Review Samsung Galaxy Tab S8 | Um tablet potente e com 5G

Por Jucyber | Editado por Léo Müller | 21 de Junho de 2022 às 15h53
Ivo Meneghel Jr/ Canaltech

Samsung Galaxy Tab S8 5G é o novo tablet topo de linha da sul-coreana. Lançado no primeiro trimestre de 2022, o dispositivo traz diversos diferenciais que fazem sentido para quem está em busca de um produto potente e com o sistema operacional Android.

Entre os diferenciais, está a tela de 11 polegadas em alta resolução e taxa de atualização de 120 Hz, além do som imersivo reproduzido pelos alto-falantes estéreo embutidos no Tab S8. E por se tratar de um tablet topo de linha, a grande novidade nas especificações é a plataforma Snapdragon 8 Gen 1, que traz como ponto positivo a compatibilidade com a conexão 5G.

Para os fãs de acessórios, o Galaxy Tab S8 já conta com a caneta S Pen em sua caixa, e isso já permite uma flexibilização do uso em diferentes tipos de experiência, pois o equipamento ajuda a explorar outros recursos embutidos no produto.

Quer saber se vale a pena comprar o Samsung Galaxy Tab S8 5G? Então, confira a análise completa.

Confira o preço atual do Samsung Galaxy Tab S8 5G

Prós

  • Desempenho
  • Interface intuitiva
  • S Pen na caixa
  • Som imersivo e de qualidade

Contras

  • Bateria com baixa duração
  • Preço

Design e construção

O Samsung Galaxy Tab S8 possui um design bem parecido com o que vemos em outros tablets da marca, como é o caso da linha S7. Entretanto, ele também lembra bastante o iPad Air de 5ª geração, que é um dos seus principais concorrentes no mercado atualmente.

Isso porque o dispositivo da gigante sul-coreana traz laterais mais quadradas e cantos arredondados. À esquerda, estão os conectores magnéticos que possibilitam o plugue do aparelho em teclados compatíveis e capas que são comercializadas pela marca.

À direita, estão os botões físicos, e a configuração deles no Tab S8 é bem parecida com o que a gente tem acesso nos smartphones da marca. Logo, a adaptação não será difícil, já que a única alteração é na ordem das teclas.

O botão de ligar fica na parte de cima, e tem como vantagem o fato de ser configurável para permitir o desbloqueio via leitura de digital, bem como acionar a assistente virtual Bixby. Já o segundo é maior e serve para o controle do volume.

Além dos botões, também está presente nessa área — um pouco mais abaixo — a gaveta que traz um slot para chip de operadora e outro para cartão micro SD para expansão do espaço interno do produto.

No topo, existem os alto-falantes que fazem conjunto com mais dois na parte inferior. O Tab S8 também tem uma entrada USB-C que permite o carregamento do produto, bem como a transferência de dados para outros dispositivos.

Samsung Galaxy Tab S8 (Imagem: Ivo/Canaltech)

Tela

A tela do Galaxy Tab S8 possui painel LCD que traz como diferenciais a sua resolução e a frequência. O display de 11 polegadas é de 1600 x 2560 pixels e tem taxa de atualização adaptável de 120 Hz. Na prática, isso quer dizer que a ativação dessa opção nas configurações permite que a frequência da navegabilidade varie de acordo com a necessidade de cada aplicativo ou jogo.

Por exemplo, para entrar em sites não é preciso explorar 120 Hz, enquanto alguns games já permite o aproveitamento máximo dessa configuração. Uma vantagem desse recurso com esse formato de uso é que a autonomia de bateria pode ser maior do que em tablets que possuem essa função travada na taxa de atualização máxima.

Um ponto negativo na tela do Tab S8 é que a falta de uma opção mais avançada de painel — como é o caso do Super AMOLED presente no Tab S8 Plus e Tab S8 Ultra — faz com que a visualização de algumas cores não seja tão boa quanto o desejado. O exemplo mais claro disso é que o branco fica meio amarelado e o preto mais puxado para um tom escuro de marrom.

Entretanto, o brilho do display é agradável, e o ajuste em 50% já é mais do que suficiente para ter uma visibilidade coerente dos conteúdos em diferentes tipos de iluminação, principalmente sob a luz do sol.

Tela do Galaxy Tab S8 (Imagem: Ivo/Canaltech)

S Pen na caixa do Tab S8

Dentre as muitas características elogiáveis no Tab S8, está o fato de o aparelho ter compatibilidade com a caneta touch S Pen. Além disso, a Samsung disponibiliza uma unidade do acessório na caixa do produto, e isso faz com que não seja necessário comprar à parte.

Com ela, é possível realizar anotações em e-books, desenhas e até mesmo escrever em forma de substituição do teclado, pois o algoritmo consegue realizar a interpretação da grafia e transformar em texto digitado.

Todavia, nem sempre essa função funciona como o esperado. Para conseguir pesquisar uma palavra composta, é um desafio, porque, ao escrever a primeira palavra, a busca é iniciada. E, muitas vezes, a minha letra não foi interpretada corretamente, e o termo ‘PUBG’ se transformou em ‘Puig’ ou ‘Rubg’.

Espero que essa função seja corrigida em breve, pois a ferramenta é muito útil para quem está em processo de “alfabetização digital” e ainda não tem domínio no uso de teclados virtuais.

S Pen do Galaxy Tab S8 (Imagem: Ivo/Canaltech)

"Um dos maiores acertos da Samsung no Tab S8 foi inserir a caneta S Pen na embalagem do produto. Assim, o usuário não precisa se preocupar com um gasto extra para ter o acessório e explorar outras funcionalidades do tablet."

— Jucyber

Configurações e desempenho

O Samsung Galaxy Tab S8 tem uma configuração robusta e equivalente aos smartphones da linha S22. Isso porque o tablet vem equipado com a plataforma Snapdragon 8 Gen 1, que é um dos chipsets mais avançados do mercado.

Como vantagem para a experiência de uso, o hardware da Qualcomm libera a compatibilidade com a conexão 5G para o produto da sul-coreana. Obviamente, o Brasil ainda está em processo de implementação da tecnologia, então, por hora, somente o 5G DSS pode ser aproveitado no tablet.

Em companhia dessa CPU, o Tab S8 possui a GPU Adreno 730 que permite a configuração gráfica de diversos jogos no máximo para dar um aspecto mais vívido e realista nas jogatinas. Essa performance faz com que a presença da tela de 120 Hz seja uma vantagem ainda maior.

O Galaxy Tab S8 tem Snapdragon 8 Gen 1 (Imagem: Ivo/Canaltech)

Para completar a parte de especificações, o Galaxy Tab S8 possui na versão comercializada no Brasil 8 GB de memória RAM e 256 GB de armazenamento interno que pode ser expandido via cartão micro SD.

Nos testes de benchmark, o tablet conseguiu as seguintes pontuações nos aplicativos que utilizamos para mensurar a performance:

  • 3D Mark: 8.161 pontos e 48,90 fps (Wild Life) / 2340 pontos e 14 fps (Wild Life Extreme);
  • GeekBench: CPU: 1.198 (Single-Core); 3.216 (Multi-Core) / Compute: 5.913.

Na prática, isso quer dizer que o desempenho do Samsung Galaxy Tab S8 5G é próximo — mas ainda inferior — ao do iPad Mini (2021).

Desempenho do Samsung Galaxy Tab S8 em teste de benchmark (Capturas: Jucyber/Canaltech)

"O desempenho do Samsung Galaxy Tab S8 é extremamente atrativo para quem deseja um tablet com configurações de celular topo de linha e tela maior. A performance do produto consegue superar às expectativas desde o primeiro contato."

— Jucyber

Câmeras

Câmera traseira

O Galaxy Tab S8 tem duas câmeras em seu verso. A principal traz um sensor de 13 MP que consegue ser bem competente em diferentes cenários sob boa iluminação. As cores ficam equilibradas e nitidez é dentro do aceitável para um tablet, que não é um produto com foco em fotografia.

Já a secundária traz sensor de 6 MP para capturas em modo ultrawide. Com uma queda considerável na quantidade de megapixels em relação à principal, o grande problema dessa câmera é a falta de nitidez.

Os resultados só não ficam piores porque o pós-processamento faz um preenchimento de informações via IA. Logo, as fotos ficam parecendo pinturas, da mesma forma que vemos em modos de zoom mais avançados presentes nos celulares.

Algo que eu senti bastante falta no app de câmera do Galaxy Tab S8 foi o modo HDR para dar aprimoramentos a mais nas imagens. Se essa funcionalidade estivesse presente, acredito que ficaria mais satisfeita com as fotos feitas pelo tablet.

Câmera traseira do Galaxy Tab S8 (Imagem: Jucyber/Canaltech)

Câmera frontal

A câmera frontal do Tab S8 conta com um sensor de 12 MP e abertura f/2.4 que proporciona resultados fotográficos muito próximos dos vistos em celulares intermediários da marca, como é o caso do Galaxy A52.

Entretanto, a cor fica um pouco mais “lavada”, e isso pode ser um ponto positivo para quem prefere ajustar a saturação das fotos em programas de edição. Mas, no geral, é uma câmera que tem coerência para quem precisa utilizar em videochamadas, por exemplo.

Câmera frontal do Galaxy Tab S8 (Imagem: Jucyber/Canaltech)

Sistema de som

Uma das melhorias bem-vindas do Tab S8 5G está relacionada ao sistema de som do produto. A Samsung conseguiu implementar quatro alto-falantes no tablet, sendo dois no topo e os outros embaixo.

Com o formato de reprodução estéreo, os speakers trazem a qualidade AKG já popular nos smartphones da marca sul-coreana. O volume é bem alto e imersivo, e isso dá uma característica sonora bem atrativa ao dispositivo.

Mesmo um pouco mais distante do Tab S8, é possível ouvir o som com clareza e qualidade. Os graves, agudos e médios são equilibrados e nenhuma frequência se sobressai, e isso dá um nivelamento bem interessante ao áudio.

O fato de o aparelho não ter entrada para fones de ouvido faz com que o usuário dependa de acessórios com conexão USB-C ou Bluetooth para conseguir ter uma outra perspectiva da qualidade sonora.

O Samsung Galaxy Tab S8 tem 4 alto-falantes (Imagem: Ivo/Canaltech)

Bateria e carregamento

A bateria do Galaxy Tab S8 tem uma capacidade total de 8.000 mAh. Apesar de isso parecer muita coisa, a autonomia depende de uma série de fatores para ser agradável, como o tamanho e resolução da tela, o chipset e otimizações do sistema.

Ao contrário do que vimos no Galaxy Tab S7 FE, o Tab S8 ficou com o seu uso bem abaixo das expectativas para uma nova geração, mas está equivalente ao iPad Air (2022) no teste padrão efetuado pela equipe do Canaltech.

Na reprodução de conteúdos na Netflix, o tablet teve um consumo de 25% ao longo de três horas. Isso quer dizer que para esse tipo de uso o produto é capaz de aguentar até 12 horas antes de ter a sua bateria drenada por completo.

Utilizando de maneira hibrida — acessando redes sociais, navegando na web e jogando alguns minutos, o Tab S8 teve um gasto de 16% em 1 hora. Isso significa que para zerar a bateria seriam necessárias apenas 6 horas de uso.

O Galaxy Tab S8 tem autonomia de até 6 horas no uso prático (Imagem: Ivo/Canaltech)

Concorrentes diretos

É indiscutível que o maior concorrente do Galaxy Tab S8 no mercado atualmente é o iPad Air (2022). O aparelho traz um design bem parecido com o trabalhado pela sul-coreana em seu produto, mas algumas vantagens e desvantagens me relação ao modelo com Android.

O Air possui o chip M1 desenvolvido pela Apple para a sua linha de computadores e posteriormente migrado para os tablets. Na prática, isso fez o iPad se transformar em um dos equipamentos portáteis mais potentes do mercado.

O grande problema por trás do iPad Air (2022) é o preço. A versão com a configuração que traz 64 GB de armazenamento é comercializada por R$ 6.450, que já é um preço muito acima do modelo analisado neste texto.

E quando escolhemos a opção que é equivalente ao Tab S8 — com 256 GB de espaço interno —, o preço fica ainda maior e isso faz com que a escolha pelo produto da Apple não seja tão atrativa para o bolso, já que o valor alcança mais de R$ 8.400.

iPado Air (2022) (Imagem: Ivo/Canaltech)

Conclusão

O Samsung Galaxy Tab S8 é a resposta que a gente esperava há muito tempo dentro do mercado de tablets Android. Apesar de o produto ser focado em um público que está interessado por um dispositivo topo de linha, as configurações fazem jus ao que ele entrega.

A performance do Snapdragon 8 Gen 1 em conjunto com outras especificações embutidas dá a versatilidade que o usuário precisa no dia a dia. Além disso, a possibilidade de explorar funcionalidades complementares no sistema com a S Pen presente na embalagem do aparelho é um grande diferencial.

Galaxy Tab S8 (Imagem: Ivo/Canaltech)

O som imersivo dos alto-falantes se junta à tela de 120 Hz para proporcionar a experiência de uso premium que o público busca e precisa em um tablet.

Dentro das expectativas para um tablet Android, o Tab S8 é a melhor opção presente no mercado brasileiro. Todavia, o produto se tornará ainda mais interessante quando o seu preço recebeu um reajuste para menos.

Afinal, com o valor próximo de R$ 5 mil, muitas vezes compensa mais completar esse gasto e ir direto para um iPad, mesmo que a Samsung tenha melhorado consideravelmente o tempo de updates disponíveis para o equipamento.

Se interessou pelo Galaxy Tab S8 5G? Então, clique no link abaixo e confira a melhor oferta!