Publicidade

Quão difícil é montar um PC por conta própria?

Por| Editado por Jones Oliveira | 28 de Abril de 2024 às 15h30

Link copiado!

Cooler Master/Reprodução
Cooler Master/Reprodução

Montar um PC gamer, seja ele baratinho para orçamentos apertados, ou topo de linha, é o sonho de consumo de milhões de jogadores. No entanto, por trás das taxas de FPS gloriosas, as belas placas de vídeo e as luzes RGB encantadoras, há muita pesquisa e trabalho duro na hora da montagem. Todo esse processo nos fez pensar: quão difícil é montar um PC por conta própria?

A resposta para essa pergunta é um grande depende, já que cada pessoa tem um nível de conhecimento e aprendizado distinto. Porém, se considerarmos um usuário leigo e inexperiente como base, a montagem do PC por conta própria pode se tornar uma grande dor de cabeça, ou uma jornada de estudos e experimentações bem divertidas.

Para entender melhor sobre esses desafios, listamos algumas etapas no processo de montagem do PC e oferecemos um atalho: o Monte Seu PC. O Monte Seu PC é uma ferramenta gratuita do KaBuM!, na qual o usuário pode escolher as peças para o computador e a máquina é montada gratuitamente por um conjunto de técnicos especializados. 

Continua após a publicidade

A ideia de uso 

Um computador gamer, profissional ou para uso diário é o produto a ser adquirido. Todavia, você já pensou qual será o uso específico dessa máquina? Há sempre as respostas generalistas divididas nas seções citadas no começo deste parágrafo, mas é preciso ser específico caso queira ter uma boa máquina.

Caso o seu foco seja o uso diário, pergunte-se que tipo de tarefas cotidianas serão realizadas no PC. Vai mexer em planilhas, abrir documentos, fazer videoconferências? Quais programas são esses? Quantas páginas do navegador você quer deixar abertas ao mesmo tempo? 

O Canaltech está no WhasApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Se você é o gamer de plantão, também refine seu uso. Quais jogos cogita jogar? Com que nível de qualidade gráfica e resolução? Quer jogar a 60 ou 144 FPS? Esses jogos são competitivos, de mundo aberto ou focados em história? Todas essas respostas moldam o tipo de computador que você precisa. 

Os profissionais também precisam ter atenção redobrada. No uso profissional você pode mexer desde programas para administração até softwares de modelagem e engenharia. Em seu trabalho, o que é mais pesado? Pondere essas situações e tenha uma ideia sobre o que a máquina rodará.

O orçamento

Assim como na escolha de um novo smartphone ou até mesmo nas compras de mês, antes de começar a pensar em quais peças seu PC terá é preciso saber quanto você pode gastar. Delimitar um orçamento coerente de até onde é possível abrir a carteira ajudará a refinar sua futura pesquisa.

Continua após a publicidade

Inclusive, é sempre bom trabalhar com um valor mínimo e máximo. O mínimo é a certeza do que você pode pagar, enquanto o máximo é aquela forcinha para comprar uma peça um pouco melhor, se possível. Contudo, precisamos ter em mente que o orçamento é a nossa base e se trata de um cálculo mais difícil do que parece.

O usuário precisa ter ciência que caso extrapole muito no processador, precisará compensar do outro lado com uma placa de vídeo forte. Na ponta do lápis, isso representa muito dinheiro gasto, e pode ser um problema para quem não sabe controlar suas finanças.

Por mais que pareça apenas dinheiro, o orçamento define até onde é possível chegar. Saber o seu orçamento é saber também o valor de mercado dos produtos, e isso só acontece com pesquisa e estudo.

Continua após a publicidade

Vamos pesquisar

Com a ideia de uso e o orçamento bem definidos, é hora de começar a pesquisar as peças do seu computador. Essa etapa tem relação direta com o uso que a máquina terá e o quanto você pode gastar, já que são esses os norteadores do seu estudo.

A pesquisa envolve fatores primordiais, como o entendimento sobre cada componente do PC. Antes de comprar um processador, é preciso entender o que essa peça faz e como sua contagem de núcleos pode beneficiar a sua máquina. Será que vale a pena comprar 8 GB de RAM ou é melhor pular para os 16 GB?

Continua após a publicidade

Esses são questionamentos que todo usuário que planeja montar um PC precisa fazer. O estudo e a pesquisa tendem a acabar com mitos disseminados em fóruns por décadas, como a quantidade de memória de vídeo de uma placa de vídeo ser o indicador de potência do modelo.

Não há como fugir. Assim como você estuda para uma prova ou analisa cada aspecto de um carro antes de comprá-lo, é necessário deixar a preguiça de lado e entender pelo menos o básico sobre esses conceitos. Inclusive, no próprio Canaltech temos guias de montagem de PCs para diferentes orçamentos, mas que só funcionam quando o leitor possui a mínima noção do que um SSD ou um air cooler fazem.

Montagem

Com tudo pronto, chegou o momento de botar a mão na massa e cair de paraquedas na montagem. Entretanto, essa etapa colide justamente na pesquisa. Será que você realmente sabe montar um computador? Para ser justo, até usuários bem experientes podem ter certa dificuldade na montagem, então considere que é normal errar ou ficar em dúvida.

Continua após a publicidade

De todo modo, a montagem é o processo divisor de águas no mundo dos PCs. Ou você aprende, mesmo com erros, e consegue fazer a máquina funcionar, ou se confunde e acaba pedindo ajuda. Felizmente, há muitos tutoriais e vídeos bem explicativos na internet, mas cada montagem de PC é diferente.

O Monte Seu PC pode ajudar 

A ferramenta do Monte Seu PC visa justamente facilitar e agilizar todo esse processo. No entanto, fatores como o uso da máquina, orçamento e pesquisa ainda precisam ser seriamente considerados, afinal de contas não adianta nada usar um recurso desse porte sem o mínimo de conhecimento sobre hardware.

Continua após a publicidade

Com as peças em mente, o sistema do site entende automaticamente quais são os outros componentes compatíveis. Por exemplo, não há como comprar um processador Intel e juntá-lo com uma placa-mãe de chipset AMD por engano. O Monte Seu PC do KaBuM! irá indicar apenas os produtos corretos, com diversas opções de preço, marca e performance.

É interessante mencionar que a interface é bem intuitiva. O usuário escolhe as peças como um cardápio, quase como se estivesse escolhendo um sorvete e seus totens. Brincadeiras à parte, basta escolher as peças e clicar em Avançar. Em certos componentes opcionais, como os antigos Discos Rígidos, há a opção de pular caso não queira.

Outro ponto de destaque é que na mistura entre componentes, o Monte Seu PC deixa o usuário adicionar periféricos. Assim, é possível montar o setup completo com mouse, teclado, headset e monitor em uma única compra. O melhor é que todas as peças são enviadas juntas, para você não sofrer com aquela espera.

Continua após a publicidade

E claro, o principal do Monte Seu PC é a montagem. Após escolher todas as peças e confirmar a compra, os produtos são coletados no Centro de Distribuição do KaBuM! e levados a um setor anexo onde fica a empresa Customiza. Essa companhia tem os técnicos e assistentes responsáveis pela montagem de milhares de máquinas, que ainda fazem um teste de estresse e compatibilidade para garantir o funcionamento.

Canaltech viu de perto como o PC de milhares de pessoas são montados todos os dias.

Caso o sistema da ferramenta tenha cometido algum erro ou o usuário tenha comprado alguma peça que não combine na montagem, seja por dimensões diferentes ou não fazer sentido em termos de equilíbrio, a loja entrará em contato.

Continua após a publicidade

Por exemplo, se o usuário comprar um processador muito potente e escolher uma placa-mãe básica, ainda que compatível, o time de técnicos irá sugerir uma mudança ao cliente.

Como usar o Monte Seu PC? 

Bem didático, o Monte Seu PC é uma ferramenta simples. Para usar, basta acessar a página oficial do recurso no site do KaBuM! e seguir os passos abaixo:

  1. Assim que a página abrir, um aviso sobre compatibilidade será mostrado. Clique em Começar;
  2. O primeiro componente a ser escolhido é o processador. Usa a barra de pesquisa ou selecione o modelo manualmente ao descer a página;
  3. Após escolher o produto, clique sobre ele;
  4. No canto inferior direito, clique em Avançar para prosseguir na montagem;
  5. Basta repetir o mesmo processo com todos os componentes obrigatórios, como placa-mãe, RAM, armazenamento, gabinete e fonte;
  6. Na parte de armazenamento, perceba que a escolha do HD é opcional. Escolha um produto desse tipo ou clique em Pular para continuar;
  7. Após escolher todas as peças, a página dará a opção de comprar monitores e periféricos. Escolha os produtos que lhe agradem, caso queira, ou clique em Pular;
  8. Ao fim da escolha de todos os produtos, uma nova página será carregada, listando todos os itens. Lá, escolha entre a Montagem do KaBuM! ou o envio de peças desmontadas para você montar em casa;
  9. Clique em Avançar Para Resumo;
  10. Por fim, na última tela você deve revisar os itens e prosseguir para o pagamento padrão na loja, assim como feito em qualquer compra no site. 
Continua após a publicidade

Vale lembrar que o Monte Seu PC é uma ferramenta totalmente gratuita. Os clientes pagam apenas pelo valor das peças e o frete, caso exista. Aliás, as caixinhas das peças também são enviadas, junto a um certificado de montagem assinado pelo técnico responsável.