Publicidade

Google adiou lançamento IA Gemini para janeiro, diz site

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 04 de Dezembro de 2023 às 13h11

Link copiado!

Greg Bulla/Unsplash
Greg Bulla/Unsplash
Tudo sobre Google

O Google teria adiado para janeiro de 2024 a revelação da Gemini, sua nova inteligência artificial generativa. Os eventos que revelariam a tecnologia estavam sendo planejados para acontecer ainda nesta semana, mas dificuldades no entendimento de idiomas além do inglês pelo chatbot levaram a um atraso nessa demonstração, que ficou para o começo do ano que vem.

As informações não foram confirmadas oficialmente, já que nem mesmo convites teriam sido enviados à imprensa. Por outro lado, relatos publicados pelo The Information indicam que a decisão de adiar a demonstração da Gemini veio diretamente do CEO do Google, Sundar Pichai, que faz questão de ter uma tecnologia funcional com mais idiomas já em seu lançamento.

Continua após a publicidade

Além das capacidades de entendimento em si, a Gemini também chegaria com integração completa a diferentes serviços do Google, como a busca e o Assistente. Capacidades de gerar texto, por exemplo, seriam integradas ao Docs, o que também explica porque a gigante quer tudo funcionando bem e de maneira ampla logo no lançamento.

Adiamento estratégico para o Google

É uma faca de dois gumes, conforme os relatos de pessoas próximas ao tema ouvidas pela reportagem. A revelação do Gemini é vista internamente como o evento mais importante do ano para o Google, principalmente por firmar sua concorrência à OpenAI, do ChatGPT. Mesmo já tendo o Bard em funcionamento, a empresa quer ir além.

Ao mesmo tempo, a decisão ingrata de adiar os eventos, que aconteceriam em três cidades dos EUA, estaria relacionada ao mesmo motivo. A ideia seria garantir que tudo funcionasse bem na chegada da IA, justamente como uma demonstração de força diante de seu principal concorrente nesse segmento.

Continua após a publicidade

Desenvolvido por dois departamentos especializados do Google, a IA Gemini já estaria sendo testada por um grupo selecionado de empresas parceiras. Aliada aos esforços de computação na nuvem da empresa, o chatbot ainda não tem data para ser disponibilizado a todo o público.

O que é a IA Gemini, do Google?

A Gemini é a aposta do Google para bater de frente com o ChatGPT-4 e outros chatbots avançados. Com direito até mesmo a retorno do fundador Sergey Brin para integrar a equipe de desenvolvimento, essa tecnologia já está em fase de testes corporativos.

Continua após a publicidade

É esse, aliás, o principal mercado visado pelo Google, que deseja ajudar desde programadores até criadores de conteúdo, com foco comercial. A ligação a serviços da gigante, assim como à própria busca, ajuda a manter os resultados sempre atualizados.

Enquanto isso, versões menores da IA seriam voltados a funções simples e tarefas específicas. Entradas de imagem e texto fariam parte do rol central de prompts aceitos pela Gemini e seu modelo de linguagem, que funcionariam diretamente do navegador.

Fonte: The Information