Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Apple Intelligence é o pacote de IA de iPhone, iPad e Mac; conheça as novidades

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 10 de Junho de 2024 às 15h09

Link copiado!

Divulgação/Apple
Divulgação/Apple
Tudo sobre Apple

Depois de Google e Samsung, a inteligência artificial desembarcou no ecossistema da Apple. A empresa introduziu o Apple Intelligence para iPhone, Mac e iPad  nesta segunda-feira (10), na abertura da WWDC 2024. Com o pacote de IA, os dispositivos terão novos recursos para editar textos, gerar imagens e muito mais com mais privacidade e com o apoio de uma Siri renovada.

IA no ecossistema da Apple

Os novos recursos fazem parte da atualização para o iOS 18, iPadOS 18 e macOS Sequoia, anunciados na mesma conferência, e concorrem com o Galaxy AI, da rival Samsung. Segundo o vice-presidente de engenharia de software da Apple, Craig Federighi, o sistema tem capacidade para trabalhar com quatro elementos: texto, imagem, ação e contexto pessoal.

Continua após a publicidade

Todo esse conjunto é integrado no núcleo dos três sistemas para otimizar as tarefas do dia a dia. Por exemplo, ao escrever um e-mail, você poderá selecionar o conteúdo para mudar o tom, fazer um resumo e até mesmo listar ou fazer uma tabela com as informações. A solução também ajuda a elencar notificações importantes e até a priorizar mensagens no Mail.

Além disso, pelos apps Telefone e Notas, os utilizadores poderão fazer uma gravação e solicitar uma transcrição ou resumo do que foi dito. Assim, você não precisará ouvir o áudio do começo ao fim para coletar informações de uma reunião ou de um pedido de orçamento de uma loja.  

O Apple Intelligence vai atuar em outras frentes, como a geração de imagens e emojis personalizados (Genmoji). Também será possível solicitar ações entre aplicativos, como pedir à Siri para reproduzir uma música que seu amigo enviou pelo iMessage no Apple Music.

Por falar em Siri, a assistente virtual da Apple recebeu melhorias para se tornar mais natural, relevante e pessoal. Além de uma mudança no visual, a plataforma poderá ser acionada para realizar ações com mais profundidade e até mesmo interpretar o que está disponível na tela do dispositivo ao fazer o pedido.

Essas novidades, cabe ressaltar, funcionarão tanto nos softwares da própria Apple, como o Mail, Notas e Pages, quanto em apps de terceiros. 

Integração com o ChatGPT

Os usuários também poderão aproveitar a integração com o ChatGPT nas novas versões dos sistemas operacionais da Apple. Através da Siri, será possível escolher o chatbot da OpenAI para receber os resultado das suas dúvidas, perguntas e muito mais. A aproximação permite até o envio de documentos ou fotos ao fazer a solicitação, caso queira aprofundar o pedido.

Continua após a publicidade

O modelo também vai auxiliar na edição de texto e nos recursos para gerar imagens. "O ChatGPT chegará ao iOS 18, iPadOS 18 e macOS Sequoia ainda este ano, com tecnologia GPT-4o", anunciou a empresa. "Os usuários podem acessá-lo gratuitamente sem criar uma conta, e os assinantes do ChatGPT podem conectar suas contas e acessar recursos pagos diretamente dessas experiências."

IA com promessa de privacidade

Seguindo o posicionamento dos últimos anos, a Apple prometeu mais privacidade em seu sistema de inteligência artificial. Para isso, a empresa apostou no processamento no próprio dispositivo, uma vez que os chips Apple A17, M1, M2, M3 e M4 têm essa capacidade.

Continua após a publicidade

Isso significa que os dados são trabalhados e armazenados no próprio celular, tablet ou computador, sem depender da nuvem. Contudo, caso um processo não possa ser executado no dispositivo por ser mais complexo e mais pesado, o sistema vai utilizar servidores da Apple para rodar a requisição com a mesma promessa de segurança e privacidade.

Para isso, a empresa anunciou o Private Cloud Compute, que permite o uso do Apple Intelligence na nuvem sem armazenar dados. Além disso, as informações são usadas apenas para atender as solicitações do usuário, segundo a fabricante.

A Apple também garante que o ChatGPT não vai armazenar as solicitações dos usuários e não terá acesso aos endereços IP durante o uso da integração. Contudo, as políticas de usos de dados da OpenAI são aplicadas aos usuários que optarem por fazer login com sua própria conta do chatbot.

Continua após a publicidade

Quais dispositivos vão receber os recursos de IA?

O Apple Intelligence vai marcar presença no iPhone 15 Pro e iPads e Macs com o processador Apple M1 ou mais recente, configurados para o inglês dos Estados Unidos. Por ora, não há previsão de lançamento do recurso em modelos mais antigos.

Todas as novidades serão distribuídas com as novas versões dos sistemas operacionais da Apple, como o iOS 18. A previsão é que a atualização seja liberada a todos os consumidores até o fim do ano, possivelmente em setembro, data prevista para o lançamento dos novos iPhones e Apple Watches.

Continua após a publicidade

"Alguns recursos, plataformas de software e idiomas adicionais serão lançados ao longo do próximo ano", disse a Apple.