SAIU O RESULTADO DO SORTEIO DO PRÊMIO CANALTECH!CONFERIR
Publicidade

Surtos de dengue no Brasil: casos aumentaram em 55% em relação ao último ano

Por| Editado por Luciana Zaramela | 07 de Abril de 2022 às 13h30

Link copiado!

Wikilmages/Pixabay
Wikilmages/Pixabay

Brasil enfrenta uma onda de surtos da dengue, doença causada por um arbovírus e transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. No primeiro trimestre deste ano, o país registrou 204 mil casos da doença. O número representa uma alta de 55% em relação ao mesmo período do ano passado, segundo boletim epidemiológico do Ministério da Saúde.

O maior aumento no número de casos da dengue foi identificado na região Centro-Oeste, mas a onda de surtos não é exclusiva. Por exemplo, a situação do estado do Rio Grande do Sul também chama a atenção das autoridades de saúde pública.

Continua após a publicidade

Levantamento da Saúde sobre a dengue

No último boletim epidemiológico — que considera os meses de janeiro a março —, a Saúde aponta que a região brasileira com mais casos proporcionais é a Centro-Oeste. Em primeiro lugar de notificações, está a cidade de Goiânia (Goiás) com 18 mil casos oficialmente registrados. Em segundo, está Brasília, que soma 13 mil casos.

Nos três primeiros meses deste ano, a média de registros no Centro-Oeste foi de 475 casos para cada 100 mil habitantes. Em segunda, a Região Norte teve a segunda maior incidência, enquanto o Nordeste é onde há menos registros. São apenas 39 a cada 100 mil habitantes.

Surto no Rio Grande do Sul

Continua após a publicidade

Além dos surtos no Centro-Oeste e no Norte, a situação do Rio Grande do Sul também preocupa. Segundo o estado, quase 90% dos municípios registram infestações do mosquito transmissor da dengue e mais de 4,8 mil casos foram diagnosticados até agora.

Na capital Porto Alegre, foram feitos 608 diagnósticos de dengue neste ano. Em todo o ano passado, as autoridades de saúde contabilizaram apenas 83. Na onda de novos surtos da doença, a Prefeitura de Rodeio Bonito precisou decretar situação de emergência. Isso porque mais de 10% dos moradores pegaram a doença até agora.

Sintomas da dengue

Vale lembrar que, em caso de suspeita de dengue, a pessoa deve buscar orientação e cuidados médicos adequados. Entre os principais sintomas da doença, estão:

Continua após a publicidade
  • Febre alta (maior que 38°C);
  • Dor no corpo e articulações;
  • Dor atrás dos olhos;
  • Mal-estar;
  • Falta de apetite;
  • Dor de cabeça;
  • Manchas vermelhas no corpo.

Em alguns casos, a Saúde lembra que o paciente pode não apresentar febre. No entanto, "a primeira manifestação da dengue é a febre alta (> 38 °C), de início abrupto, que geralmente dura de 2 a 7 dias, acompanhada de dor de cabeça, dores no corpo e articulações, além de prostração, fraqueza, dor atrás dos olhos, e manchas vermelhas na pele. Também podem acontecer erupções e coceira na pele", detalha.

Fonte: Ministério da SaúdeAgência Brasil e G1