Como saber o modelo de uma placa-mãe

Como saber o modelo de uma placa-mãe

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 19 de Fevereiro de 2022 às 13h00
Bru-nO/Pixabay

Apesar de ser um dos componentes que menos recebe atenção na hora de se montar um PC, a placa-mãe tem muito relevância não apenas por ter impacto no desempenho da máquina, dependendo do quão limitado é seu sistema de alimentação, como ainda por ditar os recursos de conectividade, armazenamento, memórias compatíveis e outros aspectos gerais do computador.

Como toda peça, há uma variedade de modelos disponíveis, e é importante saber qual deles equipa a máquina, tanto para avaliar se é adequado para o processador, quanto para explorar os recursos adicionais disponíveis. Antes de abrir o PC para olhá-la diretamente, há uma boa variedade de métodos via software que podem ser realizadas para obter mais informações da placa-mãe.

Acesse as Informações do Sistema

A primeira opção disponível pelo sistema operacional para conferir o modelo da placa é o painel de Informações do Sistema. Para acessá-lo, basta clicar na busca na barra de tarefas, ou apertar a tecla Windows, digitar "sistema" e então selecionar a opção "Informações do Sistema". A janela aberta trará informações completas do computador, incluindo nome do processador, memórias e informações da placa-mãe.

Na janela de Informações do Sistema, a fabricante e o modelo da placa-mãe estarão listados nas linhas "Fabricante da BaseBoard" e "Produto BaseBoard" (Imagem: Renan da Silva Dores/Captura de tela)

Os dados da fabricante e o modelo da placa-mãe estarão nas opções nas linhas "Fabricante da BaseBoard" e "Produto BaseBoard", respectivamente. Vale destacar, no entanto, que determinadas placas não terão o modelo exibido, especialmente se forem antigas, ou ainda podem exibir o código de identificação. Nesse caso, o ideal é buscar pelo código na internet, ou seguir para outros métodos.

Utilize o CPU-Z

Também é possível utilizar programas dedicados a listar e testar as peças do computador, que costumam apresentar as configurações completas da máquina. O mais popular entre as opções é o CPU-Z, normalmente usado para conferir as especificações do processador, mas que também exibe detalhes de peças como memórias, armazenamento e a própria placa-mãe.

Na aba "Mainboard", o CPU-Z lista a fabricante e o modelo da placa-mãe, além da geração do barramento, versão da BIOS e fabricante do chipset (Imagem: Renan da Silva Dores/Captura de tela)

O programa é gratuito, e pode ser baixado pelo site oficial do CPU-Z, tanto em versão que requer instalação como na chamada "versão portátil", funcional logo após o download. Ao abri-lo, uma série de abas serão exibidas, bastando clicar na "Mainboard" para conferir o modelo da placa-mãe do PC. A fabricante será listada em "Manufacturer", enquanto o modelo específico estará em "Model". O programa também lista a geração do barramento (PCIe 4.0, PCIe 5.0) e a fabricante da CPU (AMD, Intel).

Use o prompt de comando

Ainda no sistema operacional, é possível conferir informações da placa-mãe utilizando o prompt de comando do Windows. Aperte a tecla Windows ou clique na lupa na barra de tarefas, e então digite "prompt de comando". Ao abri-lo, copie, cole e execute o seguinte comando:

wmic baseboard get product,Manufacturer,version,serialnumber
Ao ser executada, a linha retornará ao prompt de comando a fabricante, o modelo, o número de série e a versão da placa-mãe (Imagem: Renan da Silva Dores/Captura de tela)

A linha executada retornará, respectivamente, informações da fabricante, o modelo, o número de série e a versão. Assim como no caso do programa de Informações do Sistema, placas mais antigas podem ter problemas para exibir todas as informações com precisão.

Abra o gabinete e cheque a placa-mãe

De último caso, você pode abrir seu gabinete para procurar o número de modelo diretamente na placa. É costume que as fabricantes insiram esses e outros detalhes de maneira visível no próprio componente, ainda que em tamanhos e áreas diferentes. Normalmente, os detalhes estão bastante visíveis na região central ou na extremidade da base.

No placa-mãe da ASUS acima, é possível ver o nome completo do modelo na região central do componente (Imagem: ASUS)

No exemplo acima, temos uma placa-mãe ASUS TUF Gaming Z690-Plus D4, com memórias DDR4. Note como o modelo é descrito na região central do componente, logo abaixo do slot PCIe x16, onde normalmente a placa de vídeo é inserida. Caso esteja com a GPU instalada, e não consiga encontrar as informações próximas às extremidades, é provável que este será o local onde os detalhes estarão impressos.

Fonte: PCWorld, Tech Guided

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.