Publicidade

O que é um fone de ouvido TWS?

Por| Editado por Léo Müller | 17 de Fevereiro de 2023 às 16h21

Link copiado!

Rafael Damini/Canaltech
Rafael Damini/Canaltech
Galaxy Buds 2 Pro

Você certamente já deve ter visto anúncios ou simplesmente alguém falando sobre fones de ouvido TWS. De forma mais resumida, eles nada mais são do que fones de ouvido Bluetooth, mas é importante frisar que são de um tipo bem específico, não apenas um fone de ouvido comum.

Mas, o que então é um fone de ouvido TWS? O que essa sigla significa no mercado dos acessórios? Nesse texto eu esclareço o que é um fone desse tipo e também explico melhor sobre a tecnologia para que você esteja por dentro na hora de comprar o seu próximo vestível.

O que é um fone TWS?

Continua após a publicidade

Primeiro, o mais importante: o que significa TWS? Essa é a sigla para True Wireless Stereo, ou Estéreo totalmente sem fio, em tradução mais aproximada. Isso indica que o fone de ouvido tem um sistema de áudio estéreo — com duas saídas de som independentes — e que funciona totalmente sem fios, seja para ligar um lado ao outro ou para se conectar ao celular.

Este é, na verdade, o mais comum dos fones de ouvido Bluetooth — são aqueles modelos que não têm nenhum cabo e são guardados e carregados dentro de um estojo, geralmente com tampa magnética. Eles também são comumente chamados de “buds”.

É importante destacar que há outros modelos de fones de ouvido Bluetooth que não são TWS. Estes comumente têm um fio que liga um lado ao outro do fone, e esse cabo pode ficar atrás do pescoço para garantir mais segurança. Mas este texto não é sobre eles.

Continua após a publicidade

De forma resumida, portanto, um modelo TWS oferece um par de fones que são ligados entre si sem o auxílio de fios e conectados ao celular por Bluetooth. Eles podem ser tanto do tipo intra-auricular — com aquelas pequenas borrachas que entram no ouvido — quanto in-ear, que são modelos parecidos, mas sem as ponteiras de silicone.

Como funcionam os fones de ouvido TWS

Antes, era comum que apenas um lado dos fones TWS tivesse conexão direta com o celular. Dessa forma, o lado primário era pareado ao secundário e ao celular. Isso causava um pouco de confusão na hora de conectar, além de acabar com a bateria de um lado bem mais rápido que do outro.

Agora, no entanto, com a evolução da tecnologia Bluetooth — muitos fones já adotam a versão 5.2 ou 5.1 — os dois fones são reconhecidos como um único dispositivo nas configurações do celular. Dessa forma, inclusive, é possível que você utilize qualquer um dos lados separadamente, se quiser.

Continua após a publicidade

Algumas marcas preferem até facilitar o processo de pareamento e oferecem um aplicativo dedicado para os fones de ouvido para que você possa utilizá-los de forma mais simples. Com isso, basta abrir o app e seguir as instruções na tela do smartphone para conectar o vestível.

Quais tecnologias e recursos são mais comuns em fones de ouvido TWS?

Como dito, os fones de ouvido TWS são acompanhados de um estojo de carregamento, que também permite guardar os acessórios com mais segurança. Os modelos compatíveis com o sistema Android geralmente trazem o Google Fast Pair para pareamento rápido — ou o Microsoft Swift Pair, para conectar com o computadores Windows Dessa forma, assim que você tira os fones do estojo, eles já são conectados ao celular ou notebook.

Outro recurso bem comum é o cancelamento ativo de ruído — ou ANC. Essa função, presente geralmente em modelos intermediários ou premium, possibilita reduzir o ruído externo para que a imersão com a música — ou qualquer conteúdo de mídia — seja bem maior.

Continua após a publicidade

Além do ANC, algumas marcas também trazem o modo “Som Ambiente” ou “Transparência”. Ele utiliza os mesmos microfones do ANC, mas funciona de forma inversa: ele aumenta o barulho externo para que você possa conversar com as pessoas sem precisar tirar os fones das orelhas.

Além dessas duas funções, alguns dos melhores fones de ouvido Bluetooth também entregam alguns recursos extras, como suporte para assistentes digitais. Os da Samsung, por exemplo, funcionam com a inteligência artificial própria da marca, a Bixby, mas alguns concorrentes chegam com Alexa ou Google Assistente integrado.

Isso permite controlar a reprodução ou até mesmo controlar itens de casa inteligente sem sequer precisar tocar nos fones.

Continua após a publicidade

Quais foram os primeiros fones de ouvido TWS a ganhar destaque?

A Apple não foi a primeira a lançar um fone de ouvido TWS, mas foram seus AirPods que começaram a popularizar o segmento. Apesar de a pioneira ter sido a Onkyo, que lançou em 2015 o W800BT, a Maçã foi uma das grandes responsáveis pelo sucesso que este tipo de acessório faz hoje.

O primeiro fone de ouvido TWS da Apple foi lançado em 2016 e, após isso, uma grande variedade de opções começou a surgir no mercado, desde os mais desconhecidos, até os que se tornaram sucessos de vendas e os “queridinhos” da galera.

Entre o público que usa celular com sistema Android, os Airdots da Xiaomi se tornaram quase unanimidade, tanto pelo design mais discreto quanto pelo custo-benefício que oferecia na época — o modelo mais simples custava entre R$ 100 e R$ 150 há alguns anos.

Continua após a publicidade

Mas, com o sucesso dos fones de ouvido TWS, grandes marcas começaram a apostar no segmento. É o caso, por exemplo, da Sony, que se tornou uma das referências para fones de ouvido TWS com cancelamento de ruído, e da Samsung, que a cada ano atualiza a sua linha de Galaxy Buds com modelos intermediários ou mais avançados.

Há também marcas especializadas no assunto, como a Sennheiser, Edifier ou JBL, que possuem um vasto catálogo de fones de ouvido, tanto TWS como de outros tipos.

Veja alguns exemplos de fones de ouvido TWS, já com link para compra segura:

Continua após a publicidade