Samsung anuncia Galaxy Watch 4 com Wear OS 3 e fones Galaxy Buds 2 com ANC

Samsung anuncia Galaxy Watch 4 com Wear OS 3 e fones Galaxy Buds 2 com ANC

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 11 de Agosto de 2021 às 11h00
Divulgação/Samsung

A Samsung realizou nesta quarta-feira (11) o Unpacked 2021, evento em que trouxe ao mercado seus principais lançamentos para este ano. Além dos aguardados Galaxy Z Fold 3 e Galaxy Z Flip 3, nova geração de dobráveis com novidades como certificação IPX8 e câmera sob o display, a gigante sul-coreana também anunciou outros produtos para o ecossistema Galaxy, incluindo os smartwatches Galaxy Watch 4 e Watch 4 Classic, primeiros com o Wear OS 3, bem como os fones Bluetooth TWS Galaxy Buds 2.

O Canaltech pôde testá-los brevemente e, junto às especificações e as novidades trazidas por cada dispositivo, também daremos nossas primeiras impressões sobre os principais aspectos dos novos acessórios da companhia.

Galaxy Watch 4 traz Exynos W920 e tela aprimorada

(Imagem: Divulgação/Samsung)

Disponível nas versões tradicional e Classic, que compartilham quase todas as especificações, o Samsung Galaxy Watch 4 traz melhorias notáveis em comparação ao antecessor e promete balançar o mercado de wearables. O relógio inteligente é equipado com o novo Exynos W920, anunciado nesta terça-feira (10) como o primeiro do mercado desenvolvido com litografia de 5 nm.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O chipset traz dois núcleos Cortex-A55 para atividades que demandem maior poder de processamento, enquanto tarefas mais simples, como a exibição e atualização de status do Always On Display, ficam a cargo do coprocessador Cortex-M55, focado em economia de energia. Os gráficos são responsabilidade da GPU Mali-G68 que, segundo a Samsung, é 10 vezes mais potente que o chip gráfico do Exynos W9110, utilizado no Galaxy Watch 3.

Há ainda 1,5 GB de RAM, 16 GB de armazenamento, tela Super AMOLED com resolução de 396 x 396 nos modelos menores, 450 x 450 nos modelos maiores e, no caso da variante Classic, a já tradicional coroa giratória para controle do sistema ao redor do display, agora emulada por gestos no modelo tradicional. Os maiores destaques dos novos relógios, no entanto, são os recursos voltados para saúde, especialmente os sensores.

O Galaxy Watch 4 e Watch 4 Classic são os primeiros do mercado embarcados com Wear OS 3 (Imagem: Divulgação/Samsung)

O Galaxy Watch 4 e o Watch 4 Classic são os primeiros smartwatches do mercado a contar com o que a Samsung chama de sensor BioActive. O componente reúne múltiplas funções — além de Eletrocardiograma (ECG), para avaliar o ritmo e o número de batimentos cardíacos, há Fotopletismografia (PPG) e Análise de Impedância Bioelétrica (BIA).

A função de PPG usa luz para analisar alterações no volume do sangue que circula em determinada região do corpo. Com esses dados, é possível complementar os dados do ECG para medir o ritmo cardíaco, bem como a oxigenação e pressão sanguínea. Enquanto isso, a BIA é uma função inédita entre os vestíveis e, de maneira resumida, permite avaliar a composição corporal ao enviar uma leve corrente elétrica pelo corpo.

Com isso, é possível medir a concentração de gordura e a proporção de músculos, ossos e mais. Isso abre novas possibilidades, permitindo que nutricionistas e outros médicos tenham dados mais completos dos pacientes para um melhor acompanhamento da saúde, por exemplo.

(Imagem: Divulgação/Samsung)

Completando o conjunto de configurações, há ainda recursos de segurança Samsung Knox, conectividade 4G com eSIM, comunicação com outros dispositivos Galaxy através da função Auto Switch, bateria com até 40 horas de duração e recarga rápida, que recupera até 10 horas de uso com 30 minutos na tomada e faz a recarga completa em menos de 2 horas, e a outra grande novidade — sistema operacional Wear OS 3, com interface One UI Watch.

Primeiros com Wear OS 3, sob a One UI Watch

Os novos Galaxy Watch 4 são os primeiros smartwatches do mercado a contarem com o novo Wear OS 3, anunciado no final de julho. O sistema operacional é resultado de uma colaboração entre Samsung e Google, e unifica os recursos avançados presentes no Tizen com a vasta biblioteca de aplicativos da Play Store e as funções do Wear OS.

Em conferência realizada na MWC 2021, em junho, as empresas haviam detalhado algumas das novidades trazidas pelo sistema repaginado. Ambas prometem que o Wear OS 3 entrega 30% mais desempenho que a versão 2.0, com transições mais suaves entre aplicativos. Outros pontos que receberam atenção incluem ainda a autonomia de bateria e a facilidade de desenvolvimento de apps para vestíveis.

Haverá uma integração mais robusta entre os smartwatches e os smartphones, com recursos como o de instalação simultânea de apps que estejam disponíveis para Android e Wear OS. Ao mesmo tempo, os relógios terão elevado nível de independência, podendo realizar um número maior de atividades, como atender a ligações e ouvir música, sem a obrigação de haver conexão com um celular.

Outra novidade curiosa é que o Wear OS 3 agora permite a aplicação de interfaces customizadas, como a One UI Watch que será embarcada no Galaxy Watch 4. A solução lembra bastante a One UI empregada na família de celulares Galaxy, com área de configurações rápidas e notificações praticamente idênticas.

Enquanto isso, a lista de aplicativos remete ao que rivais como o HarmonyOS da Huawei ou mesmo o watchOS da Apple fazem, com ícones arredondados em uma extensa lista que reagem aos toques dos usuários. No geral, a interface parece bastante responsiva, ainda que apresente alguns breves momentos de lentidão, possivelmente resultantes de uma versão ainda não finalizada de software.

Galaxy Buds 2 traz recursos do Buds Pro por preço menor

Por fim, a Samsung também anunciou o Galaxy Buds 2, novos fones TWS sucessores do primeiro Galaxy Buds. Recheado de novidades, o acessório se posiciona de maneira curiosa na linha, oferecendo muitos dos recursos vistos no topo de linha Galaxy Buds Pro em uma faixa de preço notavelmente mais baixa.

Assim como o modelo mais caro, o Galaxy Buds 2 chega trazendo drivers duplos, com um woofer voltado a reproduzir frequências graves e um tweeter dedicado a frequências médias e agudas. Com isso, a Samsung promete uma qualidade sonora superior, que entrega melhor separação entre as faixas e, consequentemente, melhor claridade em vozes, instrumentos e mais.

Outros recursos vindos do acessório topo de linha incluem a integração com outros aparelhos da marca através do Auto Switch e o cancelamento ativo de ruído (ANC), que promete reduzir a entrada de sons externos em até 98%, com três níveis de controle de som ambiente. Há ainda três microfones, uso de Machine Learning e processador dedicado de voz (VPU) para entregar voz mais limpa e cancelamento de ruído durante ligações.

Em bateria, o Galaxy Buds 2 entrega até 5 horas de reprodução com ANC, e mais 20 horas adicionais fornecidas pelo estojo. Assim como outros acessórios inteligentes da marca, todas as configurações são controladas através do app Galaxy Wearable.

(Imagem: Divulgação/Samsung)

O design também segue o visto no Galaxy Buds Pro, abandonando o formato em pílula da case e as linhas mais retas das cápsulas do primeiro Galaxy Buds em favor de um estojo quadrado compacto e cápsulas mais arredondadas, para maior conforto e proteção contra o vento, segundo a Samsung.

Os fones chegam nas cores grafite, lavanda, branco e verde oliva, com um visual atraente em que o interior da case e as cápsulas são coloridos, enquanto o exterior é sempre branco.

Preço e disponibilidade

O Samsung Galaxy Watch 4 chega em versões de 40 e 44 mm, cujos preços sugeridos partem dos US$ 249,99 (cerca de R$ 1.308, em conversão direta) na versão Bluetooth e US$ 299,99 (R$ 1.570) na variante 4G.

O Watch 4 Classic será oferecido em 42 mm e 46 mm, com preço sugerido de US$ 349,99 (R$ 1.830) no modelo Bluetooth e US$ 399,99 (R$ 2.095) na versão 4G. Já o Galaxy Buds 2 será vendido por US$ 149 (R$ 783). Até o momento, não há informações sobre a chegada dos dispositivos ao Brasil.

Samsung Galaxy Watch 4 e Watch 4 Classic: ficha técnica

  • Tela: Super AMOLED, 1,2 polegada com resolução de 396 x 396 pixels (40 mm e 42 mm), 1,4 polegada com resolução de 450 x 450 pixels (44 mm e 46 mm), Gorilla Glass DX
  • Memória RAM: 1,5 GB
  • Armazenamento: 16 GB
  • Bateria: 247 mAh (40 mm e 42 mm), 361 mAh (44 mm e 46 mm)
  • Autonomia: Até 40 horas
  • Carregamento: 30 minutos para até 10 horas de uso, menos de 2 horas para recarga completa
  • Sensores: Samsung BioActive — Fotopletismografia (PPG) + Eletrocardiograma (ECG) + Análise de Impedância Bioelétrica (BIA), acelerômetro, giroscópio, luminosidade, barômetro, geomagnético
  • Extras: 4G, NFC, Wi-Fi Dual Band, Bluetooth 5.0, Galaxy Auto Switch, detecção de ronco, acompanhamento de oxigenação e pressão sanguínea, pontuação do sono, GPS, certificações IP68 e MIL-STD-810G
  • Sistema Operacional: Wear OS powered by Samsung (Wear OS 3, sob a One UI Watch)

Samsung Galaxy Buds 2: ficha técnica

  • Drivers: duplos com woofer (graves) e tweeter (médios e agudos)
  • Autonomia (com ANC): Até 5 horas
  • Autonomia (sem ANC): Até 7,5 horas
  • Tempo adicional fornecido pela case: Até 20 horas (com ANC), até 29 horas (sem ANC)
  • Extras: carregamento rápido (até 1 hora de uso com 5 minutos de recarga), carregamento sem fio no padrão Qi, cancelamento ativo de ruído (ANC), Galaxy Auto Switch, acelerômetro, sensor de proximidade
  • Cores: grafite, branco, lavanda e verde oliva
  • Versão do Bluetooth: 5.2
  • Codecs: SBC, AAC, Samsung Scalable

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.