NASA estende 8 missões de ciência planetária, incluindo o rover Curiosity

NASA estende 8 missões de ciência planetária, incluindo o rover Curiosity

Por Danielle Cassita | Editado por Rafael Rigues | 26 de Abril de 2022 às 14h00
Comfreak/Pixabay

Oito missões de ciência planetária da NASA tiveram sua duração estendida. A decisão foi anunciada pela NASA nesta segunda-feira (25) e inclui diferentes missões, como a Mars Reconnaissance Orbiter, o rover Curiosity e outras, que foram escolhidas pela produtividade científica e potencial que têm para aprofundar o conhecimento e compreensão sobre o Sistema Solar e além.

Cada proposta de extensão foi analisada por uma equipe de especialistas independentes da academia, indústria e, claro, da NASA. O comitê avaliou que as oito missões científicas têm potencial substancial para continuar trazendo novas descobertas, além de proporcionar também novas perguntas científicas. A maioria delas foi selecionada para ter continuidade, desde que suas respectivas espaçonaves continuem em bom estado.

A missão InSight foi estendida, mas suas atividades vão depender da energia que ainda tem em seus sistemas (Imagem: Reprodução/NASA/JPL-Caltech)

A maior parte delas recebeu extensões de três anos — entre as exceções, está a OSIRIS-REx, que continuará por mais nove anos para alcançar o asteroide Apophis. Já a sonda InSight deverá continuar em atividade pelo menos até o fim deste ano, desde que seus painéis solares continuem produzindo energia elétrica suficiente.

Lori Glaze, diretora da Divisão de Ciência Planetária, comemorou as extensões. “As missões estendidas nos proporcionam a oportunidade de alavancar os grandes investimentos da NASA em exploração, permitindo operações de ciência contínua a um custo muito menor que aquele do desenvolvimento de uma nova missão”, explicou.

Abaixo, você confere detalhes das missões e os objetivos das extensões:

  • OSIRIS-APEX (Investigadora Principal: Dra. Daniella DellaGiustina, Universidade do Arizona): a missão Origins, Spectral Interpretation, Resource Identification, Security-Regolith Explorer (OSIRIS-REx) está retornando à Terra para entregar as amostras que coletou do asteroide Bennu, em 2020. Com a extensão, a missão se torna agora OSIRIS-APophis EXplorer (OSIRIS-APEX), e será redirecionada com destino ao asteroide Apophis. A OSIRIS-APEX ficará em órbita do asteroide logo após a passagem da rocha pela Terra em 2029, estudando sua estrutura e possíveis efeitos causados pela gravidade terrestre.
  • MAVEN (Investigador Principal: Dr. Shannon Curry, University of California, Berkeley): a missão Mars Atmosphere and Volatile Evolution (MAVEN) planeja estudar a interação entre a atmosfera de Marte e o máximo solar, período de maior atividade do nosso astro durante seus ciclos de 11 anos. As observações da MAVEN durante o aumento de atividade do Sol, que está a caminho do máximo, irão ajudar na compreensão de como a atmosfera superior de Marte e seu campo magnético interagem com nossa estrela.
  • InSight (Investigador Principal: Dr. Bruce Banerdt, JPL): desde quando pousou em Marte em 2018, a missão InSight vem operando a única estação sísmica além da Terra, monitorando os “martemotos” e trazendo informações sobre o interior, formação e atividade atual do planeta. Com a extensão, a missão continuará acompanhando a atividade sísmica do Planeta Vermelho — mas isso irá depender do estado da sonda, já que ela está produzindo pouca energia elétrica em função do acúmulo de poeira em seus painéis solares.
  • Lunar Reconnaissance Orbiter (LRO) (Cientista do Projeto: Dr. Noah Petro, GSFC): com a extensão, a LRO continuará estudando a superfície e geologia da Lua, e a evolução de sua órbita permitirá a análise de novas regiões além dos polos lunares. Entre elas, estão as regiões em sombras permanentes próximas dos polos, onde gelo de água poderá ser encontrado. Além disso, a LRO ajudará nos planos da NASA para o retorno humano à Lua.
  • Mars Science Laboratory (MSL) (Cientista do Projeto: Dr. Ashwin Vasavada, JPL): a missão Mars Science Laboratory, junto de seu rover Curiosity, recebeu a quarta extensão já concedida desde seu início. Com ela, o MSL irá escalar elevações mais altas, explorando camadas críticas de sulfato capazes de fornecer informações únicas sobre o passado da água em Marte.
  • New Horizons (investigador principal: Dr. Alan Stern, SwRI): a missão New Horizons recebeu sua segunda extensão, que permitirá continuar a exploração do Sistema Solar, chegando a até 63 unidades astronômicas (cada uma representando a distância entre a Terra e o Sol) do nosso planeta. A sonda poderá realizar observações multidisciplinares relevantes, e novos detalhes sobre o plano científico da missão devem ser divulgados posteriormente.
  • Mars Odyssey (Cientista do Projeto: Dr. Jeffrey Plaut, JPL): durante a missão estendida, a Mars Odyssey irá realizar novos estudos térmicos das rochas e gelo sob a superfície do Planeta Vermelho, junto de monitoramento da radiação no ambiente e do clima. O orbitador da Odyssey seguirá oferecendo suporte para a transmissão de dados de outras naves em tempo real. A duração da missão estendida poderá ser afetada pela quantidade de propelente a bordo da nave.
  • Mars Reconnaissance Orbiter (MRO) (Cientista do Projeto: Dr. Rich Zurek, JPL): a MRO acaba de receber a sexta extensão de sua missão, que permitirá estudar a evolução da superfície de Marte, o gelo, a geologia ativa, a atmosfera e o clima do planeta. A sonda também continuará fornecendo serviços de retransmissão de dados para outras missões. Contudo, o instrumento CRISM será completamente desativado em função da perda do criorrefrigerador, que prejudicou o uso de um dos dois espectrômetros.

Fonte: NASA

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.