Intel Arc é lançada como primeira linha de GPUs gamer da marca

Intel Arc é lançada como primeira linha de GPUs gamer da marca

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 30 de Março de 2022 às 13h15
Intel

Em evento realizado nesta quarta-feira (30), a Intel oficializou sua estreia no mercado de placas de vídeo com o lançamento da família Intel Arc. A empresa detalhou a organização da linha de GPUs, os modelos que trará ao mercado e suas especificações. Como havia revelado anteriormente, o lançamento começa pelos notebooks, com cinco modelos que atendem desde o segmento de entrada até os aparelhos mais avançados.

Linha Intel Arc é lançada

Após inúmeros teasers e demonstrações, a Intel estreia no mercado de GPUs com a linha Arc, começando os lançamentos pelos notebooks. A empresa já divulgou informações mais detalhadas no passado, mas basicamente a primeira geração de placas gamer é baseada na microarquitetura Xe-HPG "Alchemist", prometendo entregar performance competitiva frente às soluções mainstream das rivais.

A família Intel Arc será dividida em três séries: Arc 3 de entrada, Arc 5 intermediária e Arc 7 de alto desempenho (Imagem: Intel)

Entre os principais recursos estão inclusos o suporte a Ray Tracing acelerado por hardware e o Intel Xe Super Sampling (XeSS), a solução de upscaling temporal da marca, concorrente do DLSS e do FSR 2.0. Além disso, a empresa também lança um novo programa de gerenciamento para a linha, o Intel Arc Control, equivalente ao AMD Radeon Software e ao Nvidia GeForce Experience, que não exige login dos usuários.

Outro destaque é o suporte à codificação de vídeo com o codec AV1, livre de royalties, que promete turbinar a qualidade do streaming de games. A Intel é a primeira das três gigantes a suportar o recurso nativamente em placas gamer.

A família será composta por variações de apenas dois chips: o ACM-G10, antes conhecido como DG2-512, e o ACM-G11, identificado anteriormente como DG2-128. Ambos são fabricados pela TSMC na litografia N6 de 6 nm, mesma utilizada nos chips AMD Ryzen 6000 e na Radeon RX 6500 XT.

Apesar de adotar alguns conceitos de nomenclatura das rivais AMD e Nvidia, a Intel organizará sua família de GPUs gamer de modo ligeiramente diferente. Serão três séries — Intel Arc 7 para alto desempenho, Intel Arc 5 para soluções intermediárias e Intel Arc 3 para o segmento de entrada.

A linha Intel Arc utilizará os chips ACM-G10, com até 32 Xe-Cores, e ACM-G11, com até 8 Xe-Cores (Imagem: Intel)

Cada uma dessas séries contará com diferentes modelos, cujo poder de desempenho será ditado pelos dois últimos números do nome. Variantes dedicadas a notebooks contam ainda com a letra "M" no final.

Tomando como exemplo o modelo topo de linha, a Intel Arc A770M, temos o seguinte esquema de nomenclatura:

Linha Microarquitetura Série SKU Modificador de recurso
Intel Arc A 7 70 M
  • Microarquitetura: Os nomes das GPUs contam com a inicial do codinome da microarquitetura utilizada no chip gráfico. Na primeira geração, baseada na microarquitetura Xe-HPG "Alchemist", temos a letra A de Alchemist.
  • Série: A Intel separa sua linha de GPUs por séries. Cada uma delas representa o segmento ao qual a placa é destinada: série 7 para alto desempenho, série 5 para chips intermediários e série 3 para soluções de entrada.
  • SKU: Funciona de maneira similar ao que é visto nas rivais AMD e Nvidia — quanto maior o número, mais potente é a GPU.
  • Modificador de recurso: Modelos dedicados a notebooks contam com uma letra "M", de mobile. Outras variações ainda não foram anunciadas.

Intel Arc 7

Série topo de linha, a Intel Arc 7 contará com dois modelos: a Arc A770M e a Arc A730M. Ambas são baseadas no chip ACM-G10, com diferentes contagens de núcleos e memória.

A Intel Arc A770M é a GPU mais poderosa, trazendo a implementação completa de 32 Xe-Cores, o equivalente a 512 Vector Engines, também conhecidos por Execution Units (EUs), ou 4.096 núcleos. A solução traz ainda 32 RT Units para Ray Tracing, 512 Xe Matrix Extensions (XMXs) para o XeSS e outras funções de Inteligência Artificial e clocks de até 1.650 MHz.

Acompanha o componente 16 GB de VRAM GDDR6, operando em uma interface de 256-bit, e assim como os concorrentes, serão oferecidas variantes com diferentes níveis de consumo, que variam entre 120 W e 150 W.

Logo abaixo está a Intel Arc A730M, com 24 Xe-Cores, 384 Vector Engines e 3.072 núcleos, acompanhados de 24 RT Units e 384 XMXs. Os clocks são bem mais modestos, atingindo os 1.100 MHz, e há 12 GB de VRAM GDDR6, com interface de 192-bit. O modelo será disponibilizado em variantes com consumo entre 80 W e 120 W.

Intel Arc 5

Dedicada a notebooks gamer intermediários, a série Intel Arc 5 receberá apenas um modelo no momento, a Arc A550M. A solução é equipada com o chip ACM-G10, mas reduzido pela metade, com 16 Xe-Cores, 256 Vector Engines, 2.048 núcleos, 16 RT Units e 256 XMXs.

A GPU é acompanhada de 8 GB de VRAM GDDR6, trabalhando em uma interface de 128-bit. Os clocks por aqui são ainda mais modestos, atingindo os 900 MHz, enquanto o consumo terá variações entre 60 W e 80 W.

Intel Arc 3

Primeira a chegar ao mercado, estando disponível já a partir desta semana, a série Intel Arc 3 traz as soluções de entrada da empresa, baseadas no chip ACM-G11. Únicas a terem números de desempenho exibidas pela marca, as GPUs prometem oferecer o dobro de performance das Iris Xe integradas nos processadores da 12ª geração Alder Lake, mirando em rodar games em 1080P a 60 FPS com qualidade média.

A mais potente das versões é a Arc A370M, com 8 Xe-Cores, 128 Vector Engines, 1.024 núcleos, 8 RT Units e 128 XMXs. O modelo embarca 4 GB de VRAM GDDR6, operando em uma interface de 64-bit, e apresenta clocks bastante elevados de 1.550 MHz. Seu consumo poderá variar entre 35 W e 50 W.

A solução gamer mais básica da Intel é a Arc A350M, munida de 6 Xe-Cores, 96 Vector Engines, 768 núcleos, 6 RT Units e 96 XMXs. A solução também apresenta 4 GB de VRAM GDDR6, em uma interface de 64-bit, e atinge clocks de 1.150 MHz.

O Samsung Galaxy Book 2 Pro é o primeiro notebook a chegar com GPUs Intel Arc 3 (Imagem: Intel)

A Arc A370M e a A350M já estão confirmadas para equipar uma série de ultrabooks de gigantes como Samsung, primeira a adotar a linha de GPUs com o Galaxy Book 2 Pro, e Acer, com o Swift X, além de ASUS, Dell, MSI e outras.

Preço e disponibilidade

As placas da série Intel Arc 3 já começam a chegar ao mercado nesta semana, em ultrabooks premium na faixa dos US$ 1.000 (~R$ 4.800). Enquanto isso, os modelos das séries Arc 5 e Arc 7 estão previstos para estrear no início do verão do hemisfério norte, que começa em junho.

Para esse período, também são esperadas as placas Arc para desktop, que receberam um vídeo mostrando a edição limitada de lançamento. É possível notar o design mais refinado em comparação aos modelos vazados anteriormente, com acabamento em preto e prata.

Linha Intel Arc: ficha técnica

Modelo Arc A770M Arc A730M Arc A550M Arc A370M Arc A350M
GPU ACM-G10 (DG2-512) ACM-G10 (DG2-512) ACM-G10 (DG2-512) ACM-G11 (DG2-128) ACM-G11 (DG2-128)
Xe-Cores 32 24 16 8 6
Vector Engines 512 384 256 128 96
Núcleos 4.096 3.072 2.048 1.024 768
RT Units/XMXs 32/512 24/384 16/256 8/128 6/96
Frequência (MHz) 1.650 MHz 1.100 MHz 900 MHz 1.550 MHz 1.150 MHz
Memória 16 GB 12 GB 8 GB 4 GB 4 GB
Interface de memória 256-bit 192-bit 128-bit 64-bit 64-bit
Consumo (TGP) 120-150 W 80-120 W 60-80 W 35-50 W 25-35 W

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.