O que é gameplay?

O que é gameplay?

Por Caio Carvalho | Editado por Guadalupe Carniel | 24 de Setembro de 2021 às 14h00
Erik Mclean/Unsplash

Desde o surgimento de plataformas de streaming de jogos, entre elas Twitch e Facebook Gaming (além do YouTube), muita gente passou a assistir outras pessoas jogando ou transmitir suas partidas para os espectadores. Nesse cenário, um dos termos que mais ganhou popularidade no Brasil e mundo é a expressão “gameplay”.

Você sabe o que significa gameplay? Ainda não? Pois é o que vamos explicar.

O que é gameplay?

Transmitir suas jogatinas para outras pessoas é o principal conceito de gameplay, mas existem outros significados (Imagem: Tigran Hambardzumyan/Unsplash)

Se traduzida ao pé da letra, a palavra “gameplay" significa “jogando o jogo” ou “jogar o jogo”. E é isso o que ela quer dizer: uma pessoa que está jogando alguma coisa, na maioria das vezes por plataformas específicas de streaming, e está transmitindo aquele vídeo para outros usuários. Os vídeos podem ser ao vivo (as chamadas lives), pré-gravados ou editados.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Gameplay também pode ser interpretado como “jogabilidade”. E daí vem outro uso da palavra: muitas pessoas costumam pesquisar pelo termo, seja para assistir alguém jogando ou em busca de ajuda sobre alguma parte de um determinado jogo. Por esse motivo, gameplay adquire o significado de ser a explicação de um jogo dada por um jogador para outras pessoas.

Um exemplo bem comum é quando você pesquisa pelo título de um jogo no YouTube ao lado da palavra “gameplay”. Pode ser “uncharted gameplay”, “call of duty gameplay”, “gameplay league of legends”, enfim, vai depender do que você está procurando.

Muitos resultados vão apontar para vídeos de outras pessoas transmitindo o jogo em questão, ou simplesmente falando sobre ele enquanto o game é reproduzido na tela. É nessa situação que podemos chamar gameplay de jogabilidade, pois uma pessoa está comentando ou mostrando elementos de como jogar (ou não jogar) um jogo.

Quando "usar" o gameplay?

Muito usado em tutoriais, o gameplay se tornou referência para dicas, conversas e instruções de como prosseguir em determinadas partes de um jogo (Imagem: Sean Do/Unsplash)

Não existe nenhuma regra quanto ao uso do gameplay. Se você estiver jogando e quiser compartilhar aquela partida com outras pessoas, isso é considerado gameplay.

Outra característica do gameplay é quando serve de tutorial para outros jogadores. Quem viveu nos anos 1990 e começo dos anos 2000 — incluindo este que vos fala — vai se lembrar das icônicas revistas com detonados enormes de como passar por determinadas fases de um jogo. O gameplay é exatamente a mesma coisa, mas com a vantagem de tudo ser em vídeo, o que permite mostrar com muito mais detalhes quais os melhores caminhos para serem seguidos.

Por fim, o gameplay também pode ser usado por criadores de conteúdo que assistem a vídeos de jogos para entender como eles funcionam e, a partir disso, produzir novos vídeos. Assim, outras pessoas poderão consumir aquela jogabilidade.

Como gravar e transmitir um gameplay

Programas de computador ajudam a transmitir gameplays para plataformas de streaming. Entre os mais conhecidos estão o OBS Studio e o Streamlabs (Imagem: Alex Haney/Unsplash)

Com milhões de pessoas assistindo a jogos todos os dias, era natural que surgissem programas específicos para a captura da tela de um game. No caso dos consoles de videogame, as próprias fabricantes (Sony, Microsoft) oferecem a possibilidade de você transmitir sua jogabilidade para plataformas de streaming, entre elas. YouTube e Twitch.

No PC, existem duas opções amplamente usadas por quem faz gameplay na Twitch, YouTube ou Facebook Gaming. São elas o OBS Studio e o Streamlabs, que, basicamente, possuem as mesmas funções para transmitir sua tela de jogo. Também permitem que você adicione câmera, microfone, texto, layouts e outros elementos para personalizar a transmissão. Ambos os programas são gratuitos, mas oferecem versões pagas com funcionalidades premium.

Não é necessário ter um computador de última geração para executar as aplicações. Mas claro, existem algumas recomendações mínimas para que o seu gameplay rode sem problemas. Isso inclui uma boa conexão de internet, Windows 8 ou superior, suporte para DirectX 10.1 e pelo menos 4 GB de memória RAM. Cada jogo também pode exigir uma configuração mínima diferente, então sempre é bom ficar de olho nas exigências de cada game.

Fonte: Premium Beat

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.