SAIU O RESULTADO DO SORTEIO DO PRÊMIO CANALTECH!CONFERIR
Publicidade

O que é ray tracing?

Por| Editado por Bruna Penilhas | 16 de Agosto de 2022 às 14h00

Link copiado!

Reprodução/Nvidia
Reprodução/Nvidia

Um dos termos mais falados no mundo dos games recentemente é o ray tracing . Esse nome em inglês, que significa “traçado de raios” em português, foi um dos chamarizes para a nova geração de consoles — e um dos queridinhos dos gamers de PC.

Mas afinal, o que isso significa? E por que isso é tão importante para os jogos atualmente? O Canaltech explica a seguir.

Afinal, o que é ray tracing?

Continua após a publicidade

Ray tracing é uma tecnologia que simula o comportamento da luz no mundo real, a fim de criar gráficos mais realistas e imersivos em games e filmes. Tudo é feito em tempo real por uma inteligência artificial, em tempo real.

Além de deixar o jogo mais bonito, o ray tracing também facilita a vida do desenvolvedor, que não precisa mais criar uma iluminação artificial nem fazer sombras falsas — e, claro, fazer com que tudo pareça o mais realista possível. Isso significa que o desenvolvedor terá muito mais tempo para se dedicar a outros aspectos do jogo.

Parece um capricho bobo, mas o ray tracing pode mudar completamente os visuais de um jogo. Um exemplo fantástico é Minecraft: confira no vídeo abaixo como é o jogo sem e com ray tracing ativado.

Continua após a publicidade

Por que não são todos os jogos que têm ray tracing?

O problema é que o ray tracing exige muito poder de processamento. Para estúdios de animação, por exemplo, isso não costuma ser um empecilho: as empresas contam com inúmeros computadores gigantes e superpoderosos que renderizam tudo ao mesmo tempo. Além disso, como os filmes são obras prontas, consumidas passivamente, não importa quanto tempo eles demoram para ser renderizados.

Nos games, a situação muda: tudo é processado na hora pelo computador ou console. É por isso que ativar o ray tracing costuma diminuir drasticamente a resolução (de 4K para 1080p, por exemplo) ou quantidade de taxas por segundo (de 60 para 30 ou 24).

Continua após a publicidade

Atualmente, você ainda não consegue ter o máximo de performance com o máximo de qualidade gráfica. Porém, com o avanço da tecnologia, é provável que o ray tracing se torne um padrão na indústria dos games — até uma outra nova tecnologia melhor ainda se popularize, pelo menos.

Quais jogos têm ray tracing?

Vários jogos recentes já oferecem suporte ao ray tracing. Alguns bons exemplos são:

Continua após a publicidade
  • Battlefield V
  • Control
  • Cyberpunk 2077
  • Deathloop
  • Dying Light 2: Stay Human
  • Far Cry 6
  • F1 22
  • Fortnite
  • Marvel’s Guardians of the Galaxy
  • Minecraft
  • Marvel’s Spider Man: Miles Morales
  • Shadow of the Tomb Raider
  • The Medium
  • Watch Dogs: Legion

Como ativar o ray tracing?

Primeiro, é importante entender que o ray tracing está presente em apenas alguns jogos. Depende da desenvolvedora implementá-lo ou não. Caso o game possua o recurso, você deve ir nas configurações de vídeo do título e ativá-lo.

Continua após a publicidade

Você também precisa ter um computador ou console compatível com o ray tracing. No mundo dos PCs, você precisa ter uma placa de vídeo NVIDIA GeForce RTX (2060 ou superior), ou uma AMD Radeon RX (6600 XT ou superior). Já no dos consoles, apenas os novos PlayStation 5, Xbox Series X e Xbox Series S podem rodar ray tracing (vale notar que o Series S tem um hardware inferior e, por isso, pode não suportar o recurso em alguns jogos).

Com informações: NVIDIA

Fonte: ImaginationMUONVIDIA, Wired