Publicidade

Os 15 melhores aplicativos para iPhone de 2023

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 08 de Dezembro de 2023 às 16h30

Link copiado!

Ivo Meneghel Jr/Canaltech
Ivo Meneghel Jr/Canaltech

O ano de 2023 foi marcado pela chegada de novos aplicativos interessantes para o iOS, além de melhorias significativas para outros nomes já conhecidos entre os usuários de iPhone. Entre o catálogo imenso da App Store, algumas ferramentas ganharam destaque por simplificar o dia a dia e oferecer novas tecnologias.

A inteligência artificial generativa, um dos principais temas no mercado de tecnologia durante o ano, não poderia ficar de fora: vários apps já incorporaram recursos de IA e levam a geração de textos e imagens para o celular. O Canaltech preparou uma lista com os melhores aplicativos de iOS do ano para elencar as principais opções.

Os melhores aplicativos de iPhone em 2023

Continua após a publicidade

Veja os melhores apps disponíveis para o iOS:

15. Photomator

O Photomator é uma das principais opções para aplicar recursos de IA em imagens. Esse editor de fotos disponibiliza ferramentas para remover objetos e até aumentar a resolução de fotos com baixa qualidade.

A única ressalva está na versão gratuita, que permite a exportação de apenas três imagens antes de seguir com um dos planos pagos.

O Canaltech está no WhasApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia
  • Disponível em: iPhone, iPad
  • Preço: gratuito com opção de assinatura paga

14. SmartGym

O SmartGym é um aplicativo brasileiro voltado para criar treinos personalizados de musculação. A ferramenta usa o Smart Trainer, uma IA que considera os equipamentos disponíveis, dias dedicados aos exercícios físicos por semana e a média de duração de cada treino para criar um programa específico a cada usuário.

Continua após a publicidade

O app foi premiado pela App Store na categoria de App do Ano para Apple Watch em 2023 e já recebeu outras premiações da Maçã nos anos anteriores.

  • Disponível em: iPhone, iPad
  • Preço: gratuito com opção de assinatura paga

13. Notion

Continua após a publicidade

O Notion é um dos principais aplicativos de produtividade disponíveis para iPhone, com soluções individuais ou colaborativas para desenvolver projetos e usar um quadro branco versátil. É possível adicionar notas, arquivos de mídias, linhas de código e até vincular um documento com outro para encontrar afirmações.

O app ficou ainda melhor em 2023 com a chegada de funções de IA generativa para criar, traduzir e resumir grandes textos.

Continua após a publicidade

12. Artifact

Criado por cofundadores do Instagram, o Artifact surgiu como um hub para ler textos e notícias, mas aos poucos foi virando uma rede social. Logo após criar um perfil, você pode escolher seus assuntos preferidos e receber sugestões personalizadas.

É possível seguir perfis, personalizar feeds e até publicar links externos por lá — apesar de não ter tanta popularidade, é uma ótima plataforma para curadoria de conteúdo.

Continua após a publicidade

11. Canva

O Canva já é a primeira opção de muitas pessoas para a criação de designs rápidos pelo celular. O aplicativo dispõe de uma interface intuitiva e vários modelos personalizáveis que vão desde um post para redes sociais até um currículo profissional.

Em 2023, o aplicativo também recebeu recursos de IA generativa para criar imagens e aplicar efeitos de edição nas fotos, como a remoção de objetos. Além disso, o serviço possui uma suíte de produtividade própria que pode concorrer com os produtos do Google Docs.

Continua após a publicidade
  • Disponível em: iPhone, iPad
  • Preço: gratuito com opção de assinatura paga

10. Desrotulando

O Desrotulando tem uma proposta muito interessante para manter uma alimentação saudável: o app permite escanear rótulos e códigos de barras e avalia a tabela nutricional, com alertas sobre a presença de corantes, conservantes e outros aditivos.

Continua após a publicidade

A plataforma possui um sistema de pontuação para cada produto e oferece alternativas mais naturais em cada segmento.

9. Google Authenticator

Continua após a publicidade

Sim, a lista de melhores apps de iPhone tem uma opção do Google: o Authenticator é uma das principais alternativas para fazer a verificação em dois fatores e reforçar a segurança dos seus logins na internet.

O aplicativo resolveu um dos principais problemas que possuía e agora tem uma opção para fazer o backup das informações na conta Google — dessa forma, é possível recuperar as informações mesmo após perder o celular.

Continua após a publicidade

8. Microsoft Edge

Outro rival da Apple marca presença na lista: o navegador Edge foi mais um dos produtos da Microsoft que ganharam integração com a IA generativa do Copilot em 2023. O ícone da ferramenta está disponível na barra de pesquisa do app e permite interagir com o chatbot via texto, áudio ou fotos, além da opção de gerar imagens com a tecnologia DALL-E 3.

O Edge é uma alternativa valiosa ao Safari com opções para bloquear rastreadores, criar coleções de links e vincular o histórico com a versão para desktop.

Continua após a publicidade

7. Apple Maps

A cada nova atualização, o Apple Mapas avança para bater de frente com o concorrente Google Maps. A chegada do iOS 17, inclusive, trouxe um recurso que já existia no concorrente: a opção de baixar mapas e acessá-los sem conexão com a internet.

O aplicativo da Apple disponibiliza informações mais detalhadas sobre estabelecimentos comerciais e outros destinos, além de fornecer rotas variadas para diferentes meios de transporte.

6. AllTrails

Vencedor na categoria de App do Ano para iPhone em 2023, o AllTrails é o paraíso de ciclistas e aventureiros: a ferramenta usa a localização do celular para informar as melhores trilhas localizadas na sua região.

Com mais de 400 mil opções disponíveis na base de dados, também permite escolher o próximo destino com base em critérios como distância e dificuldade do trajeto. O app é uma solução tanto para praticantes experientes como para quem quer ingressar nos esportes de aventura.

  • Disponível em: iPhone, iPad
  • Preço: gratuito com opção de assinatura paga

5. Apple Music

O serviço de streaming da Apple foi reforçado com muitas novidades neste ano: é possível ver os créditos das músicas, criar sessões conjuntas, gerar capas para as playlists e conferir uma visualização muito útil no modo StandBy, introduzido no iOS 17.

O Apple Music é uma alternativa interessante para quem cansou do Spotify e quer mudar de plataforma. Vale lembrar que, ao contrário do rival verde, o streaming já disponibiliza um catálogo de músicas com alta fidelidade, ou seja, na maior qualidade possível.

  • Disponível em: iPhone, iPad
  • Preço: gratuito com opção de assinatura paga

4. Threads

O Threads é a aposta da Meta para concorrer com o X (antigo Twitter) no domínio das redes de textos curtos. É possível criar uma conta a partir do próprio perfil do Instagram e começar a publicar mensagens de até 500 caracteres por lá.

O aplicativo herda muitos detalhes da interface do Instagram e fez sucesso no lançamento, consolidado como a principal rede social apresentada no ano.

  • Disponível em: iPhone
  • Preço: gratuito

3. Bing

O Bing não é a opção preferida de muitos como o buscador principal, mas apresentou uma série de evoluções que justificam pelo menos um teste. A ferramenta foi integrada ao Copilot e pode até usar o GPT-4, modelo mais recente da OpenAI, criadora do ChatGPT, para a criação de textos, e o DALL-E 3 para a geração de imagens.

Além disso, é possível personalizar o feed de notícias e sugestões de acordo com suas preferências e ganhar pontos para o Microsoft Rewards com pesquisas.

2. WhatsApp

O WhatsApp já domina os celulares dos brasileiros, mas merece uma aparição na lista devido às novidades anunciadas neste ano. O mensageiro incorporou a função de Comunidades, uma espécie de “supergrupo” capaz de comportar até outros 50 grupos menores, e os Canais, conversas públicas nas quais um perfil pode publicar atualizações para todos os seguidores.

Ambos os recursos ajudaram a deixar o app ainda mais versátil no iPhone, mas as novidades não pararam por aí: é possível usar a mesma conta em dispositivos diferentes e proteger conversas com senha.

  • Disponível em: iPhone
  • Preço: gratuito

1. ChatGPT

O ChatGPT é o aplicativo que resume 2023: apesar do lançamento no ano passado, a ferramenta teve um crescimento meteórico neste ano e virou o símbolo da IA generativa. Você pode pedir para o bot responder a qualquer coisa, como uma sugestão de roteiro de viagem, solução de problema matemático e até a criação de novo texto.

A IA da OpenAI ganhou um aplicativo dedicado a iOS em maio que permite salvar seu histórico de conversas e iniciar um diálogo por voz.

  • Disponível em: iPhone
  • Preço: gratuito

Todos os apps mencionados estão disponíveis na App Store e já podem ser baixados.