Publicidade

Review ASUS TUF Gaming F15 | Gamer com foco em produtividade?

Por| Editado por Léo Müller | 28 de Junho de 2023 às 17h23

Link copiado!

Review ASUS TUF Gaming F15 | Gamer com foco em produtividade?
Review ASUS TUF Gaming F15 | Gamer com foco em produtividade?

O novo ASUS TUF Gaming F15 foi lançado recentemente no Brasil, ainda com hardware da geração passada e com menção ao ano 2022 no site nacional. O novo modelo do notebook gamer com resistência de nível militar da ASUS traz aprimoramentos em relação ao modelo anterior, mas vem equipado com a mesma placa de vídeo, a RTX 3050.

Mas será que isso significa que o TUF Gaming F15 de 2023 tem o mesmo desempenho em jogos que seu antecessor?

Bem, o novo TUG Gaming F15 tem processador Intel de 12ª geração, que é muito mais poderoso que o chip da geração anterior, graças ao aumento dos núcleos e threads, além de outras melhorias. Fora isso, a RTX 3050 do novo modelo possui TGP maior, o que significa que ela tem pico de consumo superior, para poder oferecer mais desempenho.

Continua após a publicidade

Eu testei o novo TUF Gaming F15 por alguns dias e conto tudo sobre ele no decorrer deste review.

🛒 Compre o Asus TUF Gaming F15 no Kabum

🛒 Compre o Asus TUF Gaming F15 no Zoom

Continua após a publicidade

Design, construção e conectividade

O TUF Gaming F15 é muito bem construído em matéria de resistência. O notebook tem um design gamer, mas sem ser chamativo demais. Até porque a linha TUF tem essa característica de ser mais séria e não abusar de cores berrantes e LEDs RGB. A tampa do notebook é feita de metal, na cor grafite. Embaixo e nas partes internas, ele é todo feito em plástico de alta qualidade.

  • Dimensões: 354 x 251 x 224 a 249 mm (LxPxA);
  • Peso: 2,2 kg.

Nas partes internas da base e da tampa, o TUF Gaming F15 é todo preto. As bordas da tela são bem finas, o que dá ao dispositivo um tamanho compacto. Somente a borda inferior é mais larga, que é onde fica a logo da Asus. A base interna, próximo à tela, tem largura acima da média, já que nessa parte ficam quatro botões extras, o botão power (separado do teclado), LEDs de status e algumas saídas de ar.

Continua após a publicidade

Na parte inferior, o TUF Gaming F15 possui duas medidas de espessura, já que ele é um pouco mais fino próximo à borda frontal. O notebook possui muitas entradas e saídas de ar, embaixo, nas laterais e na parte posterior, junto à base. Só que ele fica muito rente à mesa, e seus pés de borracha são muito largos. Isso certamente contribui para que a ventilação por baixo do notebook seja prejudicada.

A tampa do equipamento tem um recorte entre as dobradiças, que permite a visualização dos LEDs de status, mesmo quando ela está fechada. Já as dobradiças são firmes, e passam a sensação de alta durabilidade.

Continua após a publicidade

Sobre as conexões físicas, o TUF Gaming F15 tem somente uma porta USB-A 3.2 e a trava de segurança na borda esquerda. Na borda direita, temos o conector de energia, o conector RJ45, uma porta HDMI, uma porta USB-A 3.2, duas portas USB-C compatíveis com DisplayPort (uma delas é Thunderbolt 4) e o conector P2 híbrido para fones de ouvido e microfone.

Já na questão de conexões sem fio, o notebook é compatível com Bluetooth 5.2 e Wi-Fi 6E. Para mim, só faltou um slot para cartões de memória. O TUF Gaming F15 tem um perfil que pode atrair alguns tipos de profissionais. Por isso, esse slot seria um recurso muito bem-vindo.

Continua após a publicidade

Certificação de nível militar

Segundo a Asus, o TUF Gaming F15 possui certificação de resistência e durabilidade de nível militar (MIL-STD-810H). Isso significa que o dispositivo tem maior durabilidade contra quedas, choques, vibrações, umidade, baixas e altas temperaturas, além de outros tipos de ações que possam causar desgastes.

Para usuários menos cuidadosos, ou profissionais que precisam expor seu notebook a situações mais extremas, esse reforço na construção do equipamento pode soar como um extra interessante.

Continua após a publicidade

Tela

A tela do TUF Gaming F15 mais recente não traz evolução em relação à tela do modelo antecessor. Temos um painel IPS com resolução Full HD e taxa de atualização de 144 Hz. Não há recursos de melhoria de imagem, como Dolby Vision ou HDR+.

  • Tecnologia do painel: IPS-level;
  • Tamanho: 15,6 polegadas;
  • Resolução: Full HD (1920 x 1080 pixels);
  • Brilho: 250 nits;
  • Taxa de atualização: 144 Hz;
  • Recursos extras: Adaptive-Sync e MUX Switch + Optimus.

Assim como outros notebooks gamer de mesma categoria, o TUF Gaming F15 tem uma tela que oferece apenas a qualidade relacionada às características de um painel de nível IPS. Sem investimento em melhorias, isso significa que o painel também apresenta as mesmas limitações que em outros modelos, como a taxa de contraste apenas mediana.

Continua após a publicidade

De maneira geral, as cores são boas, e o brilho e ângulo de visão são decentes. É possível observarmos a tela de uma posição mais inclinada, ou sem estarmos diretamente na frente do equipamento, e, mesmo assim, as cores não ficam distorcidas.

Sendo assim, posso dizer que a tela do TUF Gaming F15 não causa estranhamento, da mesma maneira que não impressiona positivamente. É uma tela com boa qualidade, mas só. Como o notebook tem um baita processador, bem que ele poderia ser equipado com a mesma tela da versão encontrada no site global da Asus, que é bem superior.

Continua após a publicidade

Dessa maneira, o notebook poderia funcionar como uma boa opção para profissionais de design e edição de vídeos e imagens. Essas áreas de atividade requerem telas com cores mais realistas, de preferência, com alguma certificação de precisão sRGB ou Adobe.

Já em relação à taxa de atualização de 144 Hz, embora essa seja uma boa especificação para gamers, no TUF Gaming F15 ela funciona como um extra que “sobra”. Digo isso porque a RTX 3050 não tem potência suficiente para rodar os jogos mais recentes acima dos 60 quadros por segundo. Somente em games mais leves é que os 144 Hz fazem sentido, o que faz com esse recurso seja limitado no TUF Gaming F15.

O recurso MUX Switch melhora a troca entre os gráficos integrados e a placa de vídeo dedicada, para evitar perda de desempenho em atividades que necessitam de mais poder de processamento, incluindo jogos ou edição de vídeos e imagens.

Continua após a publicidade

Teclado e touchpad

O TUF Gaming F15 tem teclado chiclete, com layout ABNT2 de perfil baixo e retroiluminação RGB de uma zona. Há quatro teclas extras dedicadas para funções específicas, e o botão power fica à parte, para permitir que o usuário ligue e desligue a máquina, caso o teclado apresente defeito.

  • Padrão: ABNT2;
  • Retroiluminação: sim, com brilho ajustável;
  • Touchpad com múltiplos toques: sim.

Felizmente, o teclado possui pad numérico, que é muito útil para determinados tipos de usuários. E os gamers ainda podem desfrutar das teclas WASD em destaque. Essas teclas são transparentes, e dão um toque extra de beleza ao dispositivo.

Continua após a publicidade

Aliás, o teclado inteiro é bem bonito, principalmente quando a iluminação RGB está ligada. O problema é que essa estética, com os caracteres vazados entre a pintura das teclas, dificulta a visibilidade para usuários que precisam olhar para as teclas enquanto digitam. Eu, pelo menos, senti um pouco de dificuldade, seja com a iluminação ligada ou desligada. Fora isso, o teclado é bastante confortável no dia a dia.

Já o touchpad ficou maior, mais preciso e mais moderno que no modelo antecessor. Os dois botões físicos foram removidos, e foi adicionado a logo da linha TUF no canto direito superior. O novo touchpad deixa mais confortável a tarefa de mover a seta do mouse, mas também não traz nada de especial ao notebook.

Configuração e desempenho

O TUF Gaming F15 é equipado com o processador Intel Core i7-12700H, 16 GB de memória RAM, SSD de 512 GB e uma RTX 3050. Esta é a mesma placa de vídeo presente no modelo antecessor. Mas desta vez ela possui TGP máximo de 95 W, ao invés de 75 W do modelo anterior.

  • Processador: Intel Core i7-12700H (14 núcleos e 20 threads);
  • Memória RAM: 16 GB DDR4 3200 MHz (8 GB x2);
  • Armazenamento: SSD NVMe M.2 de 512 GB;
  • Placa de vídeo: Nvidia GeForce RTX 3050 4 GB GDDR6;
  • Webcam: HD (720p);
  • Sistema operacional: Windows 11 Home.

Isso significa que, apesar de serem a mesma placa de vídeo em ambos os modelos, a do modelo recém-lançado é mais potente, já que possui um pouco mais de folga no limite de consumo energético.

Em questão de hardware, o maior destaque do TUF Gaming F15 é, sem dúvidas, o processador Core i7-12700H. Sua arquitetura de 12ª geração e as 20 threads o tornam um chip poderoso para todo tipo de atividade, incluindo jogos e produtividade. Felizmente, a CPU se saiu muito bem durante meus testes, oferecendo mais desempenho do que em outros modelos que eu testei, onde o chip também está presente.

Como citei anteriormente, combinar o Core i7-12700H e a RTX 3050 não é uma solução muito eficaz, quando pensamos em um notebook gamer. Este processador, claramente, tem poder de processamento para ir muito além do que a placa de vídeo é capaz. Isso torna a configuração do TUF Gaming F15 desequilibrada a ponto de notebooks com processadores mais fracos serem melhores para jogos, dependendo da GPU da máquina.

Por isso, o notebook gamer da Asus desponta como uma excelente opção de máquina para trabalho, principalmente para atividades que tiram proveito de chips com ótima performance em multitarefa. Ele seria um equipamento ideal para profissionais que utilizam muitos aplicativos pesados abertos ao mesmo tempo, e ainda jogam ocasionalmente.

A seguir, vamos analisar o desempenho do TUF Gaming F15 usando apps de benchmarks sintéticos e dois jogos. Vale destacar que os testes foram feitos com o notebook ligado na tomada.

Cinebench R23

O Cinebench R23 mede o desempenho do processador especificamente, tanto em single-core quanto em multi-core. Esses dados são interessantes para que o usuário possa comparar o desempenho de vários chips, ou do mesmo chip em diferentes setups.

O TUF Gaming F15 fez 1.722 pontos em single-core e 15.417 pontos em multicore. Para efeitos de comparação, o Acer Predator Triton 300 SE, equipado com o mesmo processador, fez 1.685 pontos em single-core e 13.655 pontos em multicore.

PCMark 10

O PCMark 10 é um software da UL Solutions, a mesma desenvolvedora do pacote 3DMark. Esse aplicativo faz uma série de testes sintéticos que simulam o uso real do computador em diversas situações, como videoconferências, abertura de apps, navegação web, criação de conteúdo digital, edição de vídeos e imagens, e até em jogos.

No PCMark 10, o TUF Gaming F15 também fez boas pontuações em algumas categorias. Somente nas categorias que mesclam o desempenho da CPU com a GPU é que o notebook ficou limitado, com pontuação abaixo das alcançadas pelo Predator Triton 300 SE. Em jogos, o dispositivo da Asus ficou bem abaixo do da Acer, como era de se esperar, já que o segundo é equipado com uma RTX 3060.

Fire Strike Ultra

O Fire Strike Ultra mede o desempenho da máquina em jogos baseados no DirectX 11, executados na resolução 4K (2160p). O TUF Gaming F15 fez 3.111 pontos no geral, sendo 2.953 pontos no teste gráfico e 29.270 no teste de física.

Já o Predator Triton 300 SE fez 4.548 pontos no geral, sendo 4.392 pontos no teste gráfico e 26.818 no teste de física.

Time Spy

O Time Spy mede o desempenho da máquina em jogos baseados no DirectX 12, executados na resolução 2K (1440p). O TUF Gaming F15 fez 5.670 pontos no geral, sendo 5.177 pontos no teste gráfico e 12.338 no teste de CPU.

O Predator Triton 300 SE fez 7.566 pontos no geral, sendo 7.114 pontos no teste gráfico e 11.831 no teste de CPU.

Time Spy Extreme

O Time Spy Extreme repete o mesmo teste que o Time Spy, mas na resolução 4K (2160p). Nesse teste, o TUF Gaming F15 fez 2.584 pontos no geral, sendo 2.363 pontos no teste gráfico e 5.514 no teste de CPU.

O Predator Triton 300 SE fez 3.603 pontos no geral, sendo 3.408 pontos no teste gráfico e 5.342 no teste de CPU.

CrystalDiskMark

Já o CrystalDiskMark mede o desempenho do SSD da máquina, indicando as velocidades de leitura e escrita, assim como as de acessos sequenciais e randômicos.

Nesse teste, o TUF Gaming F15 foi apenas mediano, pois eu já testei modelos, até mesmo não gamer, com SSDs bem mais rápidos. Não significa que o armazenamento do notebook é lento, mas poderia ser mais rápido, já que ele traz um processador tão potente.

Counter Strike: Global Offensive

Para testar o CS:GO, eu usei um dos mapas de benchmarking mais populares. O jogo foi executado na resolução em Full HD. A qualidade gráfica ficou no padrão do jogo (alta ou “high”), assim como todas as outras opções.

O TUF Gaming F15 se sai bem em jogos CPU bound. O notebook foi um dos mais rápidos de todos que já testei no CS:GO, com média de 310 fps. O Galaxy Book3 Ultra, equipado com um i7-13700H e uma RTX 4050, fez uma média de 265 fps.

Shadow of the Tomb Raider

Para testar o Shadow of the Tomb Raider, eu usei a ferramenta de benchmarking integrada ao game. O título rodou em Full HD e com o Nvidia DLSS, Intel XeSS e VSync desligados. A qualidade dos gráficos ficou no alto, e o resto não foi alterado.

Nesse jogo, o TUF Gaming F15 conseguiu uma média de fps pouco acima dos 70 quadros. Isso ocorre porque o game pede bastante processamento da placa de vídeo. O Predator Triton 300 SE, com uma RTX 3060, fez média de 112 fps.

Teste de estresse no CPU-Z

Eu realizei um teste de stress no CPU-Z por cerca de 10 minutos com o objetivo de observar as temperaturas do notebook da Asus. O chip chegou na temperatura máxima de 97 °C, e estabilizou em 95 °C. Lembrando que a temperatura máxima de operação segura desse chip é de 100 °C. A sala estava com o ar-condicionado desligado, e a temperatura ambiente ficou por volta dos 19 °C.

De maneira geral, o sistema de refrigeração do TUF Gaming F15 faz um bom trabalho. Pelo site da Asus é possível observarmos que ele recebeu aprimoramentos em relação ao modelo antecessor. O notebook possui vários dissipadores de cobre em seu interior, para amenizar o aquecimento da CPU e da GPU.

No entanto, eu acho que o sistema de refrigeração teria um desempenho ainda melhor se a parte inferior do equipamento tivesse mais espaço para a circulação de ar. O notebook é muito baixo, e seus pés de borracha são muito extensos, o que acaba por reduzir o desempenho das ventoinhas que puxam o ar frio por baixo do chassi.

De qualquer maneira, o notebook não aquece a ponto de incomodar o usuário. Embora a parte da base próxima à tela tenha ficado bem quente, o teclado permanece com temperatura muito confortável. Além disso, o nível de ruído também se manteve dentro do esperado para um notebook gamer.

Usabilidade

O TUF Gaming F15 não tem muitos aplicativos proprietários que podem atrapalhar a usabilidade, drenar a bateria ou impactar negativamente no desempenho.

Ele vem com o já conhecido Armoury Crate, que serve para a configuração de diversos recursos, níveis de desempenho, perfis de jogos, iluminação RGB e modos de funcionamento do notebook. Ele também possui uma seção de notícias e anúncios relacionados a produtos da Asus.

Sistema de som

Assim como todo notebook, o TUF Gaming F15 não oferece nada de especial no sistema de som. O dispositivo tem áudio estéreo com bom volume para assistir a vídeos no YouTube e outras plataformas de streaming. A potência dos alto-falantes não é informada pela Asus.

  • Alto-falantes: dois (som estéreo);
  • Recursos extras: Dolby Atmos, microfone embutido com cancelamento de ruído por IA, certificação Hi-Res.

O volume é suficiente para atividades do dia a dia, mas não espere se divertir com qualidade ao ouvir músicas. O ideal é que você utilize um bom fone de ouvido ou um par de caixas acústicas decente.

Bateria e carregamento

A bateria do TUF Gaming F15 tem capacidade de 56 Wh. Essa capacidade não é suficiente para que o dispositivo fique muito tempo fora da tomada, como podemos verificar a partir dos testes que eu fiz com o equipamento.

  • Capacidade da bateria: 56 Wh;
  • Carregador: 200 W.

Testei a duração de bateria usando o PCMark 10 no modo Modern Office. Esse benchmark simula diversas atividades comuns a um escritório nos dias atuais, incluindo a realização de videoconferências. No final do teste, o PCMark 10 indicou 4 horas e 21 minutos de duração de bateria. A marca está na média para notebooks gamer com chips potentes, ou seja, não é lá grande coisa.

No entanto, eu acredito que é possível estender bem essa autonomia para tarefas leves, como navegar na internet e editar textos. Para isso, basta o usuário configurar o notebook da maneira correta, por meio do Armoury Crate ou mesmo do Windows.

Concorrentes diretos

O Dell G15 15-5520 com Core i7-12700H e RTX 3060 é um bom concorrente para o TUF Gaming F15. O notebook tem o mesmo processador, mas oferece desempenho muito mais consistente em jogos, devido à placa de vídeo mais poderosa.

Além disso, o Dell G15 15-5520 tem tela com painel WVA com a mesma resolução, ou seja Full HD, mas com taxa de atualização de 165 Hz e brilho de 300 nits. Outra especificação em que ele se destaca é na bateria, que possui capacidade de 86 Wh.

O TUF Gaming F15 (com Windows 11) é encontrado a partir de R$ 6.800. Já o Dell G15 15-5520 já por R$ 8.100.

🛒 Compre o Dell G15 15–5520 no Zoom

Vale a pena comprar o Asus TUF Gaming F15?

O Asus TUF Gaming F15 é um notebook gamer com design sóbrio e elegante, além de ótima construção. O dispositivo possui certificação militar para ser mais resistente que outros equipamentos da mesma categoria. Mesmo assim, ele consegue oferecer um visual bonito e caprichado, com iluminação RGB no teclado.

Fora isso, o notebook tem desempenho incrível para tarefas que utilizam intensamente o processador, assim como para alguns jogos do tipo CPU bound. É claro que, mesmo para esses títulos, a performance será limitada pela RTX 3050. Isso deixa claro que o notebook deveria vir, pelo menos, com uma RTX 3060, ou ainda uma RTX 4050.

No caso da RTX 4050, ela combinaria ainda melhor com o processador do notebook, já que ela é compatível com o DLSS 3.0. O recurso aumenta substancialmente a taxa de quadros em jogos compatíveis.

De todo modo, eu indico o TUF Gaming F15 para todo tipo de usuário, gamer ou profissional, que precisa de uma máquina com processador moderno e poderoso, mas que não faz questão de uma placa de vídeo à altura do chip principal. O notebook também é uma boa opção para quem precisa de um equipamento mais robusto e mais resistente, pois sua certificação militar deve oferecer maior durabilidade.

🛒 Compre o Asus TUF Gaming F15 no Kabum

🛒 Compre o Asus TUF Gaming F15 no Zoom