O que é e para que serve um iPad?

O que é e para que serve um iPad?

Por Lucas Wetten | Editado por Guadalupe Carniel | 13 de Novembro de 2021 às 09h00
Foto: Daniel Korpai (Unsplash)

Em abril de 2010, durante um evento especial da Apple, o primeiro modelo do iPad veio ao mundo nas mãos do fundador da empresa da maçã. O dispositivo rodava o mesmo sistema operacional do iPhone, ainda na época chamado "iPhone OS" e estava na versão 3.2 — ainda não existiam nomenclaturas como iOS e iPadOS à época. Este foi o último produto apresentado por Steve Jobs.

O que é um iPad

Nem celular, nem notebook. O primeiro iPad apresentado era maior do que um smartphone, mas menor do que um computador laptop, criando uma nova categoria dentre os dispositivos eletrônicos móveis, o de tablets.

O Apple iPad efetivamente criou uma nova categoria de dispositivo eletrônicos móveis, a de tablets. Foto: Roberto Nickson (Unsplash)

Posteriormente, o iPad foi aprimorado, sendo lançado em uma série de novos modelos ano após ano, como o Air, o Pro e, mais recentemente, o Mini. E quando o iPhone perdeu o seu botão Home em 2017, o tablet evoluiu junto: o iPad Pro lançado no ano posterior seguiu a evolução da estrutura física do iPhone X, com uma tela touchscreen ocupando toda a dimensão do dispositivo.

Mas, com os smartphones mais em alta do que nunca, para que serve de fato o tablet da Apple?

Para que serve um iPad

Por se tratar de um dispositivo com uma tela bem maior do que a de um smartphone, naturalmente, existem possibilidades muito mais amplas para o tablet da Apple, como assistir filmes e séries em aplicativos de plataformas de streaming em tela (realmente) cheia. Conectada a esta ideia, também existe a forte tendência de pais que utilizam o iPad como uma forma de distração para bebês e crianças — obviamente, após inserir uma boa capa de proteção no dispositivo.

O Smart Keyboard da Apple definitivamente eleva o iPad a outro patamar. Foto: Daniel Korpai (Unsplash)

Ainda se aproveitando da enorme tela em comparação à do iPhone, a navegação em sites pode ser feita de maneira consideravelmente mais fácil, semelhante à de um notebook. Caso você possua um Smart Keyboard, melhor ainda: o iPad praticamente se transforma em um laptop de proporções menores — o sucesso do acessório de teclado de silicone da Apple, apresentado pela primeira vez em 2015, definitivamente levou o iPad a outro patamar.

Também em 2015, outro acessório icônico do iPad foi lançado: o Apple Pencil. Para desenhistas, ilustradores, arquitetos, designers, e artistas do ramo de desenho em geral, o tablet pode se transformar em uma verdadeira prancheta digital. O dispositivo — similar a um lápis — funciona como mágica na tela do tablet da Apple, oferecendo uma experiência incrível principalmente para quem trabalha com isto.

O Apple Pencil funciona como mágica na tela do iPad. Foto: Dose Media (Unsplash)

Para finalizar, mais um dos destaques de uso do tablet, os jogos de computador podem ser reproduzidos com muito mais autenticidade e precisão na tela do iPad do que acontecia anteriormente na reprodução da tela consideravelmente menor do iPhone.

Além destas possibilidades, o iPad pode se tornar muito mais coisas: uma tela de cinema particular dentro de um voo, um companheiro de viagem, uma tela extra para o seu MacBook, uma babá para as crianças, e o que mais você quiser.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.