Facebook apresenta novos recursos de áudio para competir com o Clubhouse

Por Alveni Lisboa | 19 de Abril de 2021 às 16h45
Divulgação/Facebook

O Facebook começou a mostrar mais detalhes sobre a sua funcionalidade de conversas por áudio para rivalizar com o Clubhouse. A novidade é focada na criação de salas somente para bate-papo por voz ao vivo, mas também oferecerá um recurso para troca de mensagens de áudio curtas e suporte para criação de postcasts.

As salas de áudio (Live Audio Rooms) não devem diferir muito do que já está presente nos concorrentes: locais onde palestrantes falam ao vivo por voz e usuários ouvem e interagem via chat. Ainda não dá detalhes se haverá a possibilidade de ouvintes participarem das conversas de áudio ou se somente os selecionados antes poderão interagir desta forma.

As "Rooms" vão permitir troca de ideias por áudio ao vivo no Facebook (Imagem: Divulgação/Facebook)

As mensagens curtas de áudio são chamadas de Soundbites (Pedaços de som, em tradução livre). Elas serão exibidas no Feed dos usuários e contarão com transcrição de áudio para permitir que quem topar com ela usufrua do conteúdo mesmo sem som. Também será possível incluir efeitos sonoros e outros recursos amigáveis.

Já a ferramenta de podcast vai permitir navegar, baixar e ouvir seus programas favoritos no próprio aplicativo do Facebook, enquanto o app está aberto ou em segundo plano. Hoje, muitos criadores usam a rede para divulgar seus programas, mas a hospedagem ocorria em sites de streaming de músicas tradicionais, como o Spotify, Apple Music e similares.

Os SoundBites são pequenas pílulas de conteúdo de áudio diário no Feed do Facebook (Imagem: Divulgação/Facebook)

A rede social também começará a testar recursos de monetização em todas essas novidades de áudio, afinal criar conteúdo para a internet se tornou algo muito rentável. Possivelmente, haverá funcionalidades para enviar doações aos criadores de conteúdo (com as já famosas Stars) e ferramentas para assinatura de salas com conteúdos exclusivos do Live Audio Rooms. A rede também trabalha para criar um fundo para remunerar influenciadores dispostos a fazer Soundbites diários.

Quando chegam?

A primeira adição deve dar as caras até junho, pois é mais urgente para competir com os rivais. Os outros dois ainda não tem data para desembarcar, mas, pelas imagens disponíveis, parecem estar em fase avançada de desenvolvimento.

O objetivo da empresa de Mark Zuckerberg é trazer adições extras para conquistar o público que possa ter migrado para os concorrentes, atraídos pela possibilidade do chat de voz. As novas salas de áudio vão suportar a participação sem limites no número de usuários e poderão ocorrer tanto na rede social quanto no Messenger.

Os podcasts vão ganhar recurso exclusivo no Facebook (Imagem: Divulgação/Facebook)

A companhia quer testar o recurso também dentro dos Grupos, o que seria um grande trunfo para aproveitar a audiência qualificada desses locais. Para isso, alguns influenciadores devem ser selecionados para experimentar a novidade e contribuir para o desenvolvimento da ferramenta.

Apesar do grande foco nos produtos do Facebook, por se tratar a maior rede social do mundo, há diversos outros concorrentes apostando no segmento de conversa por voz. O Twitter, por exemplo, já lançou o Spaces e tem se dedicado a aprimorar a experiência dos usuários. O mesmo vale para o Telegram, que integrou as salas de bate-papo por áudio como um dos seus ótimos recursos. O Discord, o Slack, o Spotify e o TikTok também já demonstraram estar trabalhando em aplicativos ou funcionaldiades para entrar na onda do áudio.

Como está a animação para os novos recursos de áudio do Facebook? Serão suficientes para bater o sucesso do Clubhouse e superar os demais concorrentes?

Fonte: Facebook

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.