Xiaomi Mi Mix 4 é oficializado como primeiro da marca com câmera sob o display

Xiaomi Mi Mix 4 é oficializado como primeiro da marca com câmera sob o display

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 10 de Agosto de 2021 às 10h21
Divulgação/Xiaomi

Em evento realizado nesta terça (10) a Xiaomi finalmente oficializou o Mi Mix 4, mais novo smartphone premium e primeiro da marca a empregar a tecnologia de câmera sob o display. Com visual que lembra o Mi 11 Ultra, o dispositivo se destaca pelas especificações poderosas, que incluem Snapdragon 888+, conjunto de câmeras com lente periscópio e ampla gama de conexões.

Mi Mix 4 é primeiro da marca com câmera sob o display

O principal destaque do Mi Mix 4 é a câmera frontal sob o display, que permite a implementação de uma tela sem interrupções. Para conseguir fazer com que o sensor se torne praticamente "invisível", a Xiaomi redesenhou os circuitos do painel, utilizou Óxido de Índio e Estanho (ITO), adotou subpixels transparentes e empregou algoritmos de processamento de imagem.

A Camera Under Panel (CUP), como a Xiaomi chama sua tecnologia, emprega novos materiais e algoritmos e redesenha os circuitos para obter um resultado quase perfeito (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Todas essas modificações reduzem a refração que chega ao sensor de 20 MP, resultando em imagens menos borradas e permitindo que mais luz passe pela tela. A fabricante promete ainda que a qualidade de exibição não foi afetada, considerando que a região da câmera frontal entrega densidade de pixels de 400 PPI.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

No ambiente controlado da apresentação, a câmera sob o display da Xiaomi impressiona (Imagem: Reprodução/In Tech)

Mesmo com as mudanças, a tela AMOLED de 6,67 polegadas traz especificações bastante robustas, como resolução Full HD+ de 2400 x 1080 pixels, taxa de atualização de 120 Hz, amostragem de toque de 480 Hz, suporte a conteúdo em HDR10+ e Dolby Vision, além de profundidade de cores de 10-bit, para reprodução de até 1 bilhão de tonalidades diferentes. A proteção fica por conta do Gorilla Glass Victus.

Sendo um modelo premium, o processamento também recebeu atenção, contando com chipset Snapdragon 888+, acompanhado de 8 GB ou 12 GB de RAM LPDDR5 e 128 GB, 256 GB ou 512 GB de armazenamento UFS 3.1. Para manter o conjunto sob controle, há um sistema avançado de resfriamento que traz placas de grafeno e grafite, em uma área total de 11.588 mm², que dissipam o calor por todo o corpo do telefone.

O sistema de câmeras conta com um sensor principal de 108 MP, telefoto periscópio de 8 MP com zoom óptico de 5x e digital de 50x, além de ultra wide com lente líquida de 13 MP (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

As câmeras traseiras são outro destaque, organizadas em um módulo muito similar ao do Mi 11 Ultra. Com três lentes, há sensor principal de 108 MP, acompanhado de uma lente telefoto periscópio de 8 MP com zoom óptico de 5x e híbrido de até 50x, além de uma ultrawide de 13 MP com campo de visão de 120°.

Como apurou o leaker Chun, que havia divulgado a primeira propaganda oficial do dispositivo nesta segunda (9), o sensor de 108 MP é o mesmo presente em modelos como o Mi Note 10 e a linha Mi 10, um tanto antigo. A ultrawide é a mesma do Mi Mix Fold, com lente líquida para facilitar o foco, enquanto a telefoto foi retirada do Mi 11 Pro.

O resfriamento fica a cargo de uma conjunto de folhas de grafite e grafeno que, segundo a Xiaomi, representam uma área total de dissipação de 11.588 mm² (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Se houve economia nos sensores, a Xiaomi investiu pesado em conectividade. O Mi Mix 4 traz Wi-Fi 6, Bluetooth 5.2, NFC, 5G e a tecnologia de Ultra Wideband (UWB), também presente em aparelhos como o iPhone 12 e o Galaxy S21 Ultra, que utiliza ondas de altíssima frequência para se comunicar com alta precisão com outros dispositivos e acessórios.

A bateria de 4.500 mAh traz de volta a tecnologia de carregamento de 120 W da empresa, agora com os modos padrão e rápido. No primeiro caso, o celular completa a recarga em 21 minutos, chegando aos 15 minutos no segundo modo.

O Xiaomi Mi Mix 4 chega com corpo feito totalmente de cerâmica, com certificação IP68, nas cores branco, cinza e preto (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Há ainda carregamento sem fio de 50 W, também com os modos padrão e rápido, que recuperam a energia total em 45 minutos e 28 minutos, respectivamente. A Xiaomi garante que, mesmo com a alta potência, a temperatura do novo Mi Mix é mantida na casa dos 37 °C o tempo todo.

No mais, o lançamento conta com novo modo de localização de alta precisão e aumento de sinal de rede com UWB, construção em cerâmica com certificação IP68 de resistência à água e poeira, áudio estéreo otimizado pela Harman Kardon e Android 11, rodando sob a MIUI 12.5.

Preço e disponibilidade

O Xiaomi Mi Mix 4 chega ao mercado chinês na próxima segunda-feira, 16 de agosto, nas cores preto, cinza e branco, com preços sugeridos de 4.999 yuan (cerca de R$ 4.030, em conversão direta) para a versão de 8 GB/128 GB, 5,299 yuan (R$ 4.282) para o combo de 8 GB/256 GB, 5.799 yuan (R$ 4.686) para o modelo de 12 GB/256 GB e 6.299 yuan (R$ 5.090) para a variante de 12 GB/512 GB. Ainda não há informações sobre a chegada do dispositivo ao mercado global.

Xiaomi Mi Mix 4: ficha técnica

  • Tela: AMOLED de 6,67 polegadas Full HD+, com resolução de 2400 x 1080 pixels, taxa de atualização de 120 Hz, amostragem de toque de 480 Hz, HDR10+, Dolby Vision, Gorilla Glass Victus
  • Chipset: Qualcomm Snapdragon 888+
  • Memória RAM: 8 GB ou 12 GB de RAM LPDDR5
  • Armazenamento interno: 128 GB, 256 GB ou 512 GB UFS 3.1
  • Câmera traseira: 108 MP (Principal, f/1.95) + 13 MP (Ultra wide, lente líquida, f/2.2, 120º) + 8 MP (Telefoto, zoom óptico de 5x, digital de 50x)
  • Câmera frontal: 20 MP, sob o display
  • Dimensões: 162,65 x 75,35 x 8,02 mm
  • Peso: 225 gramas
  • Bateria: 4.500 mAh com carregamento rápido de 120 W e recarga sem fio de 50 W
  • Extras: 5G, Wi-Fi 6, NFC, Ultra Wideband (UWB), sensor infravermelho, Bluetooth 5.2, corpo em cerâmica, certificação IP68, áudio estéreo otimizado pela Harman Kardon
  • Cores disponíveis: preto, cinza e branco
  • Sistema operacional: Android 11, sob a MIUI 12.5

Fonte: Xiaomi

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.