AMD Radeon RX 7000 tem mescla de 5 e 6 nm reforçada por engenheiro

AMD Radeon RX 7000 tem mescla de 5 e 6 nm reforçada por engenheiro

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 04 de Fevereiro de 2022 às 16h10
Reprodução/AMD

Um engenheiro da AMD pode ter confirmado que a próxima geração de placas de vídeo da empresa, conhecida até o momento como Radeon RX 7000, deve estrear trazendo modelos com litografias de 5 nm e 6 nm. A possibilidade já havia sido indicada por rumores nos últimos meses, e agora parece estar praticamente confirmada com a listagem, já removida do perfil do profissional.

GPUs Radeon RX 7000 podem mesclar 5 e 6 nm

Em um trecho do seu histórico de experiência, o engenheiro do time de design do Infinity Fabric, Brian Walters, citava alguns dos projetos em que trabalhou nos últimos anos. Além de alguns modelos de GPUs integradas Vega, como a Vega 11 e a Vega 12, e quase todos os chips da família Radeon RX 6000, incluindo a Navi 21 e Navi 22, o especialista citava algumas novidades ainda não anunciadas, mais especificamente as GPUs Navi 31, Navi 32 e Navi 33, além da MI300.

Graças a rumores e vazamentos, bem como a alguns teasers da própria AMD, já se sabe que os três chips serão baseados na aguardada microarquitetura RDNA 3 e irão compor a suposta família RX 7000. O ponto mais interessante, no entanto, está na listagem das litografias utilizadas em cada chip, que sugere uma combinação dos processos de fabricação de 5 nm e 6 nm.

Já removidos, os projetos listavam as GPUs Navi 31, Navi 32 e Navi 33 com litografias de 5 nm e 6 nm, que devem compor a família RX 7000 da AMD (Imagem: Reprodução/VideoCardz)

Esse é mais um ponto que já havia sido apontado por leakers, mas de maneira um pouco diferente, já que apenas a Navi 33, tida como uma espécie de refresh da Navi 21, era esperada para chegar em 6 nm. A postagem indica, no entanto, que as robustas Navi 32 e Navi 31 também devem receber variantes fabricadas em 6 nm.

Ainda que pareça contraintuitivo, existem múltiplas razões para que a AMD utilize mais de uma litografia na próxima geração de placas Radeon. A mais importante delas é a disponibilidade — ter mais de um processo de fabricação amplia a capacidade de produção, e reduz a competição pelos wafers de silício de apenas uma litografia. Os custos também devem ser reduzidos, pelo uso de uma tecnologia ligeiramente mais madura e menos avançada.

Os preços seriam justamente outro motivo pela escolha, já que o uso dos 6 nm poderia baratear modelos mais simples, como uma possível RX 7600 XT, por exemplo. Seja como for, não deve demorar muito para sabermos mais detalhes das novas GPUs, já que a própria AMD confirmou que a nova linha de GPUs chega ainda neste ano.

Novas placas devem estrear ainda em 2022

Durante apresentação para investidores para discutir o ano fiscal de 2021, em que também bateu recordes de receita, a CEO da AMD, Dra. Lisa Su, reforçou que os novos processadores Ryzen 7000 e as placas de vídeo baseadas em RDNA 3 chegam ainda em 2022. A executiva também reforçou o compromisso da empresa em combater a escassez de componentes e fortalecer o posicionamento da marca entre o público gamer.

Em apresentação para investidores, a AMD confirmou que os chips Ryzen 7000 e as GPUs baseadas em RDNA 3 serão anunciadas ainda em 2022 (Imagem: Reprodução/AMD)

"A demanda por nossos produtos é bastante alta," afirmou Lisa Su, "e esperamos por mais um ano de crescimento e ganhos de mercado significativos conforme reduzimos a produção de nossos produtos atuais e lançamos nossa próxima onda de CPUs Zen 4 e GPUs RDNA 3. Também realizamos investimentos substanciais para garantir a capacidade necessária para apoiar nosso crescimento em 2022 e além".

Segundo os rumores, a família Radeon RX 7000 deve ser liderada pela RX 7900 XT, com GPU Navi 31, munida de 15.360 núcleos organizadas em 120 Unidades Computacionais (CUs). A placa contaria ainda com 32 GB de VRAM GDDR6 a 18 Gbps, clocks de até 2,5 GHz e o novo Infinity Cache 3D, memória empilhada sobre a GPU para fornecer até 512 MB de cache de alta velocidade. A combinação entregaria 75 TFLOPs de poder computacional, quase 3 vezes mais que a RX 6900 XT.

Fonte: VideoCardz

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.