Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Review Positivo Vision i15 | Notebook para tarefas simples

Por| Editado por Léo Müller | 20 de Fevereiro de 2024 às 15h30

Link copiado!

Review Positivo Vision i15 | Notebook para tarefas simples
Review Positivo Vision i15 | Notebook para tarefas simples

O notebook Positivo Vision i15 (I58512A-15) é uma opção interessante para quem busca um dispositivo versátil e eficiente para tarefas do dia a dia. Neste review, falo sobre minha experiência de uso, destacando seus pontos positivos e negativos, assim como seu desempenho perante os concorrentes.

Desempenho

Continua após a publicidade

O notebook Positivo Vision i15 que testamos veio equipado com um processador Intel Core i5 de 11ª geração (1135G7), 8 GB de RAM DDR4 e SSD NVMe M.2 de 512 GB. A configuração é boa se considerarmos a categoria, oferecendo bom desempenho para multitarefas e programas leves. 

Durante nossos testes, pudemos executar tarefas simples como edição de textos no Google Docs, reprodução de filmes e séries na Netflix, navegação na internet e YouTube, além de mensageiros como Slack e WhatsApp.

Se quiser um pouco mais de desempenho, o processador consegue atingir velocidades de até 4,20 GHz com o recurso Intel Turbo Boost, permitindo que várias atividades rodem simultaneamente sem comprometer a velocidade.

Continua após a publicidade

Vale mencionar que notebook Positivo Vision i15 também pode ser encontrado em uma versão com Intel Core i3 de 11ª geração, a qual pode ser mais acessível, porém menos potente.

No entanto, apesar de o Intel Core i5 de 11ª geração ser bom para uso básico, o notebook pode ficar defasado em termos de desempenho, já que o processador já é relativamente antigo.

Sendo assim, ele fica atrás de concorrentes equivalentes em preço que já possuem processadores Intel de 12ª geração, como o Lenovo Ideapad 1i e o Samsung Galaxy Book2.

Continua após a publicidade

Nós também rodamos alguns programas de benchmarks sintéticos, a fim de conferir a força bruta do notebook da Positivo, e os resultados foram mistos. Infelizmente, não conseguimos rodar o Cinebench R23, que mede o desempenho do processador e da GPU em single-core e multi-core, provavelmente devido à falta de suporte do modelo.

No CPU-Z, que estressa o processador ao máximo, o dispositivo manteve a performance alta durante todo o teste; já no Time Spy, que mede os gráficos do dispositivo, obtivemos resultados bem abaixos do esperado, talvez devido à ausência de uma GPU dedicada — ele aposta na clássica Intel Iris Xe Graphics integrada.

Continua após a publicidade

No CrystalDiskMark, mais focado no armazenamento SSD, o notebook mostrou um resultado dentro do esperado tanto em termos de leitura quanto de gravação. O dispositivo também inclui um slot SATA de 2,5” para expansão do SSD/HDD, assim como a possibilidade de expandir a RAM para até 32 GB.

O SSD é extremamente importante para melhorar o desempenho do processador e agilizar a inicialização e desligamento do notebook, bem como a abertura dos programas.

Continua após a publicidade

Com relação aos jogos, arriscamos uma partida de League of Legends e , embora o jogo não seja tão exigente por natureza, conseguimos rodá-lo na qualidade gráfica média com 60 quadros por segundo (fps), com algumas quedas de até 5 quadros ao longo da partida.

Apesar de ser possível rodar o jogo, não podemos dizer que foi uma experiência fluida e satisfatória, mas isso também se deve ao fato de que esse notebook não possui uma GPU dedicada.

Tela

Continua após a publicidade

A tela de 15,6 polegadas do Vision i15 possui resolução Full HD (1920 x 1080). A tecnologia LED antirreflexo garante uma experiência visual agradável, mesmo em ambientes bem iluminados. Então, se você precisa de espaço de tela amplo para trabalhar ou assistir a filmes, essa tela oferece clareza e nitidez.

Durante nossos testes, pudemos notar um bom equilíbrio de cores e iluminação da tela do dispositivo, mesmo ao ser usado em diferentes períodos do dia e em diferentes cenários. Tendo em vista que estamos falando de um dispositivo para uso básico, o display oferece o suficiente para uma boa experiência.

Bateria

Continua após a publicidade

Com uma bateria de 44 Wh, o notebook promete uma autonomia média de até oito horas. Isso é ideal para quem está sempre em movimento e precisa de um dispositivo que aguente um bom período de tempo sem recarga.

No nosso teste de consumo de energia, reproduzimos um filme de 3 horas de duração na Netflix com brilho e volume em 50%, conectado apenas ao Wi-Fi e com o perfil de uso em "melhor eficiência energética" do próprio Windows 11.

Ao final do teste, a bateria do Positivo Vision i15 ainda tinha 50% de carga, indicando um gasto de cerca de 16% da bateria a cada hora. Sendo assim, o notebook poderia reproduzir vídeos em Full HD (ininterruptamente e nas mesmas condições) por cerca de seis horas.

Continua após a publicidade

Com relação ao teste de uso no dia a dia, usei o notebook da Positivo para escrever textos, pesquisar e consumir mídia eventualmente, e o consumo foi de, aproximadamente, 7 horas.

Com base em nosso teste, podemos dizer que a performance é boa, ainda mais quando consideramos o tipo de usuário desse dispositivo, embora tenha ficado abaixo do prometido pela marca. Porém, vale mencionar que a Positivo não indica o cenário ideal para a estimativa de uso indicada.

Design e durabilidade

O Positivo Vision i15 apresenta um design sóbrio e elegante, com acabamento na cor cinza. Seu peso de 1,78 kg o torna portátil o suficiente para levar para qualquer lugar. Já a qualidade de construção é boa, sendo a durabilidade boa o bastante para resistir ao uso diário.

Continua após a publicidade

Um ponto interessante é que sua tampa possui uma borda traseira que deixa o teclado levemente elevado ao se abrir, melhorando a ergonomia e trazendo um certo diferencial entre seus concorrentes da mesma categoria. 

Seu maior diferencial é a Lumina BAR, duas barras de luz LED com três níveis de intensidade, que ficam posicionadas ao lado da webcam (HD 720p) do dispositivo, prometendo uma maior qualidade na captura de imagens e chamadas de vídeo com melhor qualidade em ambientes com baixa luminosidade. 

Continua após a publicidade

Teclado e touchpad

O teclado do notebook é um dos pontos que mais me decepcionou. Apesar das teclas em formato ABNT2 serem bem espaçadas e contar com um teclado numérico do lado direito, a diagramação ficou estranha, com algumas teclas de pontuação e o shift do lado esquerdo muito reduzidas.

O touchpad é responsivo e suave, facilitando a navegação e a execução de gestos ou pelos botões integrados na parte inferior para clique esquerdo e direito. A área do touchpad também é bem grande, permitindo um uso mais confortável. No entanto, como não sou fã de touchpad de notebooks, preferi usá-lo em conjunto com um mouse e a experiência foi bem mais agradável.

Conectividade

O Positivo Vision i15 oferece várias opções de conectividade, o que traz uma boa versatilidade durante o uso:

  • Wi-Fi: para acesso à internet sem fio;
  • Bluetooth: para conectar dispositivos como fones de ouvido e alto-falantes;
  • Portas USB: 2x USB-A 3.2 e 1x USB 2.0;
  • HDMI: para conectar a um monitor externo ou projetor;
  • Cartão microSD: para transferência de arquivos;
  • Entrada P2 para fone de ouvido/mic: sim.

Infelizmente, o dispositivo não possui uma entrada RJ45 (Ethernet) para conexão de internet cabeada, tampouco uma porta USB-C, que se tornou padrão da maioria dos dispositivos mais atuais. 

Concorrentes diretos

Considerando as configurações do Positivo Vision i15 e seu preço de cerca de R$ 3.000, o primeiro concorrente a ser citado é o Samsung Galaxy Book2. Podendo ser encontrado por cerca de R$ 2.100, o modelo da Samsung leva vantagem por trazer um processador Core i3 da 12ª geração, sendo mais rápido e eficiente que o concorrente.

Em seguida temos o IdeaPad 1i da Lenovo, que também possui o processador Core i3 de 12ª geração, e pode ser encontrado por cerca de R$ 1.900. Vale lembrar que os dois modelos possuem versões com Intel Core i5, e seus preços continuam abaixo do praticado pelo Positivo Vision i15.

Vale a pena comprar o notebook Positivo Vision i15?

Mesmo trazendo um bom conjunto de recursos para tarefas simples, o notebook Positivo Vision i15 não vale a pena ao ter concorrentes melhores e mais acessíveis. O fato dele vir com um processador Intel de 11ª geração o deixa atrás das alternativas de Samsung e Lenovo em termos de desempenho.

Além disso, é possível encontrar outros modelos equivalentes que possuem um renome maior em relação ao suporte pós-venda, garantindo também uma desvalorização menor do produto caso você decida revendê-lo após um tempo de uso.