Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Linha Google Pixel 8 chega com novo chip Tensor G3 e 7 anos de updates

Por| Editado por Wallace Moté | 04 de Outubro de 2023 às 11h30

Link copiado!

Google
Google

Depois de incontáveis vazamentos, inclusive da própria empresa, o Google anunciou nesta quarta-feira (4) a família Pixel 8. Os novos smartphones premium da gigante das buscam estreiam com um bom número de novidades, com destaque para os leves ajustes no design, o conjunto de processamento atualizado, a integração de recursos para detecção de acidentes e medição de temperatura corporal, bem como para o lançamento do Android 14 com promessa de até sete anos de updates.

Como a companhia já havia confirmado, os novos Google Pixel 8 e Google Pixel 8 Pro não trazem mudanças drásticas de design, mas há ajustes perceptíveis que prometem melhorar a experiência de uso. Ambos agora trazem tela plana, com bordas bastantes finas e simétricas, e estão com cantos mais arredondados. Marca registrada da linha, a barra de câmera está de volta, recebendo o formato de "pílula" para a área das lentes nos dois aparelhos desta vez. Destaque também vai para as cores: preto, coral e cinza no modelo base, e preto, bege e azul na variante Pro.

Os dois celulares contam ainda com o novo processador do Google, o Tensor G3, que chega apostando em grandes modificações na configuração para buscar oferecer mais performance. A plataforma é a primeira em anos a superar a casa dos oito núcleos de CPU, embarcando nove deles em um conjunto de grupos de 1 + 4 + 4, distribuídos em um Cortex-X3 de máxima performance, quatro Cortex-A715 de alto desempenho e quatro Cortex-A510 de alta eficiência, de clocks não confirmados — vazamentos indicam um limite de 2,9 GHz.

Continua após a publicidade

O processamento gráfico fica sob a responsabilidade da GPU Mali-G715 da ARM, significativamente mais modesta que as soluções usadas por concorrentes e sem recursos modernos como Ray Tracing, mas forte o suficiente para entregar um bom salto de performance sobre a Mali-G710 da geração passada. Acompanham o chip 8 GB de RAM no Pixel 8, 12 GB de RAM no Pixel 8 Pro e 128 GB ou 256 GB de armazenamento em ambos.

Um dos maiores upgrades da linha está no display, agora equivalente ao que é oferecido pelos melhores celulares do mercado. Para o Pixel 8 Pro, o Google aposta em um painel AMOLED "Super Actua" de 6,7 polegadas, com resolução Quad HD+ de 3120 x 1440 pixels e tecnologia LTPO, fornecendo taxa de atualização variável entre 1 Hz e 120 Hz para poupar bateria sem sacrificar fluidez. Outros pontos fortes são o brilho de até 2.400 nits e o uso do moderno vidro Gorilla Glass Victus 2, o mesmo de aparelhos como o Galaxy S23.

Apesar de mais simples, o pequeno Pixel 8 ainda conta com uma tela AMOLED "Actua" caprichada, trazendo dimensões ligeiramente menores de 6,2 polegadas, mas mantendo a resolução Full HD+ de 2400 x 1080 pixels e aumentando a taxa de atualização para 120 Hz — os modelos menores das gerações passadas eram limitados a 90 Hz. Há tecnologia LTPO, ainda que mais limitada, reduzindo a taxa para 60 Hz, vidro Gorilla Glass Victus e o brilho foi turbinado para 2.000 nits.

Como sempre, as câmeras são o ponto que mais recebe atenção na linha Pixel, e há novidades de peso neste ano. O Pixel 8 Pro vem equipado com um trio de lentes traseiro composto de sensor principal de 50 MP, ultrawide com novo sensor de 48 MP, campo de visão de 128,5° e foco automático aprimorado que permite a captura de fotos macro, e telefoto periscópio também de 48 MP com zoom óptico de 5x e digital "Super Res Zoom" de até 30x.

Já o Pixel 8 traz uma dupla de lentes com o sensor principal de 50 MP e o ultrawide de 12 MP com campo de visão de 114° vistos no Pixel 7, mas desta vez com "Super Res Zoom" de 8x e foco automático para possibilitar o registro de fotos macro. A lente de selfies é a mesma para os dois lançamentos, com resolução reduzida de 10,5 MP, havendo forte apoio do pós-processamento robusto do Google para garantir a qualidade de imagem.

O software é justamente o maior diferencial da família, com alguns truques novos chegando junto à linha Pixel 8: os controles manuais estão mais completos, e a gigante das buscas assegura que o modo noturno Night Sight foi aprimorado. O recurso Best Take combina fotos diferentes de uma mesma cena para criar uma composição que agrade ao usuário, permitindo que ajustes sejam feitos posteriormente no Google Fotos, e um "Magic Editor" chegará futuramente para fornecer ajustes completos para qualquer registro da galeria.

Continua após a publicidade

A companhia decidiu ainda dar maior atenção aos vídeos nessa geração, prometendo "processamento melhorado" que, infelizmente, também chegará apenas em uma atualização futura. Por outro lado, o algoritmo Real Tone, que busca reproduzir com mais fidelidade os diferentes tons de pele, finalmente chega às gravações, enquanto o Audio Magic Eraser estreia para remover ruídos de fundo mesmo depois que os vídeos já foram capturados.

Quando lançou o Pixel 6 e o Tensor G1 em 2021, o Google tinha como visão a forte integração de recursos de Inteligência Artificial no smartphone. A proposta parece começar a amadurecer apenas agora com a chegada de uma série de funcionalidades apoiadas em algoritmos robustos de IA. Estão entre elas a tradução em tempo real de 49 línguas, o cancelamento de ruído em ligações e a inédita detecção de acidentes com ligação automática para o resgate, trazida como resposta à função similar lançada pela Apple com o iPhone 14.

A bateria não traz muitas novidades: temos 5.050 mAh para o aparelho maior, e 4.475 mAh para o menor, com carregamento rápido de 30 W (27W para o Pixel 8) e recarga sem fio de 23 W (18 W no Pixel 8). A autonomia prometida é de "mais de 24 horas", podendo chegar às 72 horas ao se utilizar o modo de economia de energia extremo, que limita quase todas as funções dos dispositivos.

Continua após a publicidade

No mais, a família Google Pixel 8 é munida de conectividade 5G, Wi-Fi 6E, Bluetooth 5.3, NFC, leitor de digitais óptico sob o display, som estéreo, certificação IP68 de resistência à água e poeira, chip UWB para comunicação sem fio de alta velocidade com acessórios e chip Titan M2 de segurança, além de um curioso sensor de temperatura no Pixel 8 Pro para registro de mais dados de saúde.

Fecha o pacote o sistema operacional, que marca o lançamento do Android 14, com os toques do Google e o cronograma de atualizações turbinado extremamente bem-vindo: os novos Pixel 8 trazem sete anos de atualizações garantidas, entre mudanças de versão de sistema, updates de segurança e os Pixel Feature Drops, que oferecem novos recursos em atualizações mensais. Com a mudança, o Google volta a se posicionar como a fabricante Android a ter o suporte mais prolongado, superando a Samsung.

Preço e disponibilidade

Continua após a publicidade

O Google Pixel 8 e o Pixel 8 Pro entram em pré-venda nos EUA já nesta quarta (4), com preços sugeridos que partem de US$ 699 (~R$ 3.620) e US$ 999 (~R$ 4.650), respectivamente — houve um aumento de US$ 100 (~R$ 520), possivelmente em consequência das melhorias em áreas como a tela.

Outro aspecto que acaba compensando os valores são os bônus oferecidos pela loja oficial do Google: compradores do Pixel 8 Pro levam de brinde o Pixel Watch 2, anunciado junto aos smartphones, enquanto usuários que adquirirem o Pixel 8 recebem um fone Pixel Buds Pro. Fora isso, são inclusos no pacote três meses de assinatura do Google One de 2 TB, YouTube Premium e Fitbit Premium. Como de costume, a novidade não deve ser trazida ao Brasil.

Google Pixel 8 Pro: ficha técnica

  • Tela: AMOLED "Super Actua" de 6,7 polegadas, resolução Quad HD+ de 3120 x 1440 pixels, taxa de atualização variável de 1 Hz a 120 Hz, pico de brilho de 2.400 nits, Gorilla Glass Victus 2
  • Processador: Google Tensor G3
  • Memória RAM: 12 GB
  • Armazenamento: 128 GB ou 256 GB
  • Câmera traseira: 50 MP (Principal, f/1.85) + 48 MP (Ultrawide/Macro, f/2.2, 125,8°, autofoco) + 48 MP (Telefoto Periscópio, f/3.5, zoom óptico de 5x, digital de 30x)
  • Câmera frontal: 10,5 MP
  • Dimensões: 160 x 77 x 8,25 mm
  • Peso: 221 g
  • Bateria: 5.050 mAh com carregamento rápido de 30 W
  • Extras: 5G, Wi-Fi 6E, Bluetooth 5.3, NFC, leitor de digitais sob o display, áudio estéreo, carregamento sem fio de 23 W, certificação IP68, UWB, chip Titan M2 para segurança, termômetro
  • Cores disponíveis: Obsidian (preto), bege e azul
  • Sistema operacional: Android 14
Continua após a publicidade

Google Pixel 8: ficha técnica

  • Tela: AMOLED "Actua" de 6,2 polegadas, resolução Full HD+ de 2400 x 1080 pixels, taxa de atualização variável de 60 Hz a 120 Hz, pico de briho de 2.000 nits, Gorilla Glass Victus
  • Processador: Google Tensor G3
  • Memória RAM: 8 GB
  • Armazenamento: 128 GB ou 256 GB
  • Câmera traseira: 50 MP (Principal, f/1.85) + 12 MP (Ultrawide/Macro, f/2.2, 114°, autofoco)
  • Câmera frontal: 10,5 MP
  • Dimensões: 150,4 x 71 x 8,9 mm
  • Peso: 187 g
  • Bateria: 4.475 mAh com carregamento rápido de 27 W
  • Extras: 5G, Wi-Fi 6E, Bluetooth 5.3, NFC, leitor de digitais sob o display, áudio estéreo, carregamento sem fio de 18 W, certificação IP68, UWB, chip Titan M2 para segurança
  • Cores disponíveis: Obsidian (preto), Rose (coral) e Hazel (cinza-esverdeado)
  • Sistema operacional: Android 14