Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

7 celulares baratos que tiram boas selfies

Por| Editado por Léo Müller | 05 de Maio de 2024 às 11h00

Link copiado!

Eric Mockaitis/Canaltech
Eric Mockaitis/Canaltech

Se você gosta de tirar muitas selfies e não quer gastar muito na compra de um novo celular, está na lista certa. O Canaltech separou sete smartphones que tiram boas fotos com a câmera frontal para você chamar a atenção de todo mundo nas redes sociais.

1. Moto G24

O aparelho mais barato da lista é o único que não oferece conectividade 5G. Porém, as selfies do Moto G24 têm uma qualidade muito boa para um celular de cerca de R$ 700. Então eu diria que é um dos melhores smartphones baratos para autorretratos.

Continua após a publicidade

Em minha análise do aparelho da Motorola, eu coloquei a câmera frontal como um destaque. Como eu escrevi, "o ponto positivo fica para a câmera frontal que tem um desempenho razoável, exceto em locais com pouca luz. O nível de texturas é muito bom, apesar de a faixa dinâmica também deixar um pouco a desejar".

O sensor frontal do Moto G24 possui apenas 8 MP, com abertura f/2.0 e HDR. Não é uma resolução muito alta, mas para redes sociais está de muito bom tamanho.

De resto, o celular da Motorola tem especificações bem simples: tela IPS LCD de 6,56 polegadas com resolução HD+ e taxa de atualização de 120 Hz. O processador é o Helio G85, da MediaTek, e ele conta com 4 GB de RAM e 128 GB de armazenamento. A bateria de 5.000 mAh possui suporte a recarga de 15 W, e a câmera principal tem 50 MP.

2. Moto G34

Seguindo com um preço pouca coisa mais alto, o Moto G34 tira boas selfies e já tem conectividade 5G. E você encontra o celular da Motorola na faixa dos R$ 800. Ou seja, pouca coisa a mais com hardware mais preparado para suportar as exigências dos próximos anos.

A colega Jucyber observou, na análise do G34, que o aparelho pode não ser o melhor da categoria para selfies, mas é satisfatório. "A câmera de selfies mostrou que os 16 MP dão conta do recado, apesar de não ser a melhor nesta categoria. Tem um bom equilíbrio de cores, nitidez agradável e ainda permite um distanciamento maior, um efeito ultrawide, via software", avaliou a especialista do Canaltech.

Continua após a publicidade

Considerando que seu preço é mais baixo que o de outros modelos 5G atuais, o custo-benefício é interessante. Porém, é bom observar que a câmera frontal do Moto G34 tem abertura f/2.4, sinal de que fotos com pouca luz serão escuras e, com frequência, tremidas.

O aparelho ainda conta com tela IPS LCD de 6,5 polegadas com resolução HD+ e taxa de atualização de 120 Hz. O processador é o Snapdragon 695, com conectividade 5G, e possui versões de 4/128 GB e 8/256 GB. Ele ainda tem bateria de 5.000 mAh com recarga de até 18 W, além da câmera traseira de 50 MP.

Continua após a publicidade

3. Galaxy A15 5G

O Galaxy A15 5G não é tão barato quanto o Moto G24, mas seu preço não aumenta tanto: dá para encontrar o celular da Samsung na casa dos R$ 1.000. O investimento a mais é justo, considerando que ele já é 5G. De quebra, ainda possui mais tecnologias novas, além de ter promessa de até cinco anos de atualizações.

E para quem gosta de tirar boas selfies, o modelo da Samsung é um aparelho com selfies bem equilibradas. Como disse o colega Bruno Bertonzin em sua análise do A15 5G: "As imagens são bem definidas e gostei bastante do alcance dinâmico, trabalhando bem as áreas sombreadas, por exemplo. Por ser um aparelho de entrada, o Galaxy A15 5G se saiu muito bem neste aspecto".

Continua após a publicidade

O celular conta com um sensor frontal de 13 MP com abertura f/2.0. É uma resolução um pouco maior que a do Moto G24, não é à toa que oferece um pouco mais de texturas. Especialmente em ambientes com luz natural.

As especificações do smartphone da Samsung estão dentro do esperado para um aparelho básico. A tela é Super AMOLED e tem 6,5 polegadas, resolução Full HD+ e taxa de atualização de 90 Hz. O processador é o Dimensity 6100 Plus, e o aparelho é vendido com 4/128 GB. Ainda possui bateria de 5.000 mAh com recarga de até 25 W e câmera principal de 50 MP.

4. Moto G54

Continua após a publicidade

Se você quer um celular com maior duração e faz questão de um Motorola, o Moto G54 é uma ótima opção. O aparelho tira boas selfies, já tem conectividade 5G e está mais preparado para os próximos anos do que o irmão G24. E está na mesma faixa de preço que o A15 5G, ou seja, R$ 1.000. Ou com mais memória, a partir de R$ 1.150.

Quando analisei o G54, notei que as fotos com o celular da Motorola têm "boa nitidez, cores vivas e uma faixa dinâmica boa. Para quem gosta de fotos mais contrastadas, é um conjunto excelente, já que o pós-processamento deixa as fotos já estão bem prontas neste sentido".

O sensor frontal tem 16 MP e abertura maior que os outros dois já citados, com f/1.8. Este hardware um pouco melhor fica evidente no nível de texturas das fotos frontais, principalmente com a luz do sol.

Continua após a publicidade

O Moto G54 ainda possui tela IPS LCD de 6,5 polegadas com resolução Full HD+ e taxa de atualização de 120 Hz. O processador é o Dimensity 7020, um pouco mais potente que o 6100 Plus do A15 5G. A Motorola oferece o smartphone em versões de 4/128 GB ou 8/256 GB. Ele ainda possui bateria de 5.000 mAh com recarga de até 15 W e tem câmera principal de 50 MP.

5. Redmi Note 13 5G

O único aparelho da Xiaomi a conseguir entrar nesta lista é o Redmi Note 13 5G, cuja câmera pode tirar uma boa selfie. O aparelho pode ser encontrado na casa dos R$ 1.100, via importadores — ou seja, garantia de três meses, e não um ano.

Continua após a publicidade

Este é mais um celular que eu mesmo testei. Sobre as selfies, observei que "entrega boas texturas e cores precisas, mas deixa um pouco a desejar na faixa dinâmica. Ao menos o aparelho prioriza seu rosto, deixando o fundo para estourar ou ficar mais escuro". Há mais detalhes sobre o assunto no teste de câmeras do Redmi Note 13 5G.

O sensor frontal do Note 13 5G tem 16 MP e abertura f/2.4. A abertura menor do que o normal ajuda a entender o motivo de as fotos com pouca luz raramente ficarem boas.

De resto, as especificações são interessantes como um intermediário barato. A tela AMOLED de 6,67 polegadas tem resolução Full HD+ e taxa de atualização de 120 Hz. O processador é o Dimensity 6080, cujo desempenho é semelhante ao 7020 do Moto G54. O celular da Xiaomi foi lançado oficialmente no Brasil com 8/256 GB, mas importadores também vendem outras opções com menos memória. A bateria tem 5.000 mAh com suporte a recarga de 33 W.

Continua após a publicidade

6. Galaxy A25

A Samsung aparece de novo na lista com o Galaxy A25, cujo preço já salta um pouco mais, para a casa dos R$ 1.200. Pelo conjunto entregue, é um valor interessante. E as selfies seguem a linha da câmera principal com boa qualidade geral, mas algumas falhas pontuais.

Como eu observei na análise do aparelho: "as câmeras do Galaxy A25 conseguem tirar boas fotos, mas poderiam ser um pouco melhores em situações com menos luz. Não apenas o modo noturno fica bem abaixo do que o A55 entrega, como fotos internas ou em dias mais fechados perdem texturas".

Continua após a publicidade

Ainda assim, comparado aos outros modelos desta lista, o Galaxy A25 consegue um bom nível de qualidade. E tem nos ambientes com pouca iluminação o seu maior ponto fraco. O sensor tem 13 MP com abertura f/2.2, o que ajuda a entender um pouco essa falha.

De resto, o A25 tem tela Super AMOLED de 6,5 polegadas, resolução Full HD+ e 120 Hz de taxa de atualização. O processador é o Exynos 1280, usado no Galaxy A53, A33, M33 e M34. É vendido no Brasil com 6/128 GB ou 8/256 GB, e ainda possui bateria de 5.000 mAh com recarga de até 25 W.

Continua após a publicidade

7. Realme 11x

Subindo um pouco mais o sarrafo do preço, o Realme 11x também é capaz de tirar a selfie perfeita para as redes sociais. Ele é encontrado na faixa dos R$ 1.400, nas lojas oficiais da fabricante. Ou seja, com 12 meses de garantia e adaptador de tomada no padrão brasileiro.

Na análise do celular da Realme, eu indiquei que "as selfies são quase tão boas quanto as do 11 5G". O que é um grande feito, já que o 11x tem sensor frontal de 8 MP com abertura f/2.1, contra um de 16 MP e abertura f/2.5 do "irmão". O HDR do Realme 11 compensa a abertura menor, e a resolução maior oferece texturas mais ricas.

Ainda assim, o Realme 11x é, em minha opinião, o melhor celular para selfies entre os sete modelos desta lista. E é um celular com boas especificações, apesar da tela IPS LCD. São 6,72 polegadas, resolução Full HD+ e taxa de atualização de 120 Hz. O chip é o Dimensity 6100 Plus, o mesmo do Galaxy A15 5G, e ele traz 8/128 GB de memória na versão brasileira. Ainda tem bateria de 5.000 mAh com recarga de 33 W.