Samsung anuncia Galaxy Z Fold 3 com câmera sob o display, IPX8 e suporte à S Pen

Samsung anuncia Galaxy Z Fold 3 com câmera sob o display, IPX8 e suporte à S Pen

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 11 de Agosto de 2021 às 11h00
Divulgação/Samsung

Após meses de vazamentos, a Samsung finalmente oficializou na manhã desta quarta-feira (11) o Galaxy Z Fold 3, topo de linha da nova geração de dobráveis da marca. Como os rumores haviam apontado, o aparelho chega com um visual repaginado, construção significativamente mais premium que seus antecessores e novidades de peso, incluindo resistência à água e câmera sob o display.

O Canaltech teve a oportunidade de testá-los por um período limitado e, junto às especificações e recursos, traremos as nossas primeiras impressões das novidades oferecidas pelo aparelho.

Galaxy Z Fold 3 traz Snapdragon 888 e telas de 120 Hz

Principal lançamento do Unpacked 2021, o Galaxy Z Fold 3 é o representante da Samsung no segmento de celulares premium e, assim sendo, é o que estreia o maior número de tecnologias. O modelo é equipado com chipset Snapdragon 888, acompanhado de 12 GB de RAM e 256 GB ou 512 GB de armazenamento, sem possibilidade de expansão.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

A tela externa conta com painel Dynamic AMOLED 2X de 6,2 polegadas em proporção 24,5:9, com resolução HD+ de 2268 x 832 pixels e taxa de atualização de 120 Hz, contra apenas 60 Hz do Z Fold 2. Centralizado no topo, a câmera frontal externa é abrigada em um furo e traz resolução de 10 MP, similar à utilizada na geração anterior.

Agora com taxa de atualização de 120 Hz em ambas as telas, o Galaxy Z Fold 3 traz Corilla Glass Victus na região externa e UTG mais resistente na área interna (Imagem: Divulgação/Samsung)

Enquanto isso, a tela interna adota display Dynamic AMOLED 2X de 7,6 polegadas em proporção 22,5:18, com resolução QXGA+ de 2208 x 1768 pixels e taxa de atualização de 120 Hz. É nela que se encontram as principais novidades do celular — além de empregar uma versão mais resistente do vidro ultrafino (UTG) com película 80% mais forte e prometer suportar até 200 mil dobras, o painel abriga a primeira câmera sob o display da Samsung, e conta com suporte à S Pen.

Câmera sob o display e S Pen

A lente sob o display traz resolução de 4 MP e é posicionada na mesma região em que o furo do Galaxy Z Fold 2 estava implementado. Ainda que empolgante, a solução está longe de ser perfeita — a redução na resolução na área da câmera é notável, e as fotos capturadas tem baixo nível de detalhes, além de apresentar um efeito de embaçamento próximo a fontes intensas de luz. A situação é bastante semelhante à enfrentada pelo Axon 20, da ZTE.

A S Pen Fold Edition e a S Pen Pro operam em uma frequência difereente dos modelos tradicionais, para impedir que danos sejam causados à tela dobrável (Imagem: Divulgação/Samsung)

Ainda assim, a novidade é bem-vinda e pode ser facilmente esquecida conforme o uso, entregando uma imersão maior que entalhes, furos ou outras soluções do gênero. A adição da S Pen, por outro lado, é feita de maneira um pouco mais suave: a Samsung desenvolveu uma versão específica da caneta para a tela dobrável, que opera em uma frequência diferente das versões tradicionais presentes em outros modelos da marca.

O acessório traz ponta retrátil, que impede a perfuração do display, e com formato menos pontiagudo. A empresa trouxe ainda mais detalhes da S Pen Pro, anunciada em janeiro, mas que só agora chega ao mercado, por também ter suporte ao Galaxy Z Fold 3 — trazendo os gestos via Bluetooth, o dispositivo conta com um botão pelo qual é possível mudar a frequência entre o modo "S Pen" tradicional e o "Fold Edition".

Corpo com Armor Aluminum e certificação IPX8

A outra grande novidade do Z Fold 3 está na construção, que pela primeira vez em um celular dobrável conta com certificação IPX8, de resistência à água. Para conseguir esse feito, a Samsung reduziu o espaço nas aberturas, empregou materiais anticorrosivos no interior e aplicou uma vedação composta por uma espécie de borracha na dobradiça e ao redor da tela dobrável, com flexibilidade suficiente para permitir a dobra do telefone sem problemas.

A empresa explica que líquidos ainda podem entrar no aparelho, mas acabam secando sem causar danos — do mesmo modo que telefones comuns com IP68 podem ter a porta USB-C mergulhada em água sem sofrer avarias. É importante lembrar que, para adquirir a certificação, o Z Fold 3 foi submetido a múltiplos mergulhos em até 1,5 metro de profundidade, por 30 minutos.

Vale ressaltar ainda que a certificação é apenas IPX8, e não IP68, já que poeira e outros detritos ainda podem acessar os componentes internos e causar problemas. Barrar a passagem do pó é um desafio que não teve solução definitiva encontrada, ao menos por enquanto.

Além da resistência a líquidos, o dobrável está mais durável — há Gorilla Glass Victus na tela externa e no painel traseiro, e a estrutura utiliza o chamado Armor Aluminum, que segundo a Samsung é "o frame de alumínio mais resistente" já utilizado pela companhia, sendo 10% mais forte que a versão tradicional do metal. De fato, o aparelho passa a sensação de ser um celular mais bem construído que seus antecessores.

A nova estrutura Armor Aluminum promete ser 10% mais resistente que o alumínio tradicional (Imagem: Divulgação/Samsung)

Visualmente falando, o formato do Z Fold 3 ainda mantém muitas das características do Z Fold 2, mas há um design mais refinado, com módulo de câmeras significativamente menor, vidro traseiro fosco e novas opções de cores: preto, prata e verde-escuro.

Câmeras, bateria e mais

O conjunto de câmera não traz grandes novidades — há três lentes traseiras, com sensor principal de 12 MP, ultrawide de 12 MP com campo de visão de 123° e telefoto também de 12 MP, com zoom óptico de 2x e digital de até 10x. As melhorias ficam a cargo do processamento de imagem, agora turbinado pelo Snapdragon 888.

A bateria sofreu uma redução modesta e conta com 4.400 mAh. No mais, temos conectividade 5G, Wi-Fi 6, Bluetooth 5.2, leitor de digitais integrado ao botão de energia na lateral e áudio estéreo.

Entre outras novidades, a One UI 3.1.1 aprimora o modo de tela dividida (Imagem: Divulgação/Samsung)

Por fim, o sistema operacional é o Android 11, rodando sob a nova One UI 3.1.1. Como o nome sugere, trata-se de uma revisão modesta da interface da empresa, refinando alguns menus e animações, e aprimorando recursos como o de tela dividida, especialmente útil para os dobráveis, agora capazes de forçar apps incompatíveis para funcionar com o modo semidobrado.

Outros anúncios de destaque

A Samsung também anunciou que pretende fortalecer as medidas voltadas para reduzir os impactos ambientais. A companhia revelou algumas medidas que serão implementadas na cadeia de produção de dispositivos móveis até 2025, incluindo redução no consumo de energia do modo espera dos aparelhos para 5 mW, uso de materiais reciclados em todos os produtos e eliminação do plástico nas embalagens

Fora isso, haverá ainda redirecionamento de resíduos para aterros e otimização do ciclo de vida dos dispositivos, o que pode significar que as políticas de atualização dos celulares devem ser estendidas, ainda que não haja confirmação até o momento.

Falando especificamente sobre a linha Galaxy Z, a gigante sul-coreana confirmou que o Galaxy Z Fold 2 e o Galaxy Z Flip serão descontinuados conforme a nova geração começar a ser vendida, e que a família de dobráveis deve se manter focada no segmento premium, ao menos por enquanto.

Preço e disponibilidade

O Samsung Galaxy Z Fold 3 chega ao mercado com preços sugeridos de US$ 1.799 (algo em torno de R$ 9.395, em conversão direta). Por enquanto, ainda não há detalhes sobre o lançamento do dispositivo no Brasil.

Samsung Galaxy Z Fold 3: ficha técnica

  • Tela Interna: Dynamic AMOLED 2X de 7,6 polegadas, proporção 22,5:18, resolução QXGA+ de 2208 x 1768 pixels, taxa de atualização de 120 Hz
  • Tela Externa: Dynamic AMOLED 2X de 6,2 polegadas, proporção 24,5:9, resolução HD+ de 2268 x 832 pixels, taxa de atualização de 120 Hz
  • Chipset: Qualcomm Snapdragon 888
  • Memória RAM: 12 GB
  • Armazenamento interno: 256 GB ou 512 GB UFS 3.1
  • Câmera traseira: 12 MP (Principal, f/1.8) + 12 MP (Ultra wide, f/2.2, 123º) + 12 MP (Telefoto, zoom óptico de 2x, digital de 10x)
  • Câmera frontal: 10 MP (f/2.2, externa), 4 MP (f/1.8, interna, sob o display)
  • Dimensões: 158,2 x 67,1 x 16 mm (aberto), 158,2 x 128,1 x 16 ~ 14,4 mm (dobrado)
  • Peso: 271 gramas
  • Bateria: 4.500 mAh
  • Extras: 5G, Wi-Fi 6, NFC, Bluetooth 5.2, suporte à S Pen (Fold Edition ou S Pen Pro), certificação IPX8, leitor de digitais na lateral, áudio estéreo
  • Cores disponíveis: preto, prata e verde
  • Sistema operacional: Android 11, sob a One UI 3.1.1

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.