Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Moto G20 surge no Geekbench com processador Unisoc e 4 GB de RAM

Por| Editado por Wallace Moté | 17 de Março de 2021 às 12h20

Link copiado!

Montagem Canaltech
Montagem Canaltech

Conforme apontavam os rumores, a Motorola começou a reestruturar sua aclamada linha Moto G, seguindo os passos de rivais como a Samsung ao numerar os aparelhos de acordo com seu nível de desempenho, em vez de indicar sua geração. As mudanças começaram oficialmente na semana passada, com o anúncio do Moto G10 Power e do Moto G30, e não devem parar por aí, com o novo Moto G20 podendo ser o próximo da fila.

Aparelho de entrada que deve se estabelecer exatamente entre o G10 e o G30, o Moto G20 acaba de ser visto no banco de dados do Geekbench, com parte de suas especificações e uma amostra de seu desempenho sendo divulgadas. De acordo com os registros, o aparelho será equipado com um chipset Unisoc T700, de oito núcleos, litografia de 12 nm e clock base de 2,0 GHz, além de 4 GB de RAM e Android 11 de fábrica.

Continua após a publicidade

O Unisoc T700 parece ser um estreante no mercado de smartphones, e já chega bem posicionado considerando a faixa de preço esperada para o Moto G20. No Geekbench 5, o chipset chinês foi capaz de marcar 378 pontos em testes single-core e 1.322 pontos em multi-core. Os números são um pouco mais expressivos que os atingidos pelo Snapdragon 460 do Moto G10Power, capaz de atingir os 249 pontos em single-core e os 1.259 pontos em multi-core.

Motorola também prepara Moto G50 e Moto G100

Além do Moto G20, a nova linha Moto G para 2021 deve receber já nas próximas semanas mais dois modelos de maior desempenho. O primeiro deles, o Moto G100, está disponível na China como Motorola Edge S e vem protagonizando teasers da própria fabricante. O dispositivo conta com o novo Snapdragon 870, versão turbinada do Snapdragon 865+, bem como 6 GB ou 8 GB de RAM, 128 GB ou 256 GB de armazenamento, tela IPS LCD de 6,7 polegadas Full HD+ com taxa de atualização de 90 Hz, câmera quádrupla de 64 MP e bateria de 5.000 mAh com carregamento de 20 W.

Enquanto isso, o Moto G50 foi encontrado no órgão de certificação chinês 3C tendo o suporte à rede 5G confirmado. Acredita-se que o aparelho, especulado para chegar ao país asiático como parte da linha Lenovo Lemon, seja equipado com um processador Snapdragon 480 5G, 6 GB de RAM, 128 GB de armazenamento, tela HD+ com taxa de atualização de 90 Hz e câmera quádrupla de 48 MP.

Fonte: MySmartPrice