Publicidade

ASUS ROG Phone 7 chega prometendo ser o celular Android mais poderoso

Por| Editado por Wallace Moté | 13 de Abril de 2023 às 09h30

Link copiado!

Divulgação/ASUS
Divulgação/ASUS
ROG Phone 7

Com havia confirmado no final de março, a ASUS apresentou nesta quinta-feira (13) o Asus ROG Phone 7, nova geração do smartphone gamer premium da gigante taiwanesa. Equipado com Snapdragon 8 Gen 2 e memórias atualizadas com os protocolos mais recentes, o aparelho chega prometendo ser o celular Android mais poderoso do mundo, superando até mesmo o Galaxy S23 e seu chip customizado, graças ao uso de um sistema bastante robusto de refrigeração.

Junto ao Snapdragon 8 Gen 2, o coração do ROG Phone 7 é acompanhado de até 16 GB de RAM LPDDR5X e até 512 GB de armazenamento UFS 4.0, ambos protocolos de memória atualizados que ofereceriam até o dobro de velocidade em comparação à geração anterior. Combinados, os três tornariam o celular gamer da ASUS o novo campeão de desempenho do mundo Android, atingindo 1.360.082 pontos no AnTuTu, e marcando 2.016 pontos em single-core e 5.756 pontos em multi-core no Geekbench 6.

Esses resultados superariam os atuais líderes dos rankings dos benchmarks, o Xiaomi 13 Pro, que traz um Snapdragon 8 Gen 2 amplamente refrigerado, e o Galaxy S23 Ultra, equipado com o Snapdragon 8 Gen 2 for Galaxy, a versão customizada com clocks mais altos de fábrica e outras otimizações. A conquista do ROG Phone 7 tem dois ingredientes especiais: um sistema de resfriamento extremamente encorpado e a nova geração do X Mode, o modo de alto desempenho da marca.

Continua após a publicidade

Começando pelo resfriamento, o lançamento possui múltiplas folhas de grafite que trabalham em conjunto com uma enorme câmara de vapor para reduzir as temperaturas com maior velocidade, bem como uma estrutura de nitreto de boro, material que amplifica a transferência de calor. Possuindo o equivalente a 16.000 mm² de área, praticamente o dobro da área de concorrentes, junto a formatos customizados para otimizar o fluxo de calor, essas tecnologias proporcionariam até 168% melhor resfriamento que o sistema do ROG Phone 6.

O outro trunfo, o X Mode, é o trabalho da ASUS no software. Velho conhecido dos usuários da linha, o modo busca equilibrar alta performance com o consumo de energia para fornecer o melhor desempenho e o máximo de autonomia possível, contando ainda com otimizações desenvolvidas em uma parceria da gigante com as produtoras de games. No entanto, desta vez há uma novidade: um recurso que gerencia os núcleos do processador de forma mais inteligente, encaminhando as tarefas para cada tipo de núcleo de acordo com sua prioridade.

Nos testes feitos pela marca com Genshin Impact, monitorados pela ferramenta PerfDog, o ROG Phone 7 entregou média de 60,7 FPS, com consumo de 5,43 W, temperatura máxima de 42,8 ℃ e autonomia de 4,15 horas. Em comparação, o Xiaomi 13 Pro atingiu média de 58,9 FPS, consumo de 5,47 W, temperatura de 44 ℃ e 3,13 horas de autonomia, enquanto o Galaxy S23 Ultra entregou média de 51,9 FPS, consumo de 5,12 W, temperatura de 42 ℃ e 3,65 horas de autonomia.

Continua após a publicidade

Apesar dos números promissores, é importante destacar que as configurações utilizadas no game não foram detalhadas, e o celular gamer estreante possui a maior bateria dos modelos avaliados, não sendo necessariamente o mais eficiente. Ainda assim, a performance é respeitável considerando não haver uma ventoinha para turbinar a dissipação de calor, como é o caso do rival direto da Nubia, o RedMagic 8 Pro.

A companhia também deu atenção à experiência de uso, embarcando uma tela AMOLED de 6,78 polegadas da Samsung, com resolução Full HD+ de 2400 x 1080 pixels, taxa de atualização de 165 Hz e amostragem de toque de 720 Hz, garantindo que os comandos dos usuários sejam registrados mais rapidamente. O display possui HDR com HDR10+ e tecnologia que converte conteúdo padrão (SDR) em HDR, pico de brilho de 1.500 nits e proteção Gorilla Glass Victus de 1ª geração.

Entre os recursos específicos para o público gamer estão ainda o sistema de som estéreo de alta definição otimizado pela Dirac, reconhecida marca especializada em áudio digital, conector P2 com som espacial Dirac Virtuo, além dos gatilhos ultrassônicos e sistema de vibração configuráveis. Fora isso, há uma suíte de software completa com recursos alimentados por IA, que analisam o game em reprodução e dão dicas, otimizam o tráfego de internet e até gravam os melhores momentos da partida automaticamente.

Continua após a publicidade

As câmeras não são o foco do ROG Phone 7, como a própria ASUS destacou no evento de lançamento, mas seriam "as melhores presentes em um smartphone gamer". As selfies são responsabilidade de um sensor frontal de 32 MP, que é acompanhado por uma dupla de lentes traseiras com sensor principal de 50 MP e ultrawide de 13 MP com função macro. As funcionalidades nesse departamento são básicas e se restrigem ao padrão da indústria, como modo noturno e retrato com fundo borrado.

Alimentando o telefone potente está um grande tanque de 6.000 mAh, com carregamento rápido de 65 W e a tecnologia de recarga passthrough, pela qual o celular pode funcionar completamente com a energia da tomada sem recarregar a bateria. Isso permite ao usuário jogar pelo tempo que desejar sem gerar calor excessivo, nem degradar a saúde das células de energia.

No mais, o ASUS ROG Phone 7 possui conectividade 5G, Wi-Fi 7 Tri Band (2,4 GHz, 5 GHz e 6 GHz), Bluetooth 5.3, NFC, leitor de digitais óptico sob a tela e Android 13 de fábrica. A ASUS promete 2 grandes atualizações de sistema e 4 anos de atualizações de segurança, trazendo de novidade a possibilidade do usuário mesclar as interfaces Zen UI e ROG UI, permitindo, por exemplo, usar os ícones de uma e o visual do sistema da outra.

Continua após a publicidade

Neste ano, a família ROG Phone foi reajustada, recebendo apenas dois modelos: o ROG Phone 7 padrão e o ROG Phone 7 Ultimate, o segundo grande anúncio do dia. Basicamente, o modelo Ultimate é idêntico ao tradicional, tendo como diferenciais ser oferecido apenas nas configurações máximas de memória, a tela traseira OLED colorida configurável e o chamado AeroActive Portal, uma abertura motorizada para aprimorar o resfriamento, reduzindo a temperatura em até 4℃.

O motor suportaria mais de 40 mil ciclos de abertura, e há certificação IPX4 para garantir a segurança dos componentes internos em caso de acidentes. Como o nome sugere, a proposta dessa abertura é atuar junto a um dos diversos novos acessórios apresentados, a 7ª geração do AeroActive Cooler.

ROG Phone 7 traz novos acessórios

Continua após a publicidade

Acompanhando os celulares, a taiwanesa apresentou uma série de novos acessórios, começando pelo já citado AeroActive Cooler 7. No geral, o cooler externo da empresa não trouxe grandes novidades em termos de refrigeração, mantendo a combinação de uma ventoinha e o cooler termoelétrico, que reduziria a temperatura de superfície em até 25℃ — a queda é significativa a ponto de melhorar as temperaturas internas. Também estão de volta a iluminação RGB, a porta USB-C e os botões configuráveis adicionais.

A novidade realmente brilha na presença de um subwoofer dedicado para turbinar o som do ROG Phone 7. O speaker adicional é especializado nas frequências de som grave, devendo criar uma experiência mais imersiva de áudio durante o gameplay, ou mesmo ao assistir e ouvir músicas. Outro acessório apresentado, a capa Aero Case complementa o cooler externo ao fornecer proteção para o telefone sem afetar a capacidade de refrigeração do AeroActive Cooler.

Também foram apresentados uma película de vidro com proteção antibacteriana e a Devilcase Bumper, uma capa mais robusta com proteção adicional nas laterais que reduziriam ao máximo o risco de danos ao celular em caso de queda. Usuários que já estejam inseridos no ecossistema ROG Phone, possuindo os acessórios das gerações anteriores, estarão bem servidos com os aparelhos revelados nesta quinta (13).

Continua após a publicidade

A ASUS anunciou compatibilidade quase completa com dispositivos como o controle Kunai 3 e o próprio AeroActive Cooler 6. Em contrapartida, quem pretende se manter usando modelos mais antigos do ROG Phone não terão a mesma sorte: pela tabela exibida pela companhia, das novidades mostradas no evento, apenas a película antibacteriana pode ser usada pelo telefone da geração anterior.

Preço e disponibilidade

Os novos ASUS ROG Phone 7 e ROG Phone 7 Ultimate chegam primeiro à Europa, com pré-venda sendo iniciada já nesta quinta-feira (13), ainda que os preços não tenham sido revelados no momento. O Brasil está confirmado para receber os aparelhos, mas apenas na segunda metade de 2023.

Continua após a publicidade

Perguntada sobre se teremos uma edição com processador da MediaTek, ou versões especiais como as do Batman e de Diablo, a ASUS afirmou não ter planos para nenhuma delas no momento, mas não descartou a possibilidade para o futuro.

ASUS ROG Phone 7: ficha técnica

  • Tela: AMOLED de 6,78 polegadas, resolução Full HD+ de 2448 x 1080 pixels, taxa de atualização variável de 165 Hz, taxa de amostragem de toque de 720 Hz, HDR10+, conversão de SDR para HDR, pico de brilho de 1.500 nits, Gorilla Glass Victus
  • Chipset: Qualcomm Snapdragon 8 Gen 2
  • Memória RAM: até 16 GB LPDDR5X-8533
  • Armazenamento interno: até 512 GB UFS 4.0
  • Câmera traseira: 50 MP (Principal) + 13 MP (Ultrawide/Macro)
  • Câmera frontal: 32 MP
  • Bateria: 6.000 mAh com carregamento rápido de 65 W
  • Dimensões: 173 x 77 x 10,4 mm
  • Peso: 239 g
  • Extras: 5G, Wi-Fi 7 Tri Band, Bluetooth 5.3, NFC, leitor de digitais óptico sob o display, som estéreo Hi-Fi com otimização da Dirac, conector P2 com som espacial Dirac, tela OLED traseira colorida configurável (somente ROG Phone 7 Ultimate), abertura motorizada para refrigeração (somente ROG Phone 7 Ultimate)
  • Cores disponíveis: preto e branco
  • Sistema operacional: Android 13