Apple M1X pode ter desempenho gráfico similar à RTX 3070, sugerem estimativas

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 07 de Junho de 2021 às 08h45
Ivo/Canaltech

A Apple realiza nesta semana o WWDC 2021, evento para desenvolvedores em que a companhia anunciará a próxima geração dos sistemas operacionais da marca, além de outras novidades de software que prepara para os próximos meses. Entre os principais anúncios, espera-se que a fabricante revele o iOS 15, com mudanças marcantes para os iPhones, além do suposto homeOS, para casas inteligentes.

Inúmeros rumores indicam ainda que a gigante de Cupertino pode enfim revelar novas versões do MacBook Pro com 14 e 16 polegadas, trazendo o primeiro chip Apple Silicon de alto desempenho, conhecido até então como M1X. Sabe-se que o processador trará um salto respeitável de desempenho sobre o M1 tradicional, mas estimativas sugerem que o ganho pode ser ainda maior do que o esperado.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Apple M1X terá GPU com desempenho similar à RTX 3070

Reunindo informações divulgadas pelo Bloomberg com os dados do M1 atual e da família A Bionic dos iPhones e iPads, o YouTuber Dave Lee, do canal Dave 2D, projetou o que podemos esperar do suposto M1X.

O novo processador deve trazer mudanças significativas em CPU, indo de 8 para 10 núcleos em uma nova configuração: ao invés de trazer quatro núcleos de alto desempenho e quatro de baixo consumo como o M1, o M1X teria oito núcleos de alto desempenho e apenas 2 de baixo consumo.

Isso daria margem para a novidade ser quase duas vezes mais potente que o antecessor, encostando em processadores mais robustos de rivais como Intel e AMD. No entanto, mais animadoras ainda são as estimativas feitas para o desempenho gráfico, onde o M1X realmente brilharia.

Em sua configuração mais potente, o Apple M1 traz uma GPU de 8 núcleos, equivalente a uma GTX 1650 da Nvidia, performance respeitável considerando a natureza integrada do chip da Maçã. Acredita-se que a GPU do M1X chegará em versões com 16 e 32 núcleos, sendo significativamente maior.

As estimativas sugerem que o M1X entregará desempenho gráfico similar a uma RTX 3070, consumindo menos da metade da energia (Imagem: Dave Lee/YouTube)

Esse aumento faria com que o M1X atingisse performance similar à RX 5500M no modelo de 16 núcleos, e praticamente encostasse na RTX 3070 na versão de 32 núcleos. Os números impressionam, colocando AMD e Nvidia numa situação complicada, quando consideramos que estamos nos referindo a uma GPU integrada.

Apesar da empolgação, é importante reforçar que as projeções feitas por Dave são apenas estimativas, e podem ou não refletir a situação real do M1X. Só teremos certeza quando a Apple revelar a novidade, possivelmente nesta semana.

Novo MacBook Pro tem mais conexões, MagSafe e mais

Além dos ganhos notáveis de performance, o novo MacBook Pro traria mudanças significativas em outros aspectos, como design e conectividade. O aparelho deve chegar mais fino, mais arredondado e com o topo e a base mais planos. Além disso, a Apple poderia trazer de volta o conector MagSafe para carregamento, evitando assim eventuais acidentes.

Além de enorme salto em desempenho, o novo MacBook Pro aposentaria a Touch Bar e traria de volta conexões como HDMI e leitor de cartões SD (Imagem: Ivo/Canaltech)

Outra melhoria seria o retorno de uma ampla gama de conexões, incluindo porta HDMI e leitor de cartões SD, recursos essenciais para profissionais. Fechando o pacote de modificações, o novo laptop da companhia eliminaria a controversa Touch Bar, tela de toque para atalhos posicionada logo acima do teclado, que apresentava problemas de responsividade e travamentos.

Fonte: WCCFTech (1, 2, 3), Dave 2D

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.