Xiaomi confirma data de lançamento do Mi Mix 4 e Mi Pad 5

Xiaomi confirma data de lançamento do Mi Mix 4 e Mi Pad 5

Por Bruno Bertonzin | Editado por Wallace Moté | 03 de Agosto de 2021 às 09h19
Reprodução/Xiaomi

Após inúmeros rumores, a Xiaomi finalmente se pronunciou oficialmente e confirmou uma data de lançamento para o Mi Mix 4. Segundo a fabricante, o aparelho será apresentado ao lado do Mi Pad 5 ainda neste mês.

Na última segunda-feira (02), o CEO da empresa, Lei Jun, participou de uma live com outros executivos da chinesa para dar alguns detalhes sobre seus futuros dispositivos. Durante a apresentação, o diretor executivo confirmou que a companhia irá promover um evento no dia 11 ou 12 de agosto e que, na ocasião, será oficializado “um novo celular” e o Mi Pad 5.

A única confirmação que temos, até o momento, é que o Mi Mix 4 terá sua câmera frontal escondida embaixo do display. Será a primeira vez que a Xiaomi implementará essa tecnologia em um de seus celulares — algo que era esperado para o Mi Mix Fold, mas que ficou para um futuro smartphone.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

(Imagem: Reprodução/MyDrivers)

Apesar de as informações até o momento serem escassas, alguns rumores já nos dão uma boa noção do que esperar pelo próximo telefone conceito da Xiaomi. O principal é a presença do chipset Snapdragon 888 da Qualcomm. Na frontal, ele pode ser equipado com uma tela OLED de 6,6 polegadas, com resolução Full HD+

O conjunto deve ser alimentado por uma bateria de 5.000 mAh com suporte para carregamento rápido de 120W — o mais potente da empresa até agora. Já para a carga wireless, é especulado que ele também conte com uma boa potência, com 70 ou 80W.

Mi Pad 5

(Imagem: Reprodução/Gizchina)

Quanto ao Mi Pad 5, tablet que deve ser apresentado na mesma ocasião, a empresa pode apresentar a série em três variantes — a mais potente deve contar com o Snapdragon 870, a intermediária pode chegar com o Snapdragon 860, enquanto a versão mais simples é especulada com um chipset da série Snapdragon 700 ou com o MediaTek Dimensity 1200.

A linha contará com uma tela IPS LCD de 10,9 polegadas, com resolução 2K e taxa de atualização de 120 Hz. Em relação às câmeras, o modelo de entrada deve contar com uma lente principal de 12 MP na traseira, enquanto o sensor do mais avançado será de 48 MP.

Por fim, a bateria será de 8.750 mAh, com suporte para carregamento rápido entre 30W e 67W — com a maior potência destinada ao modelo mais avançado entre as três variantes.

Fonte: Gizchina

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.