SAIU O RESULTADO DO SORTEIO DO PRÊMIO CANALTECH!CONFERIR
Publicidade

O que é Wi-Fi 7?

Por| Editado por Jones Oliveira | 28 de Outubro de 2023 às 21h00

Link copiado!

ScreenRant
ScreenRant

O Wi-Fi 7 é a geração mais recente de conexões wireless, que deve proporcionar redes sem fio ainda mais rápidas e estáveis. Para explicar as principais diferenças do novo padrão, o Canaltech conversou com Ayrton Neves Tito, Diretor Comercial da TP-Link.

A TP-Link é uma das líderes no segmento de soluções wireless, de adaptadores USB de alta velocidade a soluções empresariais e provedores. Ainda em 2022, empresa foi uma das primeiras a apresentar roteadores com Wi-Fi 7, e Tito explica a importância dessa nova tecnologia.

“O Wi-Fi 6 foi construído em resposta ao crescente número de dispositivos no mundo. O Wi-Fi 7 foi projetado para fornecer uma experiência de internet mais rápida e eficiente em todos os dispositivos, usando diferentes faixas de frequência e tecnologias avançadas”.
Continua após a publicidade

O que é Wi-Fi 7?

Essencialmente, o Wi-Fi 7 (802.11be) evoluiu tecnologias introduzidas nas versões anteriores, como MU-MIMO, e acrescentou outras, expandindo as capacidades de redes sem fio domésticas.

Redes Wi-Fi 6 operam em duas frequências, de 2,4 GHz e 5GHz, e canais com até 160MHz de largura de banda. O Wi-Fi 7 traz uma terceira frequência de 6GHz, apresentada no padrão 6E, além de oferecer canais com largura de banda mais elevada e quadruplicar a amplitude de modulação em quadratura (QAM).

Continua após a publicidade
“Em termos mais técnicos, o Wi-Fi 7, também conhecido como IEEE 802.11be Extremely High Throughput (EHT), funciona em todas as três faixas (2,4GHz, 5GHz e 6GHz) para utilizar totalmente os recursos do espectro. O Wi-Fi 7 introduz largura de banda ultra larga de 320MHz, 4096-QAM e operação Multi-Link para fornecer mais velocidade”.

Vantagens do Wi-Fi 7

Graças a essa combinação, é possível conectar mais aparelhos a uma mesma rede, com baixíssima interferência, ampliando bruscamente o volume de transmissão de dados. Isso minimiza gargalos e competição por canais entre os dispositivos, entregando até cinco vezes a velocidade teórica máxima de redes Wi-Fi 6.

Continua após a publicidade
“O Wi-Fi 7 tem como principal benefício a velocidade, permitindo que você transfira dados até 4,8 vezes mais rápido do que com o Wi-Fi 6. Além disso, a latência é muito baixa, o que significa uma conexão mais responsiva, especialmente para jogos ou realidade virtual. Com capacidade de rede até 5 vezes maior, você pode conectar mais dispositivos sem perder velocidade”, explica o Diretor Comercial da TP-Link, Ayrton Neves Tito, ao Canaltech.

Diferenças entre Wi-Fi 5, 6/6E e 7

Por se tratar de uma geração mais antiga, o Wi-Fi 5 opera exclusivamente em frequências de 5GHz. Apesar de oferecer boas velocidades, ela é mais suscetível à perda de sinal com distância e, consequentemente, menos estável. O Wi-Fi 6 adicionou a banda de 2,4 GHz, potencialmente melhorando o alcance e estabilidade das redes, mas a largura dos canais permaneceu limitada a 160 MHz.

Padrões de redes Wi-Fi sem fio
Wi-Fi 5 Wi-Fi 6 / 6EWi-Fi 7
Padrão IEEE802.11ac802.11ax802.11be
Velocidades3.5 Gbps9.6 Gbps46 Gbps
Frequências5 GHz

2.4 GHz

5 GHz

(6GHz - 6E)

2.4 GHz

5 GHz

6 GHz

Largura de banda dos canais20, 40, 80, 80+80, 160 MHz

20, 40, 80, 80+80, 160 MHz

Até 320 MHz

Modulação256-QAM OFDM1024-QAM OFDMA4096-QAM OFDMA
MIMO4×4 MIMO DL MIMO8×8 UL/DL MU-MIMO16×16 UL/DL MU-MIMO
MAC--MLO
Continua após a publicidade

Ainda no Wi-Fi 6/6E, foi introduzida a “tecnologia MU-MIMO (Multiple User - Multiple Input Multiple Output), que permite a vários dispositivos acessar a rede ao mesmo tempo”. No caso do Wi-Fi 6E, a única novidade foi a chegada da banda de 6GHz, que reduz o congestionamento da rede por oferecer mais canais.

O Wi-Fi 7, por outro lado, além de trabalhar com as três frequências, ampliou a largura de banda de canais para até 320 MHz, expandiu o limite de conexões simultâneas via 16x16 MU-MIMO , e introduziu modulação de amplitude 4K-QAM e operação Multi-Link (MLO).

O que é 4K-QAM?

Continua após a publicidade

Resumidamente, a 4K-QAM, ou “modulação de amplitude em quadratura”, é uma técnica de codificação de sinal de rádio que viabiliza uma maior transmissão de dados em um mesmo intervalo de tempo.

“O 4K-QAM permite que cada símbolo transporte 12 bits de dados, em vez de 10 bits, o que significa taxas teóricas de transmissão até 20% superiores do que o 1024-QAM do Wi-Fi 6”, explicou Tito.

Na prática, isso significa que o usuário percebe uma melhora na qualidade do streaming de vídeos, jogos online e transmissões ao vivo, já que mais dados podem ser transmitidos do roteador para os aparelhos, muitas vezes eliminando a necessidade de grandes compressões, e os jogos sofrem menos com lag.

Continua após a publicidade

O que é Multi-Link Operation?

Contudo, o avanço mais significativo do Wi-Fi 7 é o Multi-Link Operation (MLO). Com ele, dispositivos conseguem utilizar simultaneamente diferentes frequências e canais para enviar e receber dados.

Na prática, antes o usuário escolhia qual frequência iria utilizar no roteador: 2,4GHz ou 5GHz, por exemplo. Em um ambiente com poucos dispositivos conectados, isso não afetava em nada a estabilidade e performance da rede, mas em um cenário com muitos aparelhos conectados e ativos simultaneamente, o resultado pode ser lentidão, canais congestionados e velocidades abaixo do esperado.

Continua após a publicidade

Para resolver esse problema, o Multi-Link Operation do Wi-Fi 7 permite que os dispositivos se comuniquem com o roteador utilizando todas as frequências ao mesmo tempo. Acabam os congestionamentos, a lentidão e a queda de conexão, sendo possível aproveitar os benefícios de cada frequência, seja o fluxo mais estável, ainda que mais lento, dos 2,4GHz, ou as altas velocidades das frequências 5GHz e 6GHz.

“O Multi-Link Operation (MLO) permite que os dispositivos enviem e recebam dados simultaneamente em diferentes bandas de frequência e canais para aumentar a taxa de transferência, reduzir a latência e melhorar a experiência com jogos online, streaming em 4K ou 8K, trabalho remoto”.

Impacto no desempenho geral

Essa combinação garante que a velocidade máxima teórica do Wi-Fi 7 seja de até 46 Gbps, quase cinco vezes o limite da geração anterior. Na prática, esse valor é afetado por fatores como distância do roteador, obstáculos físicos e fontes de interferência, como caixas de energia, espelhos, fornos micro-ondas e outros dispositivos eletrônicos.

Continua após a publicidade

No segmento de PCs, a Intel é uma das primeiras empresas a trazer aparelhos com o novo padrão embarcado nos notebooks Meteor Lake e chipsets Z790 atualizados para os Raptor Lake Refresh para desktop. Com isso, a expectativa é que os primeiros roteadores e outras soluções com Wi-Fi 7 cheguem ao mercado no início de 2024.

Já existem roteadores Wi-Fi 7 no Brasil? Tito explicou ao Canaltech que ainda se trata de uma tecnologia recente, sem muitos produtos em larga escala que possam se beneficiar dela. Por essa razão, não existe uma data oficial para trazer os produtos para o país.