Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

8 programas para testar a placa de vídeo na sua capacidade total

Por| Editado por Jones Oliveira | 06 de Maio de 2024 às 11h15

Link copiado!

Jones Oliveira/Canaltech
Jones Oliveira/Canaltech

A placa de vídeo é um dos principais componentes de qualquer computador, responsável não apenas pelo sinal de vídeo da máquina, como também pelo processamento gráfico intenso, seja para games ou para aplicações profissionais.

Por isso, é importante fazer uma boa manutenção periódica na placa de vídeo, a fim de evitar superaquecimento e outros problemas que afetam seu funcionamento. E a melhor forma de fazer isso é recorrer a programas que testam a placa de vídeo em sua capacidade total.

Comumente chamados de apps de benchmarks, esses programas simulam cenários de uso extremo para estressar placas de vídeo e processadores. Com isso, os chips desses produtos chegam à sua potência e temperatura máximas, dando uma noção de como eles estão funcionando e oferecendo um demonstrativo do que são capazes de entregar em games, aplicações de uso profissional e cotidiano.

Continua após a publicidade

Assim, o Canaltech listou 8 programas para você testar a integridade da sua placa de vídeo durante os processos de manutenção, overclocking e undervolting, ou até mesmo avaliar sua capacidade máxima.

1. Time Spy Extreme 

Abrindo nossa caixa de ferramentas para entortar placas de vídeo, o Time Spy Extreme é um dos testes mais pesados que podemos indicar. Esse benchmark faz parte do 3DMark, um dos mais famosos softwares para testagem de componentes no PC, e possui diversos outros benchmarks inclusos.

Inclusive, é interessante ressaltar que esse é um dos testes usados na bateria de benchmarks nas análises de hardware do CTUP. O Time Spy Extreme é voltado para placas de vídeo que rodam em DirectX12 e todo o processo é realizado em 4K para colocar a placa de vídeo em seu máximo.

É interessante mencionar que esse teste também pode medir a capacidade do seu processador, mas para GPUs requer que o modelo tenha no mínimo 4 GB de VRAM.

O Time Spy Extreme é uma ferramenta paga disponível no 3DMark, mas os usuários podem realizar o download do software gratuitamente e testar o Time Spy padrão em modo demo. 

2. FurMark 2 

Continua após a publicidade

O famoso teste da rosquinha está de volta em uma nova versão com o FurMark 2. Muito popular na última década, o FurMark é realmente um peso pesado no mundo dos benchmarks e o novo formato do software dá trabalho para as GPUs topo de linha, já que usa um teste intensivo baseado em OpenGL ou Vulkan.

Esse é um daqueles testes complexos, feitos essencialmente para levar placas de vídeo ao seu limite térmico. Além do clássico teste do donut, a nova versão do benchmark introduziu um teste de nó ainda mais complexo.

No fim das contas, essa é uma ótima ferramenta para colocar a sua GPU no máximo que o projeto permite e entender se há algum problema de temperatura, como thermal throttling.

Continua após a publicidade

Você pode baixar o FurMark 2 de maneira gratuita no site oficial da ferramenta.

3. V-Ray

Teste um pouco menos conhecido pelo público geral, o V-Ray consiste em uma série de benchmarks para renderização em tempo real. O programa foi desenvolvido para avaliar e comparar motores de movimento V-Ray 6 baseados em RTX e CUDA, ou seja, ele reproduz imagens realistas com uso de iluminação via Ray Tracing.

Continua após a publicidade

Isso torna esse programa bem pesado para diversas GPUs e pode ser uma boa maneira de mensurar as capacidades da placa de vídeo para profissionais, como arquitetos ou quem trabalha com modelagem. Além do teste em placas gráficas, o recurso permite que a CPU também seja estressada.

O único ponto negativo do V-Ray é a sua compatibilidade. Por trabalhar diretamente com RTX e núcleos CUDA, somente as placas NVIDIA GeForce RTX estão habilitadas para os testes. Modelos da AMD, como os testados pelo Canaltech recentemente, não possuem os requisitos necessários. 

Você pode baixar o V-Ray gratuitamente no site oficial da Chaos.

4. Cinebench 2024 

Continua após a publicidade

Passando para um programa querido por boa parte dos usuários que gostam de testar processadores, o Cinebench 2024 também permite realizar o benchmark intensivo da placa de vídeo. O funcionamento desse teste é bem similar ao de CPUs, bastando clicar no botão e esperar 10 minutos de renderização pesada.

A composição clássica dessa ferramenta força o componente a recriar uma cena 3D em loop por 10 minutos, renderizando quadro a quadro.

Tudo isso gera um estresse forte na peça e possibilita mensurar e comparar a capacidade da GPU ou processador frente a outros modelos. 

Continua após a publicidade

Com uma interface supersimples e amigável, o Cinebench 2024 pode ser baixado gratuitamente no site oficial da Maxon.

5. OCCT 

Se você quer um programa parrudo para não somente entender as capacidades máximas da sua placa de vídeo, como também executar um teste de estabilidade de todo o sistema, então o OCCT é a escolha certa. 

Apesar de ser a ferramenta com o visual mais assustador e complexo, esse também é um dos mais completos softwares para monitorar detalhadamente o seu computador. Mesmo que não seja focado nisso, o usuário pode selecionar uma opção de estresse de GPU e até mesmo testar certas particularidades, como a memória RAM.

Continua após a publicidade

Esse recurso permite o overclock e alterações nos componentes, além de criar limitações de temperatura. O uso principal do OCCT é mensurar a estabilidade geral do sistema para encontrar erros ou problemas, e pode ser a solução para quem acha que sua placa de vídeo não está trabalhando tão bem quanto poderia.

Você pode baixar o OCCT no site oficial da OCBASE gratuitamente.

6. DaVinci Resolve 

Continua após a publicidade

O DaVinci Resolve é um software de edição audiovisual amplamente utilizado na indústria cinematográfica e vem sendo popularizado por diversos profissionais da área. O motivo para isso são as facilidades, compatibilidade, plugins e boa renderização que o programa oferece, sendo uma baita opção para estimar a capacidade da sua placa de vídeo.

Por mais que não seja um benchmark técnico, o usuário pode renderizar vídeos em 4K com efeitos no editor e comparar os tempos de renderização com outros modelos na internet.

Com as melhorias dos codecs da NVIDIA, AMD e Intel, há como traçar paralelos entre todos esses modelos e botar a sua GPU para soar, já que o render de vídeos é bem pesado graficamente.

Continua após a publicidade

A boa notícia é que o DaVinci Resolve tem uma versão gratuita bem completa, além de uma versão paga. Ambas podem ser baixadas no site oficial da BlackMagicDesign.

7. AIDA64 

Mais um clássico do mundo do hardware, o AIDA64 é aquele programa que faz quase tudo. No entanto, sua principal função é levar os componentes ao extremo, estressando cada parte da placa de vídeo ou processador em um teste bem exaustivo para essas peças.

Continua após a publicidade

Também usado como software de testes do Canaltech em certas ocasiões, o AIDA64 leva GPUs ao seu limite térmico. Ademais, é possível monitorar estatísticas e realizar overclock nas peças.

É um aplicativo que deve ser usado com cautela, pois esses benchmarks podem ser bem agressivos caso rodem por muito tempo. 

O AIDA64 possui uma versão de testes, mas só pode ser completamente usado em sua versão paga.

8. SpeedWay 

Por fim, finalizando nossa sessão de tortura para placas de vídeo, o SpeedWay é outro software integrado ao ecossistema do 3DMark. Mais recente, esse teste é muito mais focado em situações de games e roda tudo em 4K para placas de vídeo compatíveis com o DirectX12.

O benchmark testa recursos importantes, como iluminação global realista via Ray Tracing e tem suporte aos famosos mesh shaders. Assim, o teste do SpeedWay é bem pesado e dá muito trabalho às placas de vídeo.

O SpeedWay está disponível para compra no site oficial do 3DMark.