Resumão | Comece a semana bem informado sobre o mundo tech (09/07 a 15/07)

Por Patrícia Gnipper | 16 de Julho de 2018 às 07h30
Depositphotos

Sabemos (mais do que gostaríamos) o quanto o dia a dia é uma correria que parece não ter fim. Com tantos afazeres e compromissos, muitas vezes resta pouco tempo para acompanharmos o noticiário e fazer aquilo que a gente gosta: ficar bem informado. Mas vocês sabem que o Canaltech é seu amigo e, por isso, toda segunda-feira logo cedinho a gente publica um resumão com os acontecimentos mais importantes do mundão da tecnologia, que foram noticiados nos últimos dias.

Então, vamos lá:

Achou que a gente não ia falar de Zuckerberg hoje?

Achou errado! É que o CEO do Facebook se tornou a terceira pessoa mais rica do mundo, ultrapassando Warren Buffet e ficando atrás apenas de Jeff Bezos (da Amazon) e Bill Gates. Essa é a primeira vez em que os três indivíduos mais ricos do planeta são pessoas envolvidas com tecnologia, por sinal.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Enquanto isso, a rede social está testando uma coisa que pode ser realmente bacana: "experimentar" roupas e acessórios anunciados por meio da realidade aumentada. A ideia é "vestir" o produto virtualmente para ver se ele vai combinar com o seu visual, ajudando na decisão de compra.

Mas nem tudo são flores para o Facebook. Após os escândalos envolvendo o uso indevido de dados por parte da Cambridge Analytica, o Reino Unido decidiu aplicar uma multa salgada para a companhia de Zuckerberg, no valor de 500 mil libras. Mas conversas ainda estão rolando, e uma nova determinação será feita em outubro para bater o martelo em quanto o Facebook deverá pagar de multa para a Europa.

Zuck não curtiu

Lei absurda é rejeitada na Europa

Para o alívio geral, a União Europeia rejeitou a lei que visava medidas ainda mais rígidas quanto aos direitos autorais na internet. A lei exigiria que serviços online se responsabilizassem pela remoção de materiais protegidos, mas descrições vagas e genéricas poderiam fazer com que até memes fossem censurados.

Já no Brasil, lei de proteção de dados está quase aí

Enquanto na Europa a GDPR entrou em vigor fazendo com que todas as empresas de serviços virtuais revissem suas práticas relacionadas ao uso de dados da galera, o Brasil tenta seguir essa linha e também criar uma legislação própria. A nova lei de proteção de dados foi aprovada em caráter de urgência no Senado, faltando apenas a sanção do presidente Michel Temer.

Novo iOS dando problema

O fantasma das baterias que se esgotam rapidamente volta a assombrar a Apple após a liberação do iOS 11.4.1. Usuários de iPhone 6, 6s e SE vêm relatando que suas baterias estão sendo drenadas após a atualização, e o problema acontece mesmo com quem trocou a bateria recentemente por uma novinha em folha. A Maçã já está ciente do problema, mas ainda não falou nada sobre uma correção.

Ainda sobre o iOS 11.4.1, versão do sistema que traz um recurso que dificulta o acesso aos dados por meio de conexões via cabo, especialistas já conseguiram burlar essa proteção. O Modo Restrito USB chegou para anular o funcionamento daqueles dispositivos controversos de quebra de senhas, mas o pessoal da empresa de segurança ElcomSoft rapidinho fez sua mágica, explorando uma falha que descobriram.

App para tratar depressão aprovado no Brasil

A Anvisa aprovou o uso do Deprexis no Brasil — app auxiliar no tratamento da depressão. O programa não substitui um psicólogo ou psiquiatra, e inclusive exige que o usuário cadastre o CRM de seu médico para poder usá-lo.

Twitter fazendo a limpa

A rede de microblogging decidiu fazer uma limpa imensa em sua plataforma, banindo milhares de contas falsas por dia. Tudo isso como parte de seus esforços para barrar as fake news na rede social, e o Twitter já avisou que o número de seguidores da galera poderia ser impactado com a medida.

Dito e feito: famosos já perderam milhões de seguidores em poucos dias de ação.

IA prevendo desempenho de funcionários

A IBM já está usando o Watson, sua inteligência artificial, para prever o desempenho de funcionários. Em vez de analisar o histórico do empregado, a IA projeta seu desempenho com base em análises de dados, com assertividade de incríveis 96%.

Estou de olho em sua produtividade

Notebooks novinhos em folha

Aqui no Brasil, a Dell acaba de lançar um novo notebook com tecnologia de aceleração da Intel. O Inspiron 15 5000 memoriza o comportamento do usuário para acelerar aqueles processos mais utilizados.

Já a Apple, sem alardes, lançou novos MacBooks Pro de 13 e 15 polegadas. As máquinas trazem configurações aprimoradas e teclados mais silenciosos, e o pessoal do iFixit já descobriu que esses teclados contam com uma proteção contra poeira, na tentativa de impedir o fiasco dos teclados borboleta dos modelos anteriores, lançados a partir de 2015.

E por falar em MacBook de 2015, este modelo sem Touch Bar acaba de ser descontinuado pela Apple, não constando mais em sua loja oficial. A revolta já está grande, visto que o modelo era considerado por aí como o melhor MacBook já lançado.

Para piorar, a Maçã aumentou o preço dos MacBooks aqui no Brasil. A alta do dólar pode ter sido o vilão da história, com o preço dos aparelhos (que já eram bem caros) subindo até 19,6%.

Direitos autorais no YouTube

Na tentativa de barrar os copycats, o YouTube está lançando o Copyright Match, recurso que vai analisar todos os novos vídeos registrados e automaticamente determinar se uma publicação não é uma cópia cuspida e escarrada de outra. Os vídeos identificados como plágio não são automaticamente removidos, mas os autores originais serão notificados, podendo pedir a remoção da cópia.

Novo Chrome mais seguro, porém mais lento

A nova versão estável do Chrome, a 67, chegou com o chamado Site Isolation: recurso que carrega cada site em um processo diferente. O motivo? Tentar conter a exploração da falha Spectre por parte de sites mal intencionados. Muito bem, a gente agradece a camada extra de proteção, só que isso tem um preço: o Chrome, com isso, acaba consumindo ainda mais memória da máquina, podendo ficar mais lento caso o computador não tenha lá muitos GB de RAM, ou caso você esteja abusando da boa vontade do computador com "n" abas abertas.

Venda de PCs volta a crescer

Depois de seis anos em queda, a venda global de PCs voltou a crescer. Analisando o segundo trimestre de 2018, tal aumento pode ter sido de 2,7% (segundo a IDC) ou de 1,4% (de acordo com o Gartner). E quem encabeçou a alta nas vendas? O Chromebook, mas PCs e Macs também impulsionaram a coisa toda.

IPO da Xiaomi deu bom para este brasileiro

O brasileiro Hugo Barra já ganhou R$ 800 milhões com a abertura de capital da Xiaomi. A chinesa registrou seu IPO no início da semana e, ainda que tenha feito sua estreia abaixo do esperado, proporcionou essa fortuna para o brasileiro, que era porta-voz internacional da Xiaomi há anos, mas hoje trabalha no Facebook.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.