Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Review Dell Inspiron 15 5510 | Um notebook bom para quase todo tipo de usuário

Por| Editado por Léo Müller | 05 de Julho de 2022 às 13h09

Link copiado!

Review Dell Inspiron 15 5510 | Um notebook bom para quase todo tipo de usuário
Review Dell Inspiron 15 5510 | Um notebook bom para quase todo tipo de usuário

A linha Dell Inspiron conta com diversos modelos de notebooks que visam atender a inúmeros perfis de usuários. Estes equipamentos são disponibilizados em variantes com configurações distintas de processador, quantidade de memória RAM, tamanho do armazenamento interno, qualidade da tela, entre outros. O Dell Inspiron 15 5510, analisado neste artigo, é um notebook bem versátil, que pode agradar até usuários mais exigentes, desde que eles não sejam “viciados” em jogos pesados.

Como parte da linha lançada em 2021, o Inspiron 15 5510 que nós testamos veio equipado com um chip Intel Core de 11ª geração, fazendo par com uma placa de vídeo dedicada da Nvidia. No entanto, a configuração do equipamento pode ser personalizada no site oficial da Dell, permitindo ao usuário escolher uma variante mais adequada às suas necessidades.

Continua após a publicidade

Design, construção e conectividade

Embora o design de um notebook não possa fugir tanto do convencional, a Dell, felizmente, deu um ar de modernidade aos novos equipamentos Inspiron. O modelo que eu testei é exemplo disso, apresentando um chassi na cor prata, mas numa tonalidade mais clara e brilhante que o habitual. Eu me arrisco a afirmar que este visual agrada facilmente qualquer tipo de usuário, de estudantes mais jovens a profissionais mais experientes.

Além disso, a carcaça externa é feita de alumínio, tornando o dispositivo fino e leve. Quando está fechado, apresenta curvas elegantes e discretas. Aberto, o Inspiron 15 5510 mantém tonalidades claras da cor prata na parte interna do chassi, no touchpad e nas teclas. A tela aproveita bastante o espaço do equipamento, pois suas bordas são bem finas em todos os lados.

  • Dimensões: 1,46 a 1,8 x 35,61 x 22,89 cm (A x L x P)
  • Peso inicial: 1.633 gramas (varia conforme a configuração)

Sobre conexões, do lado esquerdo do notebook temos o conector de energia, uma saída HDMI 1.4, uma entrada USB-A 3.2 de 1ª geração e uma porta Thunderbolt 4.0 com DisplayPort (apenas no modelo com Intel Core i7). Do lado direito, temos uma entrada P2 única para fones de ouvido e microfone, outra entrada USB-A 3.2 de 1ª geração e um leitor de cartões SD.

Na parte de baixo do notebook, temos as saídas de ar (mais próximas à junção da base com a tela) e os alto-falantes.

Continua após a publicidade

Tela

O Dell Inspiron 15 5510 tem tela WVA de 15,6 polegadas e resolução Full HD (1920 x 1080 pixels). Esse display serve bem ao propósito do equipamento, que é atender a estudantes e profissionais que exigem uma máquina rápida e responsiva, mas ele não faz milagres na visualização de filmes, séries e jogos.

Continua após a publicidade

A qualidade é “OK”, mas não é nada sensacional. O mesmo eu posso falar em relação ao brilho máximo, que é de 250 nits.

Ainda assim, a resolução Full HD oferece conforto suficiente para a visualização de todo tipo de conteúdo, incluindo a leitura de textos.

Teclado e touchpad

O teclado é retroiluminado e tem teclas com ótima disposição. Ele ainda ganha pontos positivos por ter o pad numérico e vir no padrão ABNT2. Dessa forma, fica muito mais fácil digitar palavras com cê-cedilha e usar os acentos comuns à nossa língua portuguesa.

Continua após a publicidade

Os únicos pontos negativos nesse quesito ficam por conta do “Shift” direito, que é grande demais, forçando uma adaptação do “Enter”. Sem falar das setas direcionais “para cima e para baixo”, que ficam próximas demais, o que dificulta sua utilização.

Já o touchpad do Inspiron 15 5510, embora tenha um bom espaço, possui acabamento muito simples, sem botões adicionais. Isso poderá forçar o usuário a optar por um mouse em algumas situações. De qualquer forma, ele é funcional e aceita múltiplos toques para a realização de diferentes comandos.

Configuração e desempenho

A variante do Inspiron 15 5510 que eu testei veio equipada com o chip Intel Core i7-11390H, 8 GB de RAM, SSD de 512 GB do tipo NVMe e placa de vídeo NVIDIA GeForce MX450 (2 GB GDDR5).

Continua após a publicidade

Este processador tem quatro núcleos, oito threads, clock base de 2,90 GHz, clock máximo de 3,4 GHz (todas as threads) e clock turbo de 5,0 GHz.

A Intel destina este chip para a criação de conteúdo, então é fácil recomendar este notebook para usuários que pretendem trabalhar com a edição de imagens e vídeos.

Por ter uma placa de vídeo dedicada, ele também permite a execução de alguns jogos populares com qualidade razoável. O sistema operacional pré-instalado na máquina é o Windows 11 Home Single Language.

Continua após a publicidade

Quanto à memória, temos dois pentes de 4 GB DDR4 com velocidade de 3200 MHz, expansível até 32 GB. Uma segunda variante ainda permite que o usuário opte pela configuração com 16 GB de RAM.

A GeForce MX450, embora seja uma GPU dedicada, não foi feita para rodar games modernos, muito menos com qualidade de imagem alta. Esse pode ser um ponto negativo para quem vai usar o notebook para jogar, pois a placa de vídeo dedicada impacta no preço final do produto sem adicionar alto desempenho.

O sistema de resfriamento do equipamento parece dar conta do hardware. Eu estressei a CPU usando o CPU-Z e ele atingiu a temperatura máxima de 94º C (o limite é de 100º C) sem perder desempenho em nenhum momento.

Continua após a publicidade

Fora isso, o SSD NVMe permite que o equipamento seja ligado e desligado com agilidade, assim como executar aplicativos com desempenho satisfatório.

Em tempos onde as videoconferências se tornaram um padrão de comunicação em diversas corporações, temos que avisar aos nossos leitores que este modelo da Dell não é, digamos, o equipamento mais indicado para esta atividade. O dispositivo quebra um galho, mas está longe de poder substituir uma webcam externa de boa qualidade.

Outra boa adição do modelo é o leitor de impressões digitais integrado ao botão liga/desliga. O recurso funciona como dispositivo de segurança em conjunto com o Windows Hello, e pode ser usado para desbloquear o equipamento.

Continua após a publicidade

Sistema de som

O Inspiron 15 5510 tem áudio estéreo, ou seja, com dois alto-falantes. Eles ficam posicionados na parte inferior do produto, o que faz com que o som fique mais encorpado ao bater na mesa e se espalhar no ambiente.

Com uma equalização que prioriza as frequências médias e altas, este sistema de som se sai bem durante a reprodução de filmes e séries. Os diálogos são claros e nítidos, mas se você busca alta qualidade ao jogar ou ouvir músicas, compre um sistema de caixas de som à parte.

Bateria e carregamento

Continua após a publicidade

A bateria integrada ao notebook tem quatro células e 54 Wh. Apesar de não oferecer desempenho excepcional, posso afirmar que ela também não deixa o usuário desesperado por uma tomada. Na verdade, a configuração de desempenho e consumo usada no processador tem bastante influência quanto à autonomia de bateria.

Processadores móveis costumam oferecer frequências e TDPs configuráveis, que podem ser ajustados conforme os interesses da fabricante do equipamento. Fora isso, o usuário ainda pode escolher perfis de desempenho nas configurações do sistema operacional, de modo a priorizar o desempenho geral ou a economia de energia.

Efetuamos um teste básico para determinar a performance do notebook quanto ao consumo de energia:

  1. Efetuamos a recarga da bateria até 100%;
  2. Mudamos o perfil para “Melhor eficiência energética” (que é o modo econômico do Windows 11);
  3. Configuramos o brilho da tela para 50%;
  4. Alteramos o nível de volume do som em 30%;
  5. Ligamos o Wi-Fi para realizar um teste com streaming;
  6. Reproduzimos vídeos no YouTube por três horas consecutivas.
Continua após a publicidade

Ao final do teste, a bateria do Inspiron 15 5510 ainda tinha 64% de carga. Este resultado indica que a atividade consumiu cerca de 12% da bateria a cada hora. Sendo assim, o notebook poderá reproduzir vídeos em Full HD (ininterruptamente e nas mesmas condições) por cerca de oito horas e vinte minutos.

Vale lembrar que o vídeo foi reproduzido na resolução máxima da tela, que é Full HD.

Concorrentes diretos

Como concorrente direto do Inspiron 15 5510, ao menos em relação a outros equipamentos equipados com chips Intel Core de 11ª geração, eu encontrei o Samsung Book NP550XDA-KU1BR.

Este notebook também tem tela Full HD de 15,6 polegadas, mas traz um chip Intel Core i7-1175G7, 8 GB de RAM DDR4 de 2666 MHz, SSD de 256 GB do tipo NVMe e gráficos integrados Intel Iris Xe.

Apesar das particularidades nas configurações, ambos os equipamentos oferecem desempenho semelhante em grande parte das atividades. No entanto, enquanto que o modelo da Dell é vendido por R$ 5.800, o modelo da sul-coreana pode ser encontrado por menos de R$ 4.300.

Notebook completinho, mas não é gamer

O Dell Inspiron 15 5510 é um notebook bastante versátil, com um visual moderno e elegante, que deve agradar a todo tipo de usuário, dos mais jovens aos mais experientes. Considerando seu hardware potente, ele também supre as necessidades de profissionais exigentes, que trabalham com a criação de conteúdo, e faz isso sem abusar de temperaturas elevadas. Quem precisa de um equipamento potente, mas leve e fino, vai gostar muito do modelo.

Outros pontos positivos são o teclado com pad numérico, layout ABNT2 e o leitor de impressões digitais, que permite o desbloqueio do equipamento sem necessidade de digitar uma senha. A tela Full HD e o som de boa qualidade fazem do 5510 um bom dispositivo para o consumo de filmes e séries.

As ressalvas ficam por conta da webcam, que serve apenas como quebra-galho, e do preço do notebook. O fato de ele vir com uma placa de vídeo dedicada certamente contribui para elevar seu custo. No entanto, a GeForce MX450 não torna o notebook um modelo essencialmente gamer.