Razer e Lambda lançam notebook Linux com foco em Machine Learning

Razer e Lambda lançam notebook Linux com foco em Machine Learning

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 14 de Abril de 2022 às 11h20
Lambda/YouTube

Em parceria com a Razer, a empresa norte-americana Lambda, focada em workstations e servidores para Inteligência Artificial, anunciou o Tensorbook, primeiro laptop da marca pensado para cargas de trabalho de Machine Learning (ML). Baseado em um Razer Blade 15, a novidade traz hardware bastante robusto e uma série de programas dedicados a Inteligência Artificial, prometendo ser até 4 vezes mais rápido que o Apple M1 Max para tarefas de ML.

Tensorbook é versão do Razer Blade com foco em IA

O Tensorbook é essencialmente uma versão customizada da opção mais completa do Razer Blade 15 2021, trazendo alguns ajustes para atender melhor a proposta do aparelho. Assim sendo, o dispositivo é equipado com CPU Intel Core i7 11800H, de 8 núcleos e 16 threads a até 4,6 GHz, 64 GB de RAM DDR4-3200 e 2 TB de armazenamento SSD M.2 NVMe PCIe 4.0, divididos em duas unidades — uma para o sistema e outra para dados.

O Razer x Lambda Tensorbook traz especificações poderosas e software robusto dedicado a Machine Learning (Imagem: Reprodução/Lambda)

A tela IPS LCD conta com 15,6 polegadas, resolução Quad HD de 2560 x 1440 pixels e taxa de atualização de 165 Hz, enquanto o processamento gráfico fica a cargo de uma Nvidia GeForce RTX 3080 Max-Q com 16 GB de VRAM GDDR6.

As empresas não especificam o nível de consumo da GPU, que define o poder de processamento, mas o uso do termo "Max-Q" sugere se tratar da configuração mais básica, com 115 W. O sistema utiliza duas ventoinhas dedicadas para cada chip, com suporte de uma câmara de vapor para turbinar a dissipação do calor.

O dispositivo é basicamente uma versão customizada do Razer Blade 15 2021 (Imagem: Reprodução/Lambda)

A aparência do laptop também é completamente baseada no Razer Blade em sua versão Mercury (prata/branco), mas os detalhes em verde e a retroiluminação RGB do teclado dão lugar ao roxo, cor tema da Lambda. O logo da Razer foi substituído pela inscrição "Razer x Lambda" logo abaixo da tela e na tampa, onde o reconhecido trio de serpentes da marca gamer foi ainda removido em favor do símbolo da fabricante de workstations.

Outro destaque é a conectividade, que traz Wi-Fi 6E, Bluetooth 5.2, leitor de cartões SD UHS-III, duas portas Thunderbolt 4, três USB-A 3.2 Gen 2, HDMI 2.1 e conector P2 para fones de ouvido e microfone. Além disso, a bateria de 80 Wh promete até 9 horas de autonomia utilizando a GPU integrado do Core i7, sendo possível recarregá-la utilizando a fonte de 230 W ou um adaptador de 100 W através das portas Thunderbolt.

O Tensorbook sai de fábrica com Ubuntu 20.04 e a suíte de ML da Lambda, mas possui opção de dual boot com Windows 10 Pro (Imagem: Reprodução/Lambda)

O grande trunfo do Tensorbook está na combinação de uma GPU Nvidia de alto desempenho com software robusto dedicado a Machine Learning: o aparelho sai de fábrica rodando Ubuntu 20.04, diferencial importante considerando que a maioria das aplicações de ML desenvolvidas serão destinadas a servidores que rodam sistemas Linux. Ainda assim, é possível optar pelo dual boot com Windows 10 Pro, para quem precisa de recursos do sistema da Microsoft.

Segundo a Lambda, o notebook é até 4 vezes mais poderoso em cargas de trabalho de Machine Learning para visão computacional e linguagem quando comparado ao MacBook Pro de 16 polegadas, equipado com chip Apple M1 Max. A solução é ainda mais interessante para profissionais que utilizam o Google Colab e o Google Colab Plus, máquinas virtuais para ML na nuvem, que seriam até 10 vezes inferiores ao Tensorbook nas mesmas tarefas.

Preço e disponibilidade

O Razer x Lambda Tensorbook já está disponível através do site oficial da Lambda, em três versões: Base, Standard e Enterprise. Todos contam com as mesmas configurações de hardware, mas sofrem ajustes no sistema operacional e no suporte de software e hardware fornecido. Os preços são os seguintes:

  • Base (1 ano de garantia de hardware) — a partir de US$ 3.499 (cerca de R$ 16.500)
  • Standard (2 anos de suporte premium da Lambda) — a partir de US$ 4.099 (~R$ 19.350)
  • Enterprise (3 anos de suporte premium + dual boot com Windows 10 Pro) — a partir de US$ 4.999 (~R$ 23.600)

Fonte: Lambda, Techspot

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.