MacBook Pro, Mac Mini e mais: o que esperar do evento da Apple em outubro

MacBook Pro, Mac Mini e mais: o que esperar do evento da Apple em outubro

Por Victor Carvalho | Editado por Wallace Moté | 07 de Outubro de 2021 às 18h40
Apple

Por conta da pandemia de covid-19 a Apple precisou atrasar seus eventos de fim de ano em um mês no ano passado, com o anúncio do iPhone 12 acontecendo em outubro e novos Macs apresentados apenas em novembro. Este ano, entretanto, a Apple retornou com seu evento para iPhones em setembro e um evento dedicado para Macs com a nova geração do chip Silicon é esperado em outubro.

Rumores de informantes confiáveis, como o jornalista Mark Gurman do Bloomberg, seguem indicando que a Apple realizará um novo evento especial em outubro após seu evento de setembro onde apresentou os novos iPhone 13, iPads e Apple Watch Series 7.

Tal evento de outubro seria dedicado para apresentar o sucessor do chip Apple M1 e introduzir novos Macs redesenhados, além de oficializar o macOS Monterey e talvez apresentar mais alguns acessórios muito aguardados.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Quando acontece o evento da Apple?

(Imagem: Reprodução/Apple)

A data já está marcada: o evento especial da Apple em outubro é chamado em inglês de "Unleashed", sendo traduzido oficialmente para "As feras estão soltas".

O evento acontece no dia 18 de outubro, penúltima segunda-feira do mês, a partir das 14h00 (pelo horário de Brasília).

Usuários e fãs poderão acompanhar a transmissão pelo canal oficial da Apple no YouTube, pelo site da empresa ou pelo aplicativo Apple TV em dispositivos Apple.

A segunda geração do Apple Silicon

(Imagem: Reprodução/Apple)

A principal razão do evento acontecer será o anúncio do sucessor do surpreendente Apple M1, processador projetado pela própria Apple em arquitetura ARM — mesma encontrada em iPhones e iPads — que define o fim da dependência da empresa com a Intel, que ainda fabrica seus principais processadores em arquitetura x86.

Esperado com nome de M1X — mas também podendo ser chamado de M1Z ou ainda M2 — a segunda geração do Apple Silicon deve apostar em processamento gráfico, algo que não foi a prioridade do M1.

(Imagem: Reprodução/Apple)

Com sua arquitetura de memória unificada, a Apple reúne CPU, GPU, Neural Engine, DRAM, Fabric e Cache em uma única plataforma de alta densidade para grande largura de banda, baixa latência e enorme eficiência.

O novo chip contaria então com GPU de 16 e 32 núcleos com desempenho similar à poderosa RTX 3070 e CPU de 10 núcleos, representando um grande salto em relação ao M1 com seus 8 núcleos de CPU e até 8 núcleos de GPU.

Apple M1 possui 8 núcleos de CPU e GPU (Imagem: Reprodução/Apple)

A opção de 16 núcleos teria baixo consumo de energia de aproximadamente 20 W e performance estimada superior a 110 FPS no teste Aztec 1440p do GFXBench 5.0, enquanto a opção de 32 núcleos teria 40 W de consumo e performance estimada superior a 170 FPS.

Para efeito de comparação, uma placa gráfica Radeon Pro 5500M da AMD tem consumo de 83 W e atinge 94,8 FPS no mesmo teste, enquanto a ainda mais poderosa GPU RTX 3070 da Nvidia tem consumo de 93 W e atinge 171,3 FPS.

As estimativas feitas por Dave Lee do canal Dave2D indicam que a Apple conseguirá resultados próximos ou ainda maiores enquanto oferece consumo de energia inferior.

MacBook Pro redesenhado com Mini LED

(Imagem: Reprodução/Apple)

Um dos principais produtos apresentados no evento deverá ser a nova geração do MacBook Pro. Com modelos de 14 e 16 polegadas, o notebook é aguardado grandes mudanças no design para ficar alinhado à nova identidade visual da Apple, incluindo corpo com linhas mais retas semelhante ao iPhone, iPad Pro e iMac.

A tela do novo MacBook Pro é esperada com tecnologia Mini LED presente no iPad Pro de 12,9 polegadas, o que garante desempenho próximo do OLED graças às zonas de escurecimento local, resultando em pretos profundos, alto contraste e cores ricas, além de altíssimo brilho para excelente HDR.

Conceito imagina MacBook Pro (2021) com base em esquemas vazados (Imagem: Reprodução/AppleyPro)

Rumores indicam que o MacBook Pro chegará com maior conectividade, incluindo não apenas portas USB-C como também uma entrada MagSafe dedicada para carregamento magnético mais veloz, saída HDMI e leitor para cartões de memória.

Após anos incluindo a tão controversa Touch Bar, a Apple deve dar fim ao recurso e retornar com o uso das tradicionais teclas físicas de função no teclado, algo pedido por vários usuários que nunca acharam real utilidade na tela sensível ao toque.

Mac Mini mais compacto e poderoso

(Imagem: Reprodução/Apple)

Enquanto existem fortes indícios a respeito do anúncio do MacBook Pro com M1X este ano, outros produtos da linha não possuem tantas garantias de anúncio, incluindo o futuro Mac Mini.

Apesar do dispositivo ter sido revelado há meses pelo vazador Jon Prosser e ter aparecido em esquemas reforçando seu novo design, não está claro se a Apple pretende atualizá-lo um ano após o anúncio do Mac Mini com M1, sendo necessário mais informações antes que possamos cravar com maior certeza a apresentação do novo dispositivo.

Próximo Mac Mini pode fazer ainda mais jus ao seu nome (Imagem: Jon Prosser/Ian Zelbo)

De qualquer forma, reunindo tudo que foi vazado até o momento, sabemos que o novo Mac Mini está em desenvolvimento pela Apple com corpo ainda mais compacto que o modelo atual e grande quantidade de portas (conector MagSafe, quatro USB-C, duas USB-A, porta ethernet e HDMI).

Seu corpo seria menor em todas as dimensões e contaria com acabamento de vidro na tampa superior, tendo laterais de alumínio. Tal composição sugere que a Apple planeja variações de cores para o Mac Mini, algo já visto no iPad Air, iMac e outros produtos.

Data de lançamento do macOS Monterey

(Imagem: Reprodução/Apple)

Com o evento de anúncio do iPhone 13, novos iPads e Apple Watch em setembro, a Apple liberou as versões finais do iOS 15, iPadOS 15 e watchOS 8 aos usuários, e a mesma lógica deve ser aplicada em outubro com o evento para Macs representando o lançamento do macOS 12 Monterey.

Anunciado durante a WWDC21, o novo sistema operacional apresenta novidades como Atalhos, Safari totalmente renovado com abas agrupáveis, SharePlay, Focus e Notas integradas ao iPhone e iPad, além do aguardado Universal Control, permitindo controlar e transferir arquivos entre Mac, MacBook e iPad.

AirPods de terceira geração: e lá vamos nós...

(Imagem: Reprodução/Apple)

O primeiro rumor a respeito do novo AirPods de terceira geração surgiu em fevereiro de 2020 e perdura até os dias de hoje, quase um ano e meio depois. O modelo teve seu design revelado pela primeira vez em março deste ano confirmando a herança do AirPods Pro.

Muitos vazamentos previram o "lançamento iminente" a cada semestre desde o início do ano passado. O AirPods 3 era esperado para ser anunciado durante o evento da Apple no início de 2020, depois durante os eventos de fim de ano de 2020, depois no início de 2021 e mais recentemente com o anúncio do iPhone 13 em setembro. Como você pode imaginar, nenhuma das expectativas de anúncio foi atendida.

Nesse meio tempo várias informações foram reveladas a respeito do design do acessório, reforçando cada vez mais seu formato praticamente idêntico ao AirPods Pro, incluindo novo estojo de carregamento e fones com hastes curtas, sensor de proximidade e mesmo sistema de entrada e saída de ar para equalizar a pressão.

AirPods 3 terá design semelhante ao AirPods Pro, mas sem pontas de silicone (Foto: Reprodução/52audio)

A grande diferença visual entre o AirPods Pro e o futuro AirPods de terceira geração ficará para as pontas de silicone presentes exclusivamente no modelo mais caro, identificando facilmente qual modelo é qual. Mas ainda não existe garantia sobre seu lançamento.

Rumores apontam novamente que o modelo pode ser revelado até dezembro deste ano, dando margem para um anúncio durante o evento de outubro. Caso a Apple não apresente o AirPods 3 este mês, um anúncio isolado semelhante ao AirPods Pro e AirPods Max pode acontecer nos meses seguintes.

Enquanto isso, vazamentos já indicam o lançamento de novos AirPods Pro com sensor de atividades físicas em 2022.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.