Publicidade

Review Chevrolet Bolt EUV | Veterano elétrico segue atual e competitivo

Por| Editado por Jones Oliveira | 26 de Novembro de 2023 às 08h30

Link copiado!

Review Chevrolet Bolt EUV | Veterano elétrico segue atual e competitivo
Review Chevrolet Bolt EUV | Veterano elétrico segue atual e competitivo

A General Motors é uma das pioneiras quando pensamos em carros elétricos. Aqui no Brasil, a empresa já teve experiências marcantes, com o antigo Volt e, anos depois, com o Bolt, que acabou se tornando uma referência no mercado graças à sua eficiência e distopia tecnológica; éramos apresentados ao mundo dos carros zero emissão.

O Chevrolet Bolt recebeu uma atualização de meia vida que não modificou seu já competente powertrain, mas que foi suficiente para torná-lo mais relevante e competitivo. Seu novo design e acabamento interno, além de um incremento nos equipamentos serviram não apenas para expandir seu ciclo de vida, mas para aumentar seu sucesso nos Estados Unidos.

Aproveitando-se desse momento, a GM foi inteligente e criou a versão SUV do Bolt, o Bolt EUV, que tornou esse modelo ainda melhor e mais atraente para boa parte da clientela. O único porém, pensando no Brasil, talvez tenha sido o atraso com que ele veio e o seu preço, ainda desconectado do que temos visto, sobretudo depois da chegada dos chineses.

Continua após a publicidade

Eu passei um bom tempo com o Chevrolet Bolt EUV e vou te contar como foi a experiência de uso com esse carro elétrico.

Conectividade, Segurança e Tecnologia

Continua após a publicidade

O Chevrolet Bolt EUV é exatamente o mesmo carro quando comparamos com a versão hatch/monovolume. E isso não deixa de ser um acerto, pois a equação de preço deveria ser condizente com a proposta do veículo, sobretudo em seu país de origem. Sendo assim, não há o que reclamar (mesmo!).

De série, o Bolt EUV vem com os mesmos 10 airbags, colocando-o como um dos carros mais seguros disponíveis no Brasil. Além disso, há um pacote ADAS completo que contempla os principais itens que queremos nesse sistema, como o alerta de colisão frontal, frenagem automática de emergência, piloto automático adaptativo, alerta de ponto cego, assistente de permanência em faixa e farol alto automático.

Esses recursos receberam uma recalibração na comparação com o Bolt “normal” por conta da diferença de tamanho entre eles, mas o funcionamento, pelo menos conosco, foi impecável. Vale lembrar que, assim como o Bolt EV, o EUV não trouxe o Super Cruise, o sistema de condução semiautônoma da GM, presente na versão que testamos nos EUA.

Continua após a publicidade

Em termos de conectividade e infotenimento, também tudo segue igual. Há a ótima My Link com 10 polegadas e tela HD, com 4G nativo e a possibilidade de instalação de aplicativos nativamente, como o Spotify. Nos EUA, o Bolt já conta com o Google Built In, assim como ocorre com a Chevrolet Silverado, então, deve ser algo que podemos esperar na próxima geração do SUV elétrico. O sistema de som também é da Bose e possui qualidade muito boa, sobretudo em músicas mais graves.

O Bolt EUV, mesmo sendo um projeto antigo, segue muito completo e supera, inclusive, alguns queridinhos do mercado. Há câmera 360º para manobras, sistema de estacionamento semiautomático, controles de estabilidade e tração, frenagem pós-colisão e o concierge OnStar.

Na prática, o convívio com a parte tecnológica do Bolt EUV não mudou nada em relação ao Bolt EV e só reforçou a competência do projeto nesse sentido. Sim, o carro é posicionado acima da versão hatch, mas em termos de line up a melhoria que o modelo recebeu está mais ligada ao tipo de público que quer esse SUV na garagem.

Continua após a publicidade

Experiência de uso e Conforto

A grande mudança na comparação do Chevrolet Bolt EUV com relação ao modelo convencional está relacionada justamente à diferença de carroceria, e isso transforma completamente a sua relação com o carro e quem ele quer agradar.

O Bolt EUV é 14cm maior do que o Bolt EV (4,30m contra 4,16m), 1cm mais largo (1,77m contra 1,76m) e tem 7cm a mais de distância entre-eixos (2,67cm contra 2,60m), e isso corrige algumas coisas que apontamos sobre o hatch, como o espaço interno.

Continua após a publicidade

Desse modo, o Bolt EUV acaba se tornando uma boa opção para quem busca mais espaço para abrigar a sua família, já que o habitáculo interno é bem mais confortável do que no hatch. O porta-malas, por sua vez, perdeu um pouco de litragem e segue ruim, assim como no irmão menor. Agora, são 462 litros, ante os 478 vistos no Bolt EV. Na prática, é como se não houvesse esse tamanho todo da ficha técnica.

Outra mudança que sentimos no Bolt EUV foi no ajuste de suspensão. Aqui, o carro é bem mais molenga do que o Bolt EV, e isso traz um pouco mais de solavancos em terrenos complicados. Há, no geral, mais conforto do que no hatch, mas é algo que o público brasileiro pode não curtir tanto, já que se perde um pouco do dinamismo do veículo.

E por falar em dinamismo, os 1.711kg do Bolt EUV (70 a mais do que o EV) afetam diretamente o desempenho e a autonomia do carro, mas nada que chegue a incomodar. O motor, que é o mesmo do hatch, segue com 203cv e 36,7 kgf/m de torque, proporcionando arrancadas excelentes e retomadas seguras e precisas.

Continua após a publicidade

A diferença de 0,4s no 0 a 100km/h, que agora é de 7,7s (no EV é de 7,3s) quase não é sentida. O mesmo vale para a autonomia, que é de 456km no SUVm, enquanto no hatch fica em 459km, pelo menos oficialmente. Na prática, os números são bem parecidos e é possível se aproveitar bem do ótimo sistema de regeneração do carro, que ajuda a carregar a bateria de 66 kWh em situações como descidas e frenagens.

O modo “one pedal”, por sua vez, eleva o grau de aprendizagem sobre o uso de um carro elétrico e pode expandir ainda mais a autonomia, desde que você se acostume com ele. Como o Bolt não tem o modo “roda livre”, o ideal é você fazer uso de algumas esticadas e depois recuperar a energia com as frenagens, bastando retirar o pé do acelerador. Acredite, faz diferença.

Os itens de conforto do Bolt EUV também são os mesmos do EV. Há ajuste elétrico para o banco do motorista, aquecimento de volante e bancos dianteiros, ar condicionado digital e automático, entradas USB do tipo A e C, carregador de celular por indução, sensor de chuva, sensor crepuscular, retrovisor interno eletrocrômico, chave presencial e teto solar panorâmico.

Continua após a publicidade

Design e Acabamento

Como não existia o Bolt EUV antes dessa reestilização feita pela GM, o SUV segue o mesmo padrão que vimos no modelo hatch. Há um alinhamento de identidade visual como que conhecemos dos carros da montadora apelo mundo, mas a diferenciação por ser um carro elétrico é vista em alguns detalhes, como a grade sem entradas de ar e as rodas, que ajudam na aerodinâmica.

Continua após a publicidade

O Bolt EUV é um carro bem bonito e com aparência agradável, que não enjoa. Suas linhas são bem sóbrias tanto no exterior quanto no interior. Este, por sinal, segue muito bem-acabado e com qualidade premium, relembrando os velhos tempos da Chevrolet no Brasil.

O conjunto óptico, como é de se esperar, é todo em LED, com lanternas bem afinadas e as demais luzes posicionadas mais próximas ao para-choque.

Concorrentes

Continua após a publicidade

Se considerarmos apenas o porte, os concorrentes do Chevrolet Bolt EUV podem ser vários. Desde o Peugeot e-2008 GT, até o Volvo C40 Plus, Renault Megáne E-Tech, JAC E-JS4 e Mercedes-Benz EQA 250, todos com valores entre R$ 200 mil e R$ 450 mil.

Mas os hatches compactos da BYD e GWM, como o Dolphin e o Ora, com certeza podem atrair o cliente do Bolt EUV. Por aqui, os preços caem para menos de R$ 200 mil.

Chevrolet Bolt EUV: O SUV elétrico vale a pena?

Continua após a publicidade

O Chevrolet Bolt EUV é um ótimo produto e segue competitivo mesmo sendo um projeto considerado antigo dentro do mercado de carros elétricos. Com ótimo motor, espaço interno e autonomia longeva, esse carro pode conquistar clientes justamente por suas valências, mesmo com alguns percalços.

A General Motors confirmou que o Bolt EUV sai de linha no Brasil esse ano e não há certeza que a próxima geração vá chegar por aqui. Além disso, seu preço, que é razoável, já poderia ser reduzido, justamente visando uma maior participação no mercado. É um enorme desperdício.

O Chevrolet Bolt EUV pode ser encontrado em todo o Brasil por R$ 279.990.

No Canaltech, o Chevrolet Bolt EUV que eu avaliei foi gentilmente cedido pela General Motors do Brasil.