Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Preview Ford Ranger 2024 | Tecnologia faz nova geração se descolar das rivais

Por| Editado por Jones Oliveira | 24 de Junho de 2023 às 14h00

Link copiado!

Felipe Ribeiro/ Canaltech
Felipe Ribeiro/ Canaltech

A Ford não exagerou quando disse que a nova geração da Ford Ranger poderia redefinir o segmento de picapes médias. Fabricada na planta de Pacheco, na Argentina, a caminhonete evoluiu absurdamente em praticamente todos os quesitos e se distanciou ainda mais das rivais da mesma categoria.

Agora equipada com um motor 3.0 turbodiesel V6 de 250cv e 61,1 kgf/m, a Ranger 2024 pode rivalizar diretamente com a VW Amarok pelo posto de picape média mais rápida do país. Mas as melhorias não pararam por aí e tudo, absolutamente tudo, recebeu um banho de tecnologia para que esse produto chegasse no patamar que chegou.

Além do motor, o pacote de equipamentos está mais recheado, conectado e integrado a tudo o que é feito pelo motorista ao dirigir. Isso sem falar no nível de conforto e acabamento, que conseguiu ser bem superior à média da categoria.

Continua após a publicidade

O Canaltech viajou à Mendoza, na Argentina, e testou a nova Ford Ranger 2024 em ambientes de estrada e off-road. Confira como foi a experiência.

Ford Ranger 2024: Primeiras Impressões

É claro que, como de costume, ainda vamos passar mais tempo com a Ford Ranger 2024 para uma avaliação mais completa, mas são poucos os carros que conseguimos sentir tamanha evolução e confirmação de eficiência como no caso da nova geração da picape da Ford.

Desde a nossa visita à fábrica de Pacheco, que recebeu investimentos da ordem de US$ 660 milhões, sabíamos que poderíamos esperar uma Ranger muito mais tecnológica e avançada — como, de fato, foi. Então, não dá para dizer que a evolução vista na caminhonete surpreendeu. Mesmo assim, ficamos impressionados.

Além dos equipamentos, o nível de conforto e o desempenho aferidos nos testes nos deram a certeza de que estávamos, de fato, diante de um produto que pode ser chamado de distópico. Foi como se nós não tivéssemos dirigindo e avaliando uma picape, e sim um SUV enorme com caçamba.

Inicialmente, pegamos um trecho urbano seguido de uma longa estrada até os pés da Cordilheira dos Andes. Nesses ambientes, surpreendeu como a picape roda macio, silenciosa, lembrando muito sedans premium alemães. Depois disso, em percursos mais acidentados e com apelo off-road, tomou conta o espanto da nossa reportagem e do nosso colega de testes, o jornalista Marcos Camargo.

Continua após a publicidade

O conforto que a nova suspensão proporcionou foi impressionante, somado ao fato de que o isolamento acústico foi preparado de modo que apenas o delicioso ronco do motor 3.0 turbodiesel V6 de 250cv e 61,1 kgf/m de torque fosse ouvido na cabine. Mesmo assim, tudo bem leve.

Seria exagero chamar a nova Ford Ranger de uma "F-150-Mini?" Vamos ter mais certeza com os testes diários. Mas no âmbito das "primeiras impressões", podemos dizer que sim. O nível de controle da eletrônica em movimentos mais bruscos lembrou muito o nosso teste com a irmã maior, no campo de provas da Ford, em Tatuí/SP.

Como anda a nova Ford Ranger 2024?

Continua após a publicidade

Primeiramente, precisamos desmentir alguns boatos da internet. O powertrain da Ford Ranger 2024 não é o mesmo da VW Amarok, mesmo que ambas, no exterior, compartilhem várias coisas. Aqui, temos um propulsor moderno e remodelado que já fez parte de outros modelos da Ford e montadoras parceiras no passado.

O 3.0 turbodiesel V6 de 250cv e 61,1 kgf/m de torque, aliado ao câmbio automático de 10 marchas (o mesmo do Mustang), fazem um casamento ideal quando pensamos em força com baixar rotações. Mesmo que, quando o motor gira mais, tenhamos sentido um pouco de perda de torque.

A Ford não divulgou o 0 a 100km/h, mas é fácil dizer que a Ford Ranger 2024 anda demais e pode rivalizar com a Amarok sem medo, dividindo o título de "rainha das estradas". No uso urbano, mesmo com pouco tempo, deu para perceber que o comportamento é o mais manso e suficiente possível, muito em função da programação eletrônica que a montadora realizou com o uso de softwares e algorítimos. A Ranger se adapta ao que você precisa, mesmo utilizando um dos seis modos de condução disponíveis.

Continua após a publicidade

Interior mais sofisticado e tecnológico

Algo que também impressionou na Ford Ranger 2024 foi o nível de equipamentos. Na geração passada, a picape já era a mais recheada, mas a Ford não quis brincar em sua renovação e tratou de colocar ainda mais recursos. O pacote ADAS é dos mais completos do mercado e será mais avaliado com o uso diário.

Nos testes na Argentina, o item mais "presente" foi o novo alerta de saída de faixa com correção ativa e centralização. Invasivo? Sim. Mas com funcionamento suave. Vale lembrar que, no campo da segurança, a Ranger traz o que há de melhor no segmento, com destaque para os sete airbags.

Continua após a publicidade

Naquilo que é palpável, a Ranger brilhou com sua central multimídia Sync4, a mesma da Ford Transit e outros modelos, como a F-150. A interface é, disparada, a melhor do mercado, com muita fluidez e facilidades na hora de localizar as funções necessárias. A tela de 12 polegadas, oferecida como opcional na versão Limited, tem ótima resolução e é altamente responsiva.

O acabamento, alardeado pela montadora como mais luxuoso, até é mais bonito, mas com o convívio um pouco maior, percebemos que poderia ter sido melhor. Evoluiu? Sim. Mas ainda está longe do padrão de sofisticação que era esperado. Isso fica ainda mais evidenciado depois de conhecermos a novíssima RAM Rampage, que será referência nesse aspecto.

Continua após a publicidade

Ford Ranger 2024: O que esperar da nova geração da picape média?

Já falamos a exaustão do design da nova Ranger 2024 e isso está bem claro: ela é uma das mais belas caminhonetes do Brasil. Somado a isso, temos um desempenho excelente e a relação com a tecnologia e o conforto no seu mais alto nível. Não é exagero: ela se distanciou ainda mais das suas concorrentes.

O preço também é um acerto, sobretudo nas versões intermediárias, mais equipadas que as rivais de topo. O uso urbano vai comprovar uma série de coisas para podermos cravar: a Ford Ranger 2024, de fato, redefiniu o segmento de picapes médias.

Ford Ranger 2024: Preços e versões

Continua após a publicidade

A Ford divulgou os preços de apenas duas das quatro versões da Ford Ranger 2024. Veja quais são:

  • Ford Ranger XLT 2024 - R$ 289.990
  • Ford Ranger Limited 2024 - R$ 319.990 (com o opcional que acrescenta as telas maiores e sistemas de segurança, R$ 339.990)