em nada a “cara de tiozão” que acompanhou o carro até a primeira grande repaginada, em 2007.

A grade dianteira no estilo V-motion, os faróis afilados e as luzes de condução diurna, além dos vincos do capô, dão um ar “nervoso” e moderno ao Sentra 2023 e avisam, já à primeira olhada, que de “tiozão” a 8ª geração do sedan japonês não tem nada.

As alterações no design têm uma função que vai além da estética. De acordo com a Nissan, as linhas da carroceria “ajudam a reduzir o arrasto” e, com isso, aumentar a dirigibilidade e, de quebra, o consumo.

Continua após a publicidade

Dessa forma, o conjunto formado por uma grade com dimensão menor, área de cobertura dos pneus do parachoque dianteiro otimizada, colunas "A" de pequenas dimensões e linhas arredondadas do capô podem ajudar a reduzir o consumo de combustível em até 10%. E não é preciso ter “pé de pluma” para isso, como confirmamos em nossos testes.

O acabamento é bem caprichado, independentemente da versão escolhida. Na Advance, emprestada ao Canaltech para este review, ela não é tão luxuosa quanto a encontrada na Exclusive Premium, mas não merece críticas.

Os materiais utilizados são de excelente qualidade, as regiões que mais tendem a apresentar barulho com o tempo têm apenas o necessário de plástico duro e os bancos contam com a tecnologia Zero Gravity.

Continua após a publicidade

Segundo a Nissan, ela oferece o melhor ângulo “assento x encosto” do segmento, e isso proporciona um alívio nas costas do motorista e dos demais ocupantes do carro, já que também está disponível nos assentos traseiros

Concorrentes

Os principais concorrentes do Nissan Sentra 2023 no mercado brasileiro, tanto por faixa de preço quanto por motorização, são o Chevrolet Cruze e o Toyota Corolla. O primeiro já teve sua aposentadoria anunciada, deixando o segmento restrito a uma briga entre os dois modelos japoneses.

Continua após a publicidade

Para superar o Corolla em vendas, porém, a Nissan precisa rever algumas decisões estratégicas a respeito do Sentra 2023. A principal delas diz respeito ao preço, que parte de R$ 149.990, R$ 1.000 mais cara que a do modelo de entrada da Toyota.

O problema maior, no entanto, não são os R$ 1.000 que separam o Sentra Advance do Corolla GLi, e sim a legião de fãs fiéis que troca um Corolla por outro regularmente. Para convencê-los, a Nissan precisa mostrar que o Sentra, além de excelente, também tem preço convidativo.

Continua após a publicidade

Nissan Sentra 2023: vale a pena?

Se deixarmos de lado a questão sobre o preço do Nissan Sentra 2023 ser um impeditivo para alavancar as vendas da 8ª geração do sedan, podemos afirmar que ele é, sim, uma excelente escolha para quem busca por um carro bonito, elegante, confortável, espaçoso e que anda bem.

O comportamento do Nissan Sentra em ação mostrou que seus 151cv e 20 kgf/m de torque não deixam nada a dever para os 153cv e 24,5 kgf/m do modelo da GM, dotado de motor Ecotec 1.4 turbo, ou mesmo para os 177cv e 21,4 kgf/m do badalado rival da Toyota. E o que importa, até mais do que os números, é a prática, não é mesmo?

*A unidade do Nissan Sentra Advance 2023 avaliada neste review foi gentilmente cedida ao Canaltech pela Nissan do Brasil.