Mi 11 Lite, Mi 11 Pro e Mi Mix 4 têm opções de memória detalhadas pelo TENAA

Por Renan da Silva Dores | 24 de Março de 2021 às 14h40
Ben Geskin/Reprodução

Praticamente confirmadas pela própria Xiaomi, as novas variantes do Mi 11 estão próximas de chegar ao mercado e têm protagonizado um número crescente de vazamentos. O Mi 11 Lite, o Mi 11 Pro e o Mi Mix 4, que pode vir a ser o primeiro dobrável da gigante chinesa, tiveram elementos de seu visual divulgados e recentemente foram vistos no órgão de certificações chinês 3C, que entregou detalhes da bateria e do sistema de carregamento dos dispositivos.

Agora, foi a vez do TENAA, outro órgão chinês focado na homologação de dispositivos, entregar mais alguns detalhes dos três próximos lançamentos da Xiaomi. Segundo a documentação, o Mi Mix 4, de número de modelo M2011J18C, assumirá o posto de dispositivo mais robusto da marca ao vir embarcado com 12 GB ou 16 GB de RAM e 512 GB de armazenamento. Como era de se esperar, o suporte ao 5G também está incluso.

Enquanto isso, o Mi 11 Pro, com número de modelo M2102K1AC, chega em opções 8 GB e 12 GB de RAM, com 256 GB de armazenamento. Podemos esperar por configurações semelhantes para o Mi 11 Ultra, considerando que a diferença entre os dois pode estar limitada à capacidade máxima do zoom, que chegaria aos 50x no modelo Pro e aos 120x na variante Ultra.

Por fim, o Mi 11 Lite, identificado pelo número de modelo M2101K9C, é o mais básico dos novos celulares, mas ainda traz configurações robustas que incluem 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento. Também há 5G por aqui, como parte dos recursos oferecidos pelo chipset da linha Snapdragon 700 equipado no aparelho.

Mi Mix 4: o que esperar?

Os rumores que relatam a existência do Mi Mix 4 datam do ano passado, mas as informações mais interessantes começaram a surgir apenas neste ano. Tudo indica que o próximo aparelho da linha premium da Xiaomi seja o primeiro dobrável da companhia, seguindo os moldes consagrados pelo Samsung Galaxy Z Fold 2. Como era de se esperar, o Mi Mix 4 deve ser equipado com o poderoso Snapdragon 888 e contar com suporte ao 5G.

Suposto protótipo do Xiaomi Mi Mix 4, possível primeiro dobrável da marca (Imagem: Reprodução/Weibo)

O celular dobrável deve trazer ainda tela AMOLED Quad HD+ com taxa de atualização de 120 Hz e câmera frontal sob o display, além de um conjunto de câmeras muito robusto, com sensor principal Sony IMX766 de 50 MP, ultrawide de 48 MP e telefoto também de 48 MP, com 5x de zoom óptico, 120x de zoom conbinado e 15x de zoom para vídeos. Outro destaque seria sua câmera lenta, capaz de gravar em impressionantes 1.920 FPS.

Mi 11 Pro e Mi 11 Ultra: o que esperar?

Versões mais avançadas do Mi 11, o Mi 11 Pro e o Mi 11 UItra devem compartilhar a maioria das especificações, com exceção da já citada câmera de zoom, mais potente no modelo Ultra. Ambos devem trazer processador Snapdragon 888 5G, tela AMOLED de 6,81 polegadas com resolução Quad HD+ e taxa de atualização de 120 Hz, bateria de 5.000 mAh com carregamento rápido de 67 W, áudio estéreo da Harman Kardon e certificação IP68 de resistência à água e poeira.

O Mi 11 Ultra teria como maior destaque sua tela secundária colorida na traseira (Imagem: Reprodução/Tech Buff PH)

Outro trunfo do Mi 11 Ultra frente aos irmãos mais básicos seria a adição de uma tela secundária no enorme módulo de câmeras traseiras. O painel colorido contaria com pequenas dimensões e permitiria a fácil captura de selfies com o conjunto principal de sensores.

Mi 11 Lite: o que esperar?

Aparelho mais básico da família, o Xiaomi Mi 11 Lite deve ser lançado em versões 4G e 5G, equipadas com processadores Snapdragon 732G e o ainda não anunciado Snapdragon 775, respectivamente. Ambos devem trazer construção idêntica à do Mi 11 tradicional, com leves modificações seguindo a redução das configurações do aparelho.

O Mi 11 Lite foi visto à venda em uma varejista italiana, que confirmou o visual e parte das especificações do aparelho (Imagem: Reprodução/Gizmochina)

O Mi 11 Lite 4G contaria com opção extra de 6 GB de RAM, tela AMOLED de 6,55 Full HD+ com taxa de atualização de 90 Hz, bateria de 4.250 mAh, bem como câmera traseira tripla com sensor principal de 64 MP, ultrawide de 8 MP e macro de 5 MP. Muito similar, o Mi 11 Lite 5G se diferenciaria pelo aumento da taxa de atualização para 120 Hz e pela adição da opção de 8 GB de RAM.

Fonte: MySmartPrice

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.