Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Vivo X100 Ultra chega com a 1ª câmera telefoto de 200 MP em um celular

Por| Editado por Wallace Moté | 14 de Maio de 2024 às 10h22

Link copiado!

(Imagem: Reprodução/Vivo Mobile)
(Imagem: Reprodução/Vivo Mobile)

Depois de incontáveis teasers e vazamentos, a Vivo Mobile apresentou nesta segunda-feira (13) o Vivo X100 Ultra, topo de linha mais avançado da marca e primeiro smartphone a contar com uma lente telefoto de 200 MP. Como esperado, o dispositivo traz uma ficha técnica poderosa, tendo justamente as câmeras como o maior destaque e prometendo figurar como um dos melhores celulares para quem prioriza fotografia. A novidade foi ainda acompanhada dos novos X100s Pro e X100s, versões melhoradas dos modelos apresentados no final do ano passado.

As especificações do Vivo X100 Ultra incluem os componentes mais premium disponíveis atualmente, começando pelo processador Snapdragon 8 Gen 3, apoiado por 12 GB ou 16 GB de RAM e 256 GB, 512 GB ou 1 TB de armazenamento — esse é o primeiro telefone da linha a apostar no chipset premium da Qualcomm, após os modelos X100 originais empregarem o rival Dimensity 9300 da MediaTek.

Com 6,78 polegadas, a tela AMOLED possui resolução Quad HD+ de 3200 x 1440 pixels e taxa de atualização variável de 120 Hz. O brilho é intenso e pode chegar aos 3.000 nits, um dos mais altos em um smartphone no momento, e há suporte a HDR no padrão Dolby Vision. Prometendo maior imersão, o painel é acompanhado de um sistema de som estéreo de alta definição com tecnologia de áudio espacial.

Continua após a publicidade

Ponto mais forte do aparelho, o sistema de câmeras emprega sensores personalizados e tecnologias incomuns em smartphones. A lente principal adota o sensor Sony LYT-900 da classe de uma polegada, com resolução de 50 MP, abertura de f/1.75, foco por detecção de fase (PDAF) e laser, bem como estabilização óptica (OIS) "a nível de gimbal".

Menos encorpada das três, a lente ultrawide também possui 50 MP, com abertura de f/2.2 e campo de visão modesto de 116° (contra a média de 120° do mercado). Já as selfies são responsabilidade de uma lente de 50 MP, abrigada em um furo centralizado. A maior novidade por aqui é a lente telefoto periscópio com o inédito sensor ISOCELL HP9, desenvolvido em parceria com a Samsung.

Apresentando 1/1,4 polegada e 200 MP, esse é o maior sensor já usado em uma lente telefoto de smartphone, e o primeiro a atingir resolução tão alta na câmera de zoom. Outros pontos fortes são a abertura de f/2.67 e o zoom óptico de 3,7x, além de tecnologias inéditas em um celular, começando pela uso de lentes 1G + 5P, em que "G" representa vidro e "P" refere-se a plástico — o uso de vidro nas câmeras garante melhores resultados, mas é caro e, portanto, incomum.

Continua após a publicidade

Mais do que isso, confirmando rumores, a Vivo implementou uma lente especial vista até então apenas em câmeras profissionais, a chamada FCD100. Seu principal diferencial é a composição de classe similar ao mineral Fluorita, considerado um cristal isotrópico, ou seja, que mantém o indíce de refração independente da direção em que a luz o atinge.

Na prática, isso significa que há baixa dispersão dos raios de luz, reduzindo artefatos como a aberração cromática, que resulta em menor nitidez e até no surgimento de bordas coloridas, que não deviam aparecer, em torno de objetos.

Fecha o pacote de tecnologias a certificação Zeiss APO, que assegura maior captação de luz, o revestimento Zeiss T* para evitar reflexos, o novo chip dedicado de processamento de imagem Vivo V3 Plus e o algoritmo "BlueImage", que teria sido desenvolvido ao longo de oito anos e seria capaz de corrigir problemas comuns das câmeras de smartphones, como pontos luminosos intensos por trás de objetos.

Continua após a publicidade

Para alimentar o aparelho, a gigante usou uma bateria de 5.500 mAh, com carregamento rápido de 80 W e recarga sem fio de 30 W. O componente utiliza uma composição de maior densidade, que permitiu à fabricante atingir baixa espessura apesar da grande capacidade.

No mais, estão presentes conectividade 5G, já compatível com o protocolo 5G Advanced (ou 5,5G) de maior velocidade, Wi-Fi 7, Bluetooth 5.4, NFC, emissor infravermelho para controlar TVs e outros dispositivos, leitor de digitais ultrassônico sob a tela compatível com a leitura de dois dedos ao mesmo tempo, mensagens de emergência via satélite, certificação IP69 de resistência à poeira e jatos de água de alta pressão, e Android 14 rodando sob a interface OriginOS 4.

Novos Vivo X100s têm chip atualizado e IP69

Acompanhando o modelo premium, a Vivo apresentou ainda os Vivo X100s Pro e X100s, versões revisadas dos X100 originais revelados em dezembro. A maior mudança dos lançamentos é a chegada do chipset MediaTek Dimensity 9300 Plus, com clocks de até 3,4 GHz (frente aos 3,25 GHz do Dimensity 9300 comum) e melhorias no processamento de IA com integração a modelos como o Google Gemini e o Llama 3 da Meta.

Continua após a publicidade

Outra grande novidade é a certificação IP69, que assegura proteção contra poeira e jatos de água de alta pressão, um upgrade considerável em relação à IP68 — também presente por aqui —, que traz garantia apenas para mergulhos.

Cada modelo também possui melhorias individuais, começando pela adição do chip de imagem Vivo V3 no X100s Pro, que promete processamento de fotos e vídeos mais veloz e de melhor qualidade em relação ao V2 adotado no X100 Pro. O modelo mais avançado ganha ainda novas opções de cores mais sóbrias, incluindo branco, preto e titânio (mas mantendo as laterais de alumínio, apesar do nome).

Por sua vez, o Vivo X100s traz uma bateria levemente maior de 5.100 mAh, em comparação aos 5.000 mAh do Vivo X100, embora tenha reduzido a velocidade de carregamento de 120 W para 100 W. Sua última mudança é a chegada de uma tela plana para substituir o display curvado, o que pode agradar a alguns usuários.

Continua após a publicidade

O restante das especificações é idêntico ao visto nos X100 originais, incluindo telas AMOLED de 6,78 polegadas com resolução Quad HD+, taxa de atualização variável de 120 Hz e pico de brilho de 3.000 nits, câmera tripla de 50 MP com sensor de uma polegada e lente periscópio com zoom óptico de 4,3x no X100s Pro e 3x no X100s, som estéreo, 5G, Wi-Fi 7, leitor de digitais óptico sob a tela, recarga sem fio de 50 W e Android 14 rodando sob a OriginOS 4.

Preço e disponibilidade

O Vivo X100 Ultra chega à China em 28 de maio, com preços sugeridos que partem de 6,499 yuan (~R$ 4.630) para o modelo com 12 GB de RAM e 256 GB de armazenamento, e chegam a 7,999 yuan na variante de 16GB/1 TB.

Por sua vez, os Vivo X100s Pro e X100s começam a ser vendidos em território chinês já nesta sexta-feira (17), com preços que partem de 4,000 yuan (~R$ 2.850) e 5,000 yuan (~R$ 3.560), respectivamente.

Continua após a publicidade

Questionada pelo Android Authority, a Vivo confirmou que não há planos de trazer os aparelhos ao mercado global, mudança nada animadora em relação à geração anterior, que chegou a ser lançada em alguns países da Europa.

Vivo X100 Ultra: ficha técnica

  • Tela: AMOLED de 6,78 polegadas, resolução Quad HD+ de 3200 x 1440 pixes, taxa de atualização variável de 1 Hz a 120 Hz, brilho máximo de 3.000 nits (janela), HDR com Dolby Vision
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 8 Gen 3
  • Memória RAM: 12 GB ou 16 GB LPDDR5X
  • Armazenamento interno: 256 GB, 512 GB ou 1 TB UFS 4.0
  • Câmera traseira: 50 MP (Principal, sensor de 1", f/1.75, Laser + PDAF, Gimbal OIS) + 50 MP (Ultrawide, f/2.2, 116º) + 200 MP (Telefoto Periscópio, f/2.67, PDAF, OIS, zoom óptico de 3,7x)
  • Câmera frontal: 50 MP (f/2.5, AF)
  • Dimensões: 164,1 x 75,6 x 9,2 mm
  • Peso: 229 g
  • Bateria: 5.500 mAh com carregamento rápido de 100 W
  • Extras: 5,5G (5G Advanced), Wi-Fi 7, Bluetooth 5.4, NFC, emissor infravermelho, leitor de digitais ultrassônico sob a tela, som estéreo, certificação IP68/IP69, comunicação via satélite, recarga sem fio de 30 W
  • Cores disponíveis: preto, branco e titânio
  • Sistema operacional: Android 14, sob a OriginOS 4

Vivo X100s Pro: ficha técnica

Continua após a publicidade
  • Tela: AMOLED de 6,78 polegadas, resolução 1,5K de 2800 x 1260 pixes, taxa de atualização variável de 1 Hz a 120 Hz, brilho máximo de 3.000 nits (janela)
  • Processador: MediaTek Dimensity 9300 Plus
  • Memória RAM: 12 GB ou 16 GB LPDDR5X
  • Armazenamento interno: 256 GB, 512 GB ou 1 TB UFS 4.0
  • Câmera traseira: 50 MP (Principal, sensor de 1", f/1.75, Laser + PDAF, OIS) + 50 MP (Ultrawide, f/2.0, 119º) + 50 MP (Telefoto Periscópio, f/2.5, PDAF, OIS, zoom óptico de 4,3x)
  • Câmera frontal: 32 MP (f/2.0)
  • Dimensões: 164,1 x 75,3 x 8,9 mm
  • Peso: 224 g
  • Bateria: 5.400 mAh com carregamento rápido de 100 W
  • Extras: 5G, Wi-Fi 7, Bluetooth 5.4, NFC, emissor infravermelho, leitor de digitais óptico sob a tela, som estéreo, certificação IP68/IP69, comunicação via satélite, recarga sem fio de 50 W
  • Cores disponíveis: preto, branco e titânio
  • Sistema operacional: Android 14, sob a OriginOS 4

Vivo X100s: ficha técnica

  • Tela: AMOLED de 6,78 polegadas, resolução 1,5K de 2800 x 1260 pixes, taxa de atualização variável de 1 Hz a 120 Hz, brilho máximo de 3.000 nits (janela)
  • Processador: MediaTek Dimensity 9300 Plus
  • Memória RAM: 12 GB ou 16 GB LPDDR5X
  • Armazenamento interno: 256 GB, 512 GB ou 1 TB UFS 4.0
  • Câmera traseira: 50 MP (Principal, f/1.6, Laser + PDAF, OIS) + 50 MP (Ultrawide, f/2.0, 119º) + 64 MP (Telefoto Periscópio, f/2.6, PDAF, OIS, zoom óptico de 3x)
  • Câmera frontal: 32 MP (f/2.0)
  • Dimensões: 163,1 x 75,8 x 7,8 mm
  • Peso: 203 g
  • Bateria: 5.100 mAh com carregamento rápido de 100 W
  • Extras: 5G, Wi-Fi 7, Bluetooth 5.4, NFC, emissor infravermelho, leitor de digitais óptico sob a tela, som estéreo, certificação IP68/IP69, comunicação via satélite
  • Cores disponíveis: preto, branco, titânio e verde
  • Sistema operacional: Android 14, sob a OriginOS 4

Fonte: Android Authority