Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Você sabe qual a diferença entre o pernilongo e o mosquito da dengue?

Por| Editado por Luciana Zaramela | 27 de Dezembro de 2022 às 12h30

Link copiado!

Twenty20photos/Envato Elements
Twenty20photos/Envato Elements

Você sabe diferenciar um pernilongo comum do mosquito da dengue? Aedes aegypti, o vetor dessa doença e de muitas outras, é um animal bem conhecido, já que a condição atinge brasileiros em quantidades alarmantes há décadas. Os sintomas e até mesmo a forma de combater a proliferação de tais insetos são de conhecimento popular, mas a confusão deles com os pernilongos parece ser bem persistente.

Diferenciar uma criatura da outra é, na verdade, bem simples — basta conhecer as características básicas de cada um. Sua identificação pode ser feito tanto pelo voo quanto quando descansam sobre superfícies. Eles são, inclusive, de espécies diferentes, com o pernilongo possuindo o nome científico Culex quinquefasciatus, bem separado do Aedes aegypti.

Continua após a publicidade

Biologia dos mosquitos

Olhando para o corpo, o mosquito da dengue é maior, com 5 a 7 centímetros de comprimento, enquanto o pernilongo vai de 3 a 4 milímetros. Este último também apresenta cores uniformes, sendo todo marrom, enquanto o outro inseto apresenta corpo preto com listras brancas. Indo para o campo aéreo, o A. aegypti é rápido e silencioso, bem diferente do C. quinquefasciatus, lento e barulhento, que voa fazendo um zumbido no ar.

Até os horários preferidos para o ataque diferem: o mosquito da dengue gosta de atacar das 9h às 13h, enquanto o pernilongo tem hábitos mais noturnos, aparecendo a partir das 18h. Por falar em ataque, este último deixa marcas que coçam no local da picada, que levanta um calombo avermelhado. Já o vetor da dengue não deixa marcas e nem coceira. Além da doença, ele também pode transmitir a febre chikungunya, febre-amarela e zika vírus através de seu ataque.

Ambas as espécies põe seus ovos em água parada, mas o A. aegypti tem preferência por água limpa e deposita os futuros filhotes em diversos locais, individualmente. O pernilongo difere ao colocar todos os ovos juntos na forma de uma jangada, geralmente em água suja ou poluída. Os cuidados com acúmulo de água em recipientes, portanto, ajudam no combate a ambos os tipos de mosquito.

Fonte: Agência Brasil