AMD pode trazer novos detalhes dos Ryzen 7000 e Radeon RX 7000 na Computex

AMD pode trazer novos detalhes dos Ryzen 7000 e Radeon RX 7000 na Computex

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 05 de Maio de 2022 às 10h45
Benjamin Lehman/Unsplash

Em comunicado divulgado nesta quinta (5), a AMD confirmou que a CEO Dra. Lisa Su abrirá a Computex 2022, renomada feira de computação, com uma apresentação sobre o portfólio da empresa. A mensagem afirma que a conferência mostrará "a visão da AMD para evoluir a experiência de PC com a nova geração mobile e de desktop", o que sugere que novidades sobre os chips Ryzen 7000 e placas Radeon RX 7000 podem estar entre as pautas do evento.

AMD confirma presença na Computex 2022

Principal evento do ano voltado para computação, a Computex 2022 acontece entre os dias 24 e 27 de maio, tendo como ponto de partida uma série de conferências de CEOs de grandes companhias do ramo da tecnologia. O comunicado da AMD confirma que Lisa Su será a primeira no circuito de apresentações, tendo como tema "AMD avançando a experiência de Computação de Alta Performance", em tradução livre.

A apresentação da CEO da AMD Dra. Lisa SU acontece na madrugada do dia 23 de maio, para "revelar a visão da empresa" com a "próxima geração de inovação mobile e de desktop" (Imagem: AMD)

Apesar de não especificar quais produtos seriam demostrados, o anúncio explica ainda que a executiva compartilhará "a visão da AMD para avançar a experiência de PC através da próxima geração de inovações mobile e desktop para PC".

Também são citados explicitamente CPUs, GPUs e software de ponta, bem como a intenção de apresentar "performance inovadora" para gamers, entusiastas e criadores, o que indica que o foco será o mercado consumidor. A apresentação de Lisa Su acontece na madrugada do dia 23 de maio, à 1h da manhã no horário de Brasília (14h UTC+8).

Ryzen 7000 e Radeon RX 7000 podem receber novidades

Considerando a citação à próxima geração mobile e de desktop, há fortes chances de recebermos novas informações sobre os processadores Ryzen 7000 e, com sorte, das placas Radeon RX 7000. Ambos já foram confirmados pela companhia e tiveram alguns detalhes revelados até o momento, mas seguem com muitas características sob segredo.

Baseados na nova microarquitetura Zen 4 e fabricados com o processo N5 de 5 nm da TSMC, os chips Ryzen 7000 marcarão a primeira mudança de soquete da AMD desde o lançamento da família Ryzen, com a estreia do AM5, que também abandona o uso de pinos na CPU para empregá-los no próprio soquete, formato conhecido como LGA.

Com três séries, incluindo a nova Dragon Range, núcleos Zen 4, memórias DDR5 e barramento PCIe 5.0, a linha Ryzen 7000 estreia ainda neste ano (Imagem: AMD)

Os componentes suportarão memórias DDR5, embarcarão pistas de barramento PCIe 5.0 e estrearão o AMD EXPO, ou RAMP, equivalente do Intel XMP que realiza overclock automático da RAM com perfis customizáveis. Além disso, foi confirmado nesta semana que a linha ganhará uma nova série para "notebooks extremos", os Ryzen 7000 Dragon Range, que podem adotar o mesmo die de desktop, mas limitados a uma faixa de consumo de 55 W ou mais.

Enquanto isso, as placas Radeon RX 7000 adotarão a nova microarquitetura RDNA 3, com modelos fabricados nos processos de 6 nm e 5 nm da TSMC, e oficialmente, o único detalhe conhecido é uma possível janela de estreia ainda em 2022. Segundo rumores, a linha deve marcar uma nova fase para a empresa, com uso de uma arquitetura MCM de múltiplos chips em um, ganhos de desempenho de quase 3 vezes sobre as RX 6000, além de salto marcante no consumo.

Segundo os rumores, a família Radeon RX 7000 deve trazer performance quase 3 vezes maior e novo design MCM de múltiplos chips em um, junto à nova microarquitetura RDNA 3 (Imagem: AMD)

A possibilidade de haver anúncios sobre as novas CPUs e GPUs da gigante é reforçada pelo leaker Greymon55, que sugeriu que devemos ao menos ver teasers da próxima geração. Vale lembrar ainda que rumores já apontavam que a família Ryzen 7000 poderia ser anunciada mais cedo que o esperado, diante de um cronograma adiantado de desenvolvimento.

Fora isso, frente à importância da Computex no mercado de computação, também é bastante provável que a AMD divulgue novos roadmaps para 2022 e os próximos 5 anos durante essa apresentação, um dos costumes da companhia.

Fonte: VideoCardz (1, 2)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.