10 motivos para preferir o iOS ao Android

Por Muni Perez

Android e iOS, os dois sistemas operacionais mais populares do mercado, são quase que oponentes em um ringue de luta, ambos com seus defensores ferrenhos. No entanto, é impossível determinar qual sistema é melhor, já que cada um possui inúmeras vantagens e desvantagens que tornam as experiências de uso únicas.

A título de comparação, listamos 10 características, algumas simples e sutis e outras mais complexas em que o iOS supera o Android e facilita a vida dos usuários.

1. Facilidade de uso

Apesar do Android não ser uma coisa de outro mundo, o iOS é feito com a simplicidade em mente e a Apple é famosa por ter um cuidado extremo com os mínimos detalhes em seus produtos. Com isso, sua avó, que nunca mexeu em um smartphone na vida, provavelmente vai ter mais facilidade em utilizar o iOS do que o Android.

Avos usando iPhone

Ainda, pelo fato da Apple não oferecer a mesma liberdade que o Android, no fim das contas não é preciso (ou possível) perder tempo personalizando o iPhone. Para quem gosta de explorar o sistema e testar coisas novas isso é um ponto negativo, mas para a grande maioria que quer apenas ligar o aparelho e começar a usar, o que a Apple oferece é mais do que suficiente.

2. Facilidade para trocar de dispositivo

Como no Android há muitas opções de smartphones, acaba que nem sempre você, ao comprar um novo aparelho, continua com o mesmo fabricante. Isso aliado ao fato de que cada marca modifica a interface do Android do jeito que quer acaba fazendo com que a transição seja difícil para muitos usuários.

Todos os iPhones

Muitas pessoas são acostumadas com os smartphones da Samsung e, ao comprar um Moto X ou Nexus 5, que vem com o Android quase puro, simplesmente não consegue utilizar o “novo” sistema.

O iOS não tem esse problema e a interface será a mesma do iPhone 4 ao iPhone 6 Plus - e até mesmo no iPad.

3. Corpo de alumínio e design mais elegante

Apesar de alguns smartphones Android terem um corpo bem trabalhado, como o HTC One M8 ou a linha Z da Sony (Xperia) , em geral eles vêm com corpo de plástico, que, apesar de barato, não é nada elegante. A LG até tentou fazer um plástico com cara de metal, mas não é a mesma coisa do que ter alumínio nas mãos.

Design iPhone

Já os aparelhos da Apple, desde os primeiros iPhones, vêm com um corpo de alumínio e design bem mais elegante do que a maioria dos smartphones Android.

4. Consistência no visual

Com a enorme variedade de fabricantes de smartphones com Android, cada um introduz uma interface personalizada para dar identidade ao dispositivo e isso acaba gerando uma bagunça tremenda. É só olhar o caso da Samsung e sua odiada TouchWiz, ou a interface da LG que agora foi melhorada, mas até há pouco tempo conseguia ser pior que a oferecida pela Samsung.

Diferentes Androids

O iOS, por outro lado, possui um visual bem consistente entre a interface do sistema. Em geral, os aplicativos também tendem a ter uma aparência mais harmoniosa.

iPad e iPhone

O Android tem melhorado muito o visual e a última versão, de fato, deixa o sistema do Google em posição de igualdade com o iOS. No entanto, vai demorar bastante tempo até que todos os usuários recebam a atualização e cada fabricante ainda vai introduzir seus elementos visuais, estragando o bom trabalho do Google.

Muitos usuários possuem um smartphone e um tablet e nem sempre ambos são da mesma fabricante. Com isso, a experiência de uso do tablet pode ser bem diferente da do telefone. Já no iOS, o iPad é praticamente igual ao iPhone, facilitando as coisas para um usuário leigo.

5. Apps são lançados primeiro

Isso é fato: para um desenvolvedor, a App Store é bemmaislucrativa que a Play Store. Com isso, a maioria prefere lançar aplicativos primeiro na App Store para ganhar fama e só depois de um certo tempo que uma versão para Android é colocada na Play Store.

A diferença de lucratividade vem diminuindo com o crescimento das vendas na loja do Google, mas ainda assim a Apple sai na frente. Também temos o fato das vendas de iPhones terem explodido nos últimos meses com a chegada do iPhone 6, quando muita gente pulou do Android para o iOS e novos usuários compram aplicativos.

Então, no fim das contas, você tem novos aplicativos legais com maior frequência.

6. Segurança

A Apple mantém um rígido controle de qualidade e cada aplicativo enviado à App Store passa por um processo de análise rigorosa pela empresa. Com isso, as chances de se ter um app mal intencionado diminuem bastante.

Já o Android, por outro lado, frequentemente tem problemas de segurança, como recentemente quando alguns aplicativos com malwares afetaram milhões de usuários.

O iPhone não é perfeito e também tem suas falhas de segurança, mas as chances de um usuário do sistema da Apple ser enganado por algum aplicativo malicioso é bem menor do que no Android.

7. Handoff e Continuidade

Esses dois recursos foram introduzidos recentemente no iOS 8 e suas funcionalidades ainda são limitadas a poucos aplicativos. No entanto, a tendência é que os desenvolvedores criem cada vez mais soluções utilizando as novidades e em pouco tempo teremos uma enorme integração entre dispositivos da Apple.

O Android, por outro lado, está longe de ter uma solução integrada até com o Chrome OS da mesma maneira que Mac e iOS interagem.

8. iPad

Muitos smartphones se equiparam ao iPhone, mas, em matéria de tablets, o iPad dispara na frente, principalmente aqui no Brasil.

No entanto, se você tem um Android e um iPad, a interação entre os dispositivos é complicada. Não existe, por exemplo, uma maneira simples de trocar arquivos e informações sem depender de serviços na nuvem. Dois iDevices, por outro lado, comunicam-se rapidamente através do AirDrop.

iPad Air

Vale ressaltar que essa deficiência na comunicação entre iOS e Android é culpa da Apple por manter seu ecossistema fechado. Porém, ela é a mais forte, dita as regras e temos que aceitar.

9. Hardware e software feitos um para o outro

Essa discussão é clássica, mas não há como contrapor o argumento. Basta compararmos o hardware do iPhone e de outros topos de linha, principalmente no quesito memória RAM. O iPhone, mesmo em sua última versão, vem com apenas 1 GB de RAM, enquanto que smartphones concorrentes não estão chegando com menos de 2 ou 3 GB.

Mesmo assim, em muitas ocasiões, o sistema da Apple roda de maneira bem mais suave que o Android, com exceção do Android puro presente em smartphones Nexus e Motorola. O caso clássico é a Samsung, cuja interface TouchWiz consegue fazer um aparelho com hardware de ponta ficar lento após certo tempo de uso.

Como a Apple controla rigorosamente todo o processo de fabricação de seus dispositivos, temos a garantia de um hardware de qualidade que vai funcionar bem com o software que o traz à vida.

10. Apple copycats

Apesar da Samsung ser a maior fabricante de smartphones do mundo, a Apple é a mais cobiçada. Com isso, empresas chinesas estão fazendo fortunas produzindo cópias deslavadas do iPhone e o próprio Android é modificado para assemelhar-se ao iOS - algumas vezes até demais.

Xiaomi

O exemplo mais clássico é a Xiaomi, que inclusive está para chegar ao Brasil ainda este semestre, oferecendo smartphones com boas especificações de hardware a preços bem atrativos - mas que se “inspiram” bastante no iPhone.

Claro que essas não são as únicas diferenças, e o Android também supera o iOS em diversos aspectos. Lembramos que ambos são excelentes sistemas e suprem muito bem as necessidades básicas da maioria dos usuários, mas é sempre bom saber diferentes características, pontos positivos e negativos, que inclusive ajudam na hora de fazer a escolha sobre o que comprar.

E para você? Quais características fazem o iOS superar o Android e ser o seu sistema operacional preferido?

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.