Publicidade

Volta às aulas | Quais são os melhores notebooks para estudar em 2024

Por| Editado por Léo Müller | 20 de Janeiro de 2024 às 11h00

Link copiado!

Erick Teixeira/Canaltech
Erick Teixeira/Canaltech
Galaxy Book 2

A volta às aulas está próxima, e este é o momento ideal para renovar o notebook e garantir um aliado à altura nos seus estudos. Por isso, preparamos uma lista com as melhores alternativas, variando entre especificações coerentes para cada nível de escolaridade.

Melhores notebooks básicos para estudar

Lenovo Ideapad 3

Continua após a publicidade

O Lenovo Ideapad 3 é o melhor notebook básico para estudar. Ele chama a atenção por entregar uma alternativa de processador com performance superior aos modelos já apresentados. O Ryzen 5-5500U faz o preço do aparelho subir um pouco, mas compensa por proporcionar uma usabilidade mais fluida em tarefas um pouco mais exigentes, caso necessário.

O notebook também conta com 8 GB de memória RAM e SSD de 256 GB, permitindo uma folga de desempenho maior. Sua tela de 15,6 polegadas tem resolução Full HD, mas não é tão boa no uso prático, mas isso só incomodaria designers e editores de vídeo, que são um público-alvo diferente oposto ao deste produto.

Apesar de ser um notebook básico e interessante, é preciso ter atenção na hora da compra, pois a maioria das versões comercializadas vem com o sistema operacional Linux. Por serem mais baratos, acabam entregando maior custo-benefício.

O Canaltech está no WhasApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Em contrapartida, será necessário contratar um técnico ou ter um conhecimento a mais de manutenção para formatá-lo e instalar o Windows. Isso porque o software da Microsoft é mais amigável para programas muito utilizados por universitários para a criação de textos e apresentações de slides.

Acer Aspire 3 A315

O Acer Aspire 3 A315 é um laptop básico que entrega recursos simples, mas funcionais no dia a dia. O aparelho proporciona um formato leve, ventoinha de ventilação robusta, teclado ABNT 2 com botões numéricos à direita, e é agradável para carregar no dia a dia estudantil.

Continua após a publicidade

Um grande destaque deste produto é a sua bateria, pois a Acer promete até 10 horas de uso longe das tomadas. Para quem é estudante e está sempre com a cabeça avoada pelo excesso de conteúdos, é a garantia de ir e voltar do colégio ou universidade sem medo de o aparelho se desligar por esquecer o carregador.

No notebook, você encontra uma tela Full HD básica de 15,6 polegadas. Seu desempenho é regido pelo processador Intel Core i3– N305, 8 GB de memória RAM não expansível e 256 GB de espaço interno via SSD.

Continua após a publicidade

Samsung Galaxy Book2

O Samsung Galaxy Book2 é uma ótima alternativa boa e barata de notebook básico, por ter uma construção mais reforçada do que os aparelhos desta categoria. Seu teclado tem os botões espaçados, e isso permite uma usabilidade mais confortável no dia a dia.

Suas características de ultrabook faz com que ele tenha 1,8 kg, um peso perto da média entregue pelos concorrentes. Sua tela LED tem recursos antirreflexo e bom nível de nitidez para o uso prático.

Continua após a publicidade

A versão com Intel i3-1215U já vem com o Windows 11 de fábrica, garantindo que o aparelho estará pronto para uso desde as configurações iniciais. Mesmo com a limitação de ter 4 GB de memória RAM e 256 GB de SSD, ele é um laptop custo-benefício por ter 2 anos de mercado e uma queda bem-vinda em seu valor.

Melhores notebooks intermediários para estudar

Samsung Galaxy Book 3 360

Continua após a publicidade

O Samsung Galaxy Book3 360 é o melhor notebook intermediário para estudar. O aparelho tem o formato de funcionamento 2 em 1, porque o seu corpo pode ser dobrado para que ele funcione também como tablet, dando ainda mais versatilidade.

A versão mais robusta conta com o Intel Core i7-1360P e 16 GB de memória RAM, que conseguem dar conta de executar diversas tarefas simultaneamente. Uma das maiores vantagens do Galaxy Book3 360 é o seu foco em produtividade. Por ele ter tela touch, é possível utilizar a caneta S Pen no aparelho, mas o acessório de R$ 500 precisa ser comprado à parte.

Entretanto, faz sentido usar o laptop com algum tipo de caneta quando ele está no modo tablet, porque facilita na anotação de dados importantes para o estudo após as aulas. Outro ponto positivo do aparelho é o seu tamanho e peso, pois ele tem um pouco mais de 1 kg.

Continua após a publicidade

Apple MacBook Air M1

Apesar de ser um pouco mais antigo, de 2021, o MacBook Air M1 é uma ótima opção de notebook intermediário para estudantes. O principal destaque deste aparelho é a sua bateria, que pode entregar até 10 horas de autonomia, algo essencial para os estudos diários.

Com o chip Apple M1, o laptop garante que o desempenho será fluido para qualquer tipo de atividade intermediária que o explore. O MacBook Air M1 pode aguentar até alguns recursos mais pesados, como edição de vídeos em 4K, usando principalmente o programa nativo da marca, o Final Cut Pro.

Continua após a publicidade

Assim como todo produto da Apple, o notebook também possui um preço superior a muitos modelos desta lista. Entretanto, pensando no uso a longo prazo e pela quantidade de atualizações de sistema que a empresa costuma liberar, vale a pena o gasto, porque o aparelho durará funcionando bem até depois da faculdade.

Dell Inspiron 15

Continua após a publicidade

O Dell Inspiron 15 é um notebook na linha ultrabook que também vale muito a pena para quem gosta de portabilidade. Para estudar, este laptop vale muito a pena, pois ele é leve, fácil de carregar na bolsa ou mochila e não deixa de lado a potência.

Este produto conta com processador Intel Core i7-1355, 16 GB de memória RAM e SSD de 512 GB ou 1 TB, permitindo velocidade na navegabilidade entre softwares. Além disso, o produto conta com uma placa de vídeo offboard, a Nvidia MX550 de 2 GB, que pode ser uma ótima aliada para a fluidez na produção de apresentações que exigem a renderização de elementos, e até mesmo para produção de vídeos mais básicos.

Outros diferenciais do Inspiron 15 estão presentes em sua parte externa, pois ele tem tela que pode alcançar a taxa de atualização de 120 Hz, e teclado retroiluminado. Para segurança, o notebook intermediário entrega um leitor de impressão digital.

Continua após a publicidade

Melhores notebooks avançados para estudar

Samsung Galaxy Book3 Ultra

O Samsung Galaxy Book3 Ultra é o notebook mais parrudo — e caro — da sul-coreana que um estudante pode comprar. O modelo estilo ultrabook conta com tela Dynamic AMOLED 2X, com taxa de atualização de 120 Hz, entregando a mesma qualidade vista nos celulares topo de linha da marca.

Continua após a publicidade

Porém, o maior destaque deste aparelho é o seu hardware interno. Isso porque ele tem o processador Intel Core i9-13900H, cujo sufixo “H” demonstra que a CPU é de alta performance, algo ideal para quem está fazendo faculdade em áreas que exploram muito 3D, 4D ou edição de vídeos.

Em complemento, ele também tem 32 GB de memória RAM, uma quantidade que garante a fluidez na navegação. Em programas mais pesados, como o pacote Adobe, ter muita memória é uma necessidade, ou os travamentos serão inevitáveis. Além disso, o laptop da Samsung também tem a placa de vídeo Nvidia RTX 4070, com 8 GB de VRAM GDDR6.

Dell G15

O Dell G15 é muito popular por ser considerado um notebook gamer, mas esse dispositivo é um ótimo aliado de estudantes que precisam de mais potência para os trabalhos. O aparelho tem opção que traz tela Full HD de 15,6 polegadas, com taxa de atualização de 165 Hz, sRGB-100% e a tecnologia Nvidia G-Sync.

Seu processador é o Intel Core i7-13650HX, oferecendo alto desempenho e boa administração energética, graças aos núcleos híbridos. Um dos maiores pontos negativos do Dell G15 é o seu peso, pois o laptop tem quase 3 kg, e pode ser difícil carregá-lo o tempo todo na mochila.

No site da Dell, é possível personalizar algumas configurações do produto, mas a versão mais avançada é a que possui 16 GB de memória RAM DDR5. É importante destacar que a memória RAM dele pode ser expansível para até 32 GB, garantindo ainda mais fluidez na navegabilidade por diversos softwares pesados.

Apple MacBook Pro M2

Ter um MacBook Pro M2 não é alto barato, sendo o mais caro da lista, mas garante um produto com potência proporcional ao gasto, principalmente com o foco no uso a longo prazo. O produto com a CPU da Apple foi anunciado em 2022 para entregar alto desempenho e qualidade de imagem.

Sua tela de Retina XDR é um grande diferencial, por trazer maior fidelidade de cores, algo primordial para estudantes de Design, Fotografia e Arquitetura. Por ter uma GPU com 10 núcleos embarcada em seu processador, o MacBook Pro M2 consegue aguentar a renderização de projetos 4D pesados sem dificuldade.

Outro destaque deste produto é a sua bateria, que pode garantir várias horas de uso sem se preocupar com tomadas. Assim como o Galaxy Book3 Ultra, o modelo da maçã também pode ser conectado a outros dispositivos da Apple — iPhone, iPad etc — para criar uma integração com o ecossistema mobile.