Nvidia GeForce RTX 4090 pode ultrapassar os 100 TFLOPs de processamento

Nvidia GeForce RTX 4090 pode ultrapassar os 100 TFLOPs de processamento

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 02 de Maio de 2022 às 11h45
Reprodução/Nvidia

As placas das novas gerações de AMD e Nvidia voltaram a vazar nos últimos dias e, ao que tudo indica, podem ser ainda mais potentes que o esperado. O destaque vai para a RTX 4090, que pode ser a primeira a ultrapassar a barreira dos 100 TFLOPs de poder computacional, sendo quase 3 vezes mais potente que a RTX 3090. Novidades sobre a RX 7900 XT também foram divulgadas, com especificações mais simples que o anunciado no passado.

RTX 4090 pode ultrapassar 100 TFLOPs

As informações chegam através dos leakers Greymon55 e kopite7kimi, que sugeriram que AMD e Nvidia podem entregar processamento de mais de 90 TFLOPs e 100 TFLOPs, respectivamente. Ambos não parecem ter plena certeza, mas indicam que os designs das companhias evoluíram muito em comparação às gerações anteriores.

Os rumores reforçam o que já havia sido apontado anteriormente, com destaque para a RTX 4090, que supostamente traria maior nível de poder computacional e poderia turbinar as frequências de operação de maneira significativa. É esperado que o chip AD102, topo de linha da Nvidia possivelmente fabricado no processo customizado 4N de 4 nm da TSMC, traga 18.432 núcleos CUDA, o que exigiria clocks na casa dos 2.700 MHz para chegar aos 100 TFLOPs.

No entanto, a placa premium do time verde deve contar com uma versão mais simples do chip, com alguns núcleos desabilitados para garantir um bom nível de produção, o que significa que as frequências podem ser ainda mais altas, beirando os 3.000 MHz. Essa característica impressiona, quando consideramos que a família RTX 3000, fabricado em 8 nm pela Samsung, atinge os 2.100 MHz nos melhores casos.

Esses detalhes também trazem uma justificativa melhor para a faixa exagerada de consumo indicada pelos rumores mais antigos, de 600 W, e apontam para um cenário ainda mais competitivo que o esperado entre Nvidia e AMD, que já trabalha com clocks elevados e promete abalar o mercado com sua microarquitetura RDNA 3.

RX 7900 XT tem especificações mais conservadoras vazadas

Paralelo a isso, novas especificações para a família Radeon RX 7000 também foram divulgadas por Greymon55 nesta segunda (2), com mudanças marcantes para as configurações do chip entusiasta Navi 31 e para o intermediário Navi 32. O primeiro, que deve ser utilizado para equipar a RX 7900 XT, teria deixado de contar com 15.360 núcleos como especulado anteriormente para adotar mais modestos 12.288 núcleos.

Trata-se de um corte significativo de 20%, mas que ainda simboliza um aumento substancial de 2,4 vezes frente aos 5.120 núcleos do Navi 21, presente na RX 6900 XT. Como resultado, o poder de processamento, antes apontado para ser estabelecido em cerca de 92 TFLOPs, deve ser mais conservador, na casa dos 73 TFLOPs caso a AMD também entregue clocks próximos a 3.000 MHz.

O Navi 32, que deve ser utilizado na série RX 7700, caiu de 10.240 núcleos para 8.192, devendo assim atingir os 49 TFLOPs em um cenário com clocks de 3.000 MHz. Por fim, o Navi 33, solução mais simples que deve equipar uma suposta RX 7600, foi o único mantido, com um total de 4.096 núcleos e poder computacional que poderia chegar aos 24,5 TFLOPs.

O leaker acredita que o time vermelho estava realmente mirando na contagem de núcleos vazada anteriormente, mas que mudanças tiveram de ser feitas para garantir uma cadeia de produção saudável, menos suscetível a falhas e consequente escassez.

Dito tudo isso, é importante lembrar que a contagem de TFLOPs não se converte de maneira linear em jogos, sendo a similaridade de performance entre a RX 6900 XT e a RTX 3090 prova disso — enquanto a representante da AMD traz "apenas" 23 TFLOPs, sua rival da Nvidia atinge os 36 TFLOPs. É bastante provável que vejamos um cenário similar na nova geração, caso essas configurações se comprovem.

Fonte: WCCFTech, VideoCardz (1, 2)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.