5 tecnologias semiautônomas do seu carro que você precisa conhecer

5 tecnologias semiautônomas do seu carro que você precisa conhecer

Por Felipe Ribeiro | Editado por Jones Oliveira | 22 de Setembro de 2021 às 10h30
Felipe Ribeiro/ Canaltech

Se há um produto na indústria que tem tecnologia de ponta a ponta, esse produto é o automóvel. Atualmente o setor automotivo conta com veículos extremamente tecnológicos, modernos e bem equipados, dotados de itens de conforto e segurança que ajudam demais a vida dos motoristas no dia a dia, mesmo em modelos considerados mais populares. É um sinal de que esse mercado está avançando rapidamente.

Você já deve ter visto aqui em nossas análises no Canaltech que alguns automóveis estão tão bem equipados no âmbito da tecnologia que trazem consigo itens de condução semiautônomas, recursos que ajudam no trânsito e que são capazes de evitar ou mitigar acidentes, além de serem de grande auxílio em manobras e outras atividades durante a direção nas ruas.

É bem verdade que o setor automotivo também caminha para se desmembrar e ter uma boa gama de carros 100% autônomos, mas os carros convencionais também já ostentam uma boa parte desses recursos, que estão à nossa disposição há algum tempo e nem nos demos conta.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Com isso em mente, nós selecionamos 5 tecnologias semiautônomas presentes nos carros que você precisa conhecer.

5. Alerta de ponto cego

O alerta de ponto cego é um dos recursos semiautônomos mais interessantes disponíveis no mercado. Sensores espalhados pelo automóvel auxiliam durante o trânsito em manobras de mudança de faixa com a emissão de um alerta para o caso de algum veículo estar passando por trás do carro. Esse aviso pode ser visual ou sonoro, a depender do modelo, e pode, claro, ser desativado caso você prefira.

(Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

Muitos modelos no mercado e em diferentes categorias contam com essa ajuda, como o Chevrolet Tracker (foto), Jeep Compass, Volvo XC60, BMW Série 3, Volkswagen Tiguan, entre outros.

4. Frenagem automática de emergência

A frenagem automática de emergência é um dos itens mais importantes dessa lista e funciona de modos bem diferentes em cada modelo. Em alguns, ele atua em velocidades mais baixas, até 60 km/h, casos de Hyundai HB20 e do Volkswagen Taos (vídeo abaixo), por exemplo. Já em outros, o recurso funciona até nas mais altas, como no caso do Volvo XC40, S60 e até da Chevrolet S10 High Country.

Em nossos testes para o Canaltech conseguimos passar por algumas situações em que ele se fez presente, evitando algumas colisões. Quem anda nas grandes metrópoles sabe que o risco de um acidente é bem alto, mas com esses recursos, tudo fica mais fácil de ser evitado.

3. Piloto Automático Adaptativo

O piloto automático adaptativo pode ser considerado um recurso de segurança, mas também de conforto. Ao ativá-lo, o automóvel consegue manter a velocidade e a distância com base no veículo à frente, sem a necessidade de colocarmos os pés no acelerador e no freio. Em alguns automóveis, como o Ford Bronco (vídeo abaixo), ele funciona em conjunto com o sistema de permanência em faixa, que explicaremos mais adiante.

O piloto automático adaptativo se popularizou quando a Volkswagen lançou o SUV compacto Nivus, o carro mais barato do mercado com esse recurso. Mas outras empresas também equipam seus veículos com essa ferramenta, como a Toyota, com o Corolla Hybrid.

2. Assistente de estacionamento

Outro recurso semiautônomo muito interessante presente em alguns carros do mercado brasileiro é o park assist, ou assistente de estacionamento. Com ele, podemos fazer balizas e estacionar em vagas perpendiculares, aquelas de shoppings ou supermercados. Em alguns automóveis, por exemplo, não é necessário nem trocar as marchas, mas a maioria deles funciona apenas para as movimentações do veículo.

Para ativar o park assist devemos parar o carro e apertar o botão correspondente no painel ou volante. Depois disso, os radares do automóvel vão localizar a vaga e pedir para que você apenas acione a marcha à ré ou a marcha de direção para que ele mesmo realize as manobras até encaixar o carro no espaço indicado. Para isso, essa ferramenta trabalha em conjunto com os sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, além de eventuais câmeras espalhadas na lataria.

Carros como o Chevrolet Tracker, Chevrolet Onix, Jeep Compass e Volkswagen T-Cross são equipados com esse recurso.

1. Assistente de permanência em faixa

Extremamente útil em vias expressas e estradas, o assistente de permanência em faixa é um dos recursos mais atrativos quando pensamos em conforto e segurança, sobretudo em carros de grande porte. Ele atua normalmente em velocidades acima de 60km/h e corrige a trajetória do seu automóvel caso você belisque a faixa do lado sem indicar a movimentação com as setas.

(Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

Como citamos acima, esse recurso pode atuar em conjunto com o piloto automático adaptativo e funcionar de modo bem parecido com o Pilot Assist, presente em carros da Tesla e Volvo. O assistente de permanência em faixa pode ser visto em carros como o Peugeot 208, Jeep Compass, nova Fiat Toro e Nissan Kicks, para citar alguns.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.